Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» O mundo à beira da grande crise alimentar

» O que o Brasil pode perder sem a Eletrobras

» A distopia trabalhista da Amazon

» Cinema: A arte de observar a poesia das miudezas

» 18 de maio de 2022

» Os deadbots e os limites éticos da tecnologia

» Por outra Política de Ciência, Tecnologia e Inovação

» A Nave dos Loucos e os espaços da (des)razão

» WikiFavelas: O racismo religioso de cada dia

» 17 de maio de 2022

Rede Social


Edição francesa


» Jénine, enquête sur un crime de guerre

» Le monde arabe en ébullition

» Au Proche-Orient, les partis pris de la Maison Blanche

» L'abolition du territoire

» Regard sur Sarajevo

» Les progrès du libéralisme économique à Sri-Lanka

» Le marché du blé pourra-t-il être codifié par un nouvel accord international ?

» Le président Marcos allié gênant et retors des États-Unis

» Front de gauche, ou la fin d'une malédiction

» Le défi indien et le colonialisme blanc


Edição em inglês


» Lebanon: ‘Preserving the past in hope of building the future'

» May: the longer view

» Fragmented territories

» A clash of memories

» Alsace's toxic time bomb

» The poisonous problem of France's nuclear waste

» Can Medellín change its image?

» Venezuela: a ‘country without a state'

» The urgent need to preserve Lebanon's past

» French troops forced to withdraw from Mali


Edição portuguesa


» Morrer em Jenin

» Recortes de Imprensa

» Será a caneta mais poderosa do que a espada?

» A Hipótese Cinema

» Um projecto ecofeminista em Aveiro

» David Bowie em leilão

» Como Pequim absorveu Hong Kong

» Na Colômbia, o garrote Medellín

» Face ao colapso, o Líbano quer preservar a sua memória

» Continua a Inglaterra a ser britânica?


Jornalismo

Escola Livre de Comunicação Compartilhada

Biblioteca Diplô e Outras Palavras abrem inscriçoes para seminários sobre jornalismo colaborativo. Série começa em abril, aposta na possibilidade de produzir informação profunda na web 2.0 e visa ampliar equipe e cobertura temática das publicações

12 de abril de 2010

Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"

Está de volta a biblioteca virtual do Diplô Brasil. Vêm em breve novo site, rede social e laboratório permanente de jornalismo colaborativo. Ideia é ajudar a construir, na web 2.0, uma comunicação capaz de enxergar o tempo de enormes transformações que vivemos

23 de março de 2010

Mirar Battisti, acertar a multidão

O verdadeiro alvo da campanha contra o abrigo ao ex-militante italiano são as lutas sociais brasileiras. Usa-se para tanto uma visão petrificada da legalidade, que Thomas Jefferson denunciou há três séculos. É triste ver Carta Capital como coadjuvante desta cena

Giuseppe Cocco
13 de março de 2009

A moral camaleônica

É delicioso resgatar os argumentos lançados pela mídia em 1997, em favor da reeleição de FHC. Comparados com a grita contra um terceiro mandato de Lula, eles revelam a tendência a adaptar-se às circunstâncias, típica do camaleão. Mesmo que, confirmando sua essência, ele finja ser outro animal...

Guilherme Scalzilli
13 de setembro de 2008

Um sopro de oxigênio na mídia norte-americana

Frente ao crescente alinhamento das grandes corporações da comunicação com o governo e de sua ostensiva perda de qualidade, uma fatia cada vez mais do público se volta para esse noticiário independente, em busca de informações confiáveis. A cada semana, duas novas emissoras de rádio ou tevê inserem o boletim em sua programação

Danielle Follett, Thomas Boothe
14 de janeiro de 2008

A comunicação na encruzilhada

Diplô Brasil lança segundo número de sua série de livros temáticos de bolso. Em uma série de artigos, obra denuncia jornalismo oligopolizado e servil ao poder econômico. Mas ressalta possibilidade de criar, por meio da internet, redes de intercomunicação pós-capitalistas

Antonio Martins
3 de dezembro de 2007

Muito além de Gutenberg

A convergência digital, a blogosfera e a comunicação compartilhada não ameaçam apenas a oligarquia da mídia corporativa. Também requerem um novo projeto para democratizar o jornalismo, e outros mecanismos para remunerar os produtores culturais

Antonio Martins
18 de outubro de 2007

Ameaça à informação

Já controlada há muito por grandes grupos econômicos, a mídia impressa passou a sofrer, há anos, o assédio das publicações gratuitas e da internet. Em defesa do direito à informação e ao debate, é preciso apoiar as publicações independentes

Ignacio Ramonet
16 de janeiro de 2007

As vozes de Washington

Por que a Arábia Saudita promove, há décadas, jornais que influem em todo o mundo árabe, mas procuram mantê-lo fragmentado e dividido. História de uma operação ideológica montada para fortalecer o poder dos EUA no Oriente Médio

Mohammed El Oifi
21 de dezembro de 2006

Planeta Diplô

O "Le Monde Diplomatique" ultrapassa a marca de 60 edições internacionais. Mais globalizado que qualquer outra publicação, o jornal orgulha-se de seus laços com o altermundialismo

Dominique Vidal
10 de novembro de 2006

Hiroshima, 6 de agosto de 1945

O norte-americano John Hersey foi um dos primeiros jornalistas estrangeiros a chegar ao local onde explodiu a primeira bomba nuclear da história, matando, de um só golpe, 100 mil pessoas e provocando formas inéditas e terríveis de sofrimento humano. Publicado primeiramente no New Yorker, seu testemunho é considerado um dos clássicos da reportagem de guerra

John Richard Hersey
1º de agosto de 2005

Outro olhar sobre o mundo

Depois das torturas na prisão de Abu Ghraib, em Bagdá, e do tsunami do oceano Índico, nada será como antes no fotojornalismo

Christian Cajoulle
1º de março de 2005

A decadência do fotojornalismo

Nos anos 60 e início dos 70, a simples divulgação de fotografias teve o poder de mudar o curso da história. Em contraste com essa época de ouro, o jornalismo visual contemporâneo inunda o mundo com cartões-postais

Edgar Roskis
1º de janeiro de 2003

Aproveitando o ensejo...

Le Monde diplomatique transcreve, abaixo, alguns trechos do livro ’At Camp David, Advise and Dissent’, de autoria dos jornalistas Bob Woodward e Dan Baltz. A edição de 31 de janeiro de 2002 do jornal ’The Washington Post’ já divulgara estes trechos

Philip S.Golub
1º de dezembro de 2002

Novas ameaças ao pluralismo da imprensa

O surgimento de informativos gratuitos na França tem provocado polêmica, mas o risco que eles representam para os jornais pagos é insignificante em relação ao representado pelo enfraquecimento do sistema de distribuição

Marie Bénilde
1º de novembro de 2002

Palavras-chave no mesmo grupo
[temas permanentes]

Outros grupos de palavras-chave

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel