Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Barcelona: tecnologia transformará poder?

» A lenta agonia da indústria brasileira

» Para velhos jornais, crime de sonegação não é notícia

» Tiros em Junho de 2013: “a ordem partiu de quem?”

» América Latina mobiliza-se contra feminicídios

» Educar imparcialmente, um desejo intolerante

» A concessão dos serviços públicos e a mais-valia social

» Agora, Congresso quer entregar Pré-Sal

» Tsipras: não contem com nossa capitulação

» Por que é preciso punir Atenas

Rede Social


Edição francesa


» En France, le temps des jacqueries

» « Populisme », itinéraire d'un mot voyageur

» Un accord qui ouvre le champ des possibles en Iran

» Allemagne, une hégémonie fortuite

» Gastronomes de tous les pays…

» Troublante indulgence envers la collaboration

» Scott Walker, brouilleur de frontières

» Théâtre, service public

» Au Proche-Orient, des frontières sans nations

» Le monde musulman, Marx et le socialisme


Edição em inglês


» God's masterpiece or the devil's bad joke?

» Ukraine: the case for an oil embargo

» The Eurasian Big Bang

» Requiem for the home front

» The fire next time

» Chemicals don't discriminate

» Rainbow of misunderstanding

» Little to celebrate in South Sudan

» “The most dangerous man in America”

» Killing by committee in the global wild West


Edição portuguesa


» Edição de Julho de 2015

» Sobriedade contra austeridade

» De Pé, Ó Vítimas da Dívida!

» Dignidade e luta

» Edição de Junho de 2015

» Mercadorias, revoltem-se!

» Manual de direitização

» Edição de Maio de 2015

» Serás pobre

» Como escapar à confusão política


Curdistão

Qual autonomia para os curdos?

Expulsos de suas regiões tradicionais pela política de ?arabização? do Ba?ath ao longo das últimas décadas, os curdos foram beneficiados pela guerra que derrubou Saddam Hussein e agora definem o modelo de autonomia que irão pleitear

Michel Verrier
1º de março de 2004

Curdos: eternamente traídos

Desde o final da I Guerra Mundial, inúmeras potências utilizaram-se dos curdos para abandoná-los na última hora. Nos anos 70, com ajuda norte-americana, israelense e iraniana, eles foram usados para enfraquecer o regime ba’athista

1º de abril de 2003

Oitenta anos depois…
1º de outubro de 2002

Paisagens antes da guerra

Indesejáveis para o regime turco, os curdos são tolerados pelo governo de Teerã (existem 10 milhões no Irã, quase 15% da população do país). Seu sonho é um só: que Bush bombardeie logo o Iraque para poderem voltar para sua terra...

Michel Verrier
1º de outubro de 2002

Palavras-chave no mesmo grupo
[países]

Outros grupos de palavras-chave

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel