Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Como apoiar Outras Palavras

» Duas cosmovisões em choque na Amazônia

» A cultura alimentar proibida pela lei

» A sociedade dos afetos regredidos

» UberCapitalismo: a contrarrevolução do século 21

» UberCapitalismo: a contrarrevolução do século 21

» Revolução Russa: mitos, erros e atualidade (1)

» Frugalidade, opção anticapitalista

» Henrique Meirelles e o Consenso de Washington

» Rio Doce, a farsa da “recuperação”

Rede Social


Edição francesa


» Relire Marcuse pour ne pas vivre comme des porcs

» L'autre combat des femmes kurdes d'Irak

» Révolte silencieuse pour sauver l'Unesco

» La France condamnée à désarmer

» Ces grandes puissances, obstacles à un monde non nucléaire

» Des champs pétrolifères contestés

» Les frontières incertaines du Kurdistan

» Pour un nouvel ordre économique mondial

» Une voie nouvelle : enrichir la revendication

» En finir avec le franc CFA ?


Edição em inglês


» Gabriel Gorodetsky on the early years of Soviet foreign policy

» Trump's game plan

» “Tell me how this ends?”

» “Enemy Combatants” again?

» The empire comes home

» The scandal of Pentagon spending

» Autopilot wars

» The Trump presidency

» Trump is in your head

» China's new Silk Road


Edição portuguesa


» Ordenar a floresta contra incêndios: não basta a silvicultura

» Os incêndios florestais, mais uma vez

» Edição de Outubro de 2017

» Trabalho à esquerda

» O século de Lenine

» «Nova rota da seda»: um trunfo geopolítico para a Rússia

» Edição de Setembro de 2017

» Blocos de actividades para o Estado e para o mercado

» Donald Trump ultrapassado pelo partido anti-russo

» Edição de Agosto de 2017


Ciência

Teoria Geral da Relatividade, 94 anos

As deduções de Einstein ajudaram a abalar as ideias sobre o mundo que herdamos da modernidade. E oferecem pistas para repensar, hoje, tempo, ciência, sociedade e utopia

20 de março de 2010

Ciência no Brasil e na América Latina: conquistas e desafios

O enorme crescimento da produção científica, no continente, ainda não se refletiu em qualidade e repercussão das pesquisas. É preciso identificar os gargalos, e lembrar que, para fazer evoluir a ciência nacional, o Brasil não pode abrir mão do que lhe é mais precioso: o cientista brasileiro

Tatiana Al-Chueyr Pereira Martins
13 de setembro de 2008

A quem pertence o DNA?

Transnacionais farmacêuticas, antropólogos, governos e polícias buscam reunir o maior número possível de dados genéticos sobre as populações. Saúde e Ciência podem se tornar pretextos para que algumas empresas controlem a produção de medicamentos inovadores e para invasões de privacidade

Franz Manni
23 de junho de 2008

A Bíblia de Gutenberg

Estranho paradoxo: enquanto a CNBB pressiona contra as pesquisas com células-tronco, a PUC-RS valoriza estudos que procuram verificar a existência de "cérebros criminosos". Se a vida é dom divino, a violência pode estar inscrita nos genes? Reflexões sobre o papel a que a igreja renuncia

Alexandre Machado Rosa
26 de março de 2008

A nova tentação da eugenia

As afirmações racistas dos cientistas James Watson e Charles Murray deveriam disparar um sinal de alerta. Em sociedades hierarquizadas, é cômodo enxergar na suposta "fraqueza" do oprimido a causa da desigualdade. No Brasil, isso sempre foi o primeiro passo para ampliar a discriminação e exclusão

Alexandre Machado Rosa
23 de novembro de 2007

Neurociências a serviço do mercado

A investigação da atividade cerebral mostrou as áreas que devem ser estimuladas para tornar um produto altamente desejável. E, lançando mão do neuromarketing, uma centena de empresas já utilizam esses conhecimentos para vender sempre mais

Marie Bénilde
12 de novembro de 2007

Da Antártida às estrelas

A região em torno do Pólo Sul também é alvo de disputa entre potências. Lá, não se trata de explorar o subsolo ou rotas marítimas — mas de simular as condições em que poderá se dar a colonização do espaço

Dominique Kopp
6 de setembro de 2007

Guerra fria sobre o Ártico

O hasteamento da bandeira russa nas profundezas do oceano gelado escancara uma disputa infame. Um conjunto de Estados vê no aquecimento global um caminho para transformar o Pólo Norte numa enorme bacia petrolífera e numa rota marítima internacional

Dominique Kopp
6 de setembro de 2007

Manifesto pela libertação dos animais

Bilhões de seres vivos são confinados, torturados e sacrificados a cada ano por nossa espécie. Este massacre desumanizador pode ser perfeitamente evitado – desde que se deixe de rebaixar os animais ao status de propriedade

Redação do Le Monde diplomatique
6 de setembro de 2006

Libertar os animais, reumanizar a vida

Enxergar nas outras espécies seres que sentem e sofrem é um enorme passo para que o ser humano se livre das brutalidades que comete contra si mesmo

Antonio Martins
25 de agosto de 2006

O direito de dizer "não"

No Mali, uma das vítimas do dumping do algodão praticado pelos EUA, um júri de agricultores rejeita as pressões para introduzir dos OGM e defende uma agricultura de inclusão social e respeito à natureza

Roger Gaillard
1º de abril de 2006

Coexistência, engodo dos tolos

Numa montanha do Círculo Polar Ártico, a Noruega cava uma galeria gelada, procura reunir a biodiversidade do planeta e demonstra, na prática: não há defesa contra a contaminação por transgênicos

Frédéric Prat, Robert Ali Bric de la Perrière
1º de abril de 2006

O trigo e o joio

Por seu potencial futuro, a transgenia deve ser cada vez mais praticada em laboratório. Mas não há sentido em cultivar plantas modificadas agora - quando nenhum risco foi afastado, nenhuma conquista relevante alcançada e o único interesse que prevalece é o das transnacionais

Arnaud Apoteker, Jacques Testart
1º de abril de 2006

Abaixo a religião da Ciência

É hora de romper com o mito do Progresso herdado do Iluminismo. Ele impede de pensar que mesmo face à ciência e suas produções, os homens poderiam ser livres e iguais

Jacques Testart
1º de janeiro de 2006

Os sábios, o público e os discos voadores

Assistir passo a passo a chegada de uma sonda a Marte nos coloca na posição de experimentadores, que pertencem a uma nova visão de ciência, na qual leigos e cientistas deixam de ser apartados pelo saber

Pierre Lagrange
1º de dezembro de 2004

A Sagração dos Mutantes

A associação entre o maior produtor de peixes de aquário e um grupo de pesquisadores de Taiwan fez nascer o primeiro animal de estimação transgênico, o TK3, um peixe-zebra que, manipulado geneticamente, adquire fluorescência e pode se adaptar ao gosto do freguês

Franck Mazoyer
1º de janeiro de 2004

Os trunfos desprestigiados da pesquisa francesa

Corte de verbas para pesquisa suscita onda de protestos entre pesquisadores e professores e coloca em questão os argumentos que questionam a eficácia do modelo francês, defendendo a importância estratégica deste investimento para a economia

Pierre Joliot
1º de maio de 2003

O lado oculto do clone

Apesar da indignação geral, experiências que tinham como perspectiva a clonagem humana não foram proibidas e, portanto, continuaram a ocorrer, demonstrando a ambivalência da ética da ciência oficial

Jacques Testart
1º de abril de 2003

O que dizem os dinossauros?

De repente, os dinossauros passaram a ganhar espaço nos jornais. Mas não é por um interesse bizarro por “mundos perdidos”: o que move a mídia são os sonhos loucos que aparecem com as promessas genéticas de um novo “salto” da humanidade

Serge Tisseron
1º de agosto de 2002

Palavras-chave no mesmo grupo
[temas permanentes]

Outros grupos de palavras-chave

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel