Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» A crise do Brexit e o capitalismo impotente

» Pilger: é hora de salvar o jornalismo

» Missão: extinguir o BNDES

» Etiópia: a eterna marcha da humanidade

» O direito ao sagrado dos povos do terreiro

» Como derrotar a “direita Trump-Bolsonaro”

» As pedras da contracultura (ainda) rolam

» Corporações: já vivemos uma distopia…

» Olhai a nova geração de ativistas

» Rússia e China: fim do mundo unipolar?

Rede Social


Edição francesa


» Comment les apprentis sorciers ont aggravé le chaos au Proche-Orient

» Quarante ans de conflits et d'échecs nourris par les interventions occidentales

» Décentraliser l'éducation pour mieux la privatiser

» L'avenir du temps

» Ces Espagnols qui ont libéré Paris

» Les pompiers pyromanes de l'antisémitisme

» Menace iranienne, menace sur l'Iran

» Comme si l'école était une entreprise…

» Voyage au bout de la peur avec les clandestins du Sahel

» Chanter le devenir du monde


Edição em inglês


» Confessions of a map-maker

» The Spaniards who liberated Paris

» Fighting for communication control

» June: the longer view

» Niger, a migration crossroads

» Niger, a migration crossroads

» Whatever happened to Bob Woodward?

» Europe in space

» The Corbyn controversy

» The invisible people


Edição portuguesa


» Edição de Junho de 2019

» As pertenças colectivas e as suas conquistas

» A arte da provocação

» 20 Anos | 20% desconto

» EUROPA: As CaUsas das Esquerdas

» Edição de Maio de 2019

» Os professores no muro europeu

» Chernobil mediático

» Edição de Abril de 2019

» A nossa informação, as vossas escolhas


outubro 2000


O euro, o petróleo e os neoliberais

O que se poderia considerar "anormal"? O barril de óleo bruto a 35 dólares ou, como há dois anos, a dez dólares? E o que há de chocante no fato de uma energia não-renovável e altamente poluente ser cara? A aberração não seria o contrário?


Ignacio Ramonet

Uma integração pela força

A Alca - Área de Livre Comércio das Américas - pode ser vista como um modelo para a próxima geração de acordos da Organização Mundial do Comércio (OMC). Trata-se de um projeto econômico planetário, do qual a América Latina não passa de um dos elementos


Janette Habel

Interesses divergentes

Embora o Mercosul seja apresentado, por Fernando Henrique Cardoso, como "uma segunda nacionalidade", é significativo que, quando da desvalorização do real, em 1999, nenhum de seus parceiros foi consultado


Janette Habel

Uma estrutura complexa

Por enquanto, a cidade-sede onde vem sendo negociada a criação da Alca é rotativa, mas o desejo declarado de Washington é o de que Miami seja a sede permanente da Alca e a "capital" das Américas


Janette Habel

Este estranho culto à Internet

Herdeiro de alguns valores da contracultura — a busca de uma sociedade mais fraterna, comunicativa e pacífica —, ele adotou ao mesmo tempo, porém, idéias liberais ou mesmo segragacionisas, como o desprezo aos idosos


Philippe Breton

A necessidade da utopia

Cada cidadão sente a necessidade urgente — como uma barreira contra a ressaca neoliberal — de um contra-projeto global, uma contra-ideologia, um edifício conceitual que se possa contrapor ao modelo atualmente dominante


Ignacio Ramonet

Os novos modelos do capitalismo

Cresce, no Brasil, a pressão por mudanças no sistema nacional de relações de trabalho, seguindo tendências internacionais. Isso significa perda ainda maior de direitos para os trabalhadores


Claudio Dedecca

Uma revolução tranqüila

A idéia do direito a uma renda básica independente do trabalho foi proposta por Thomas Paine, deputado durante a Revolução Francesa. Ele achava que a apropriação da terra por alguns justificava a concessão aos outros de meios de subsistência


Chantal Euzeby

O papel civilizatório da esquerda

A derrocada da experiência socialista somada à direitização dos partidos de esquerda tradicionais gerou um clima de perplexidade. Este momento de crise pode ser uma ótima oportunidade para a esquerda resgatar seu caráter civilizatório


Francisco de Oliveira

Emprego: a curto ou longo prazo?

Devemos permanecer fiéis aos dogmas dos últimos 20 anos, que levaram a uma profunda fratura social no México e na Rússia? Ou é possível propor uma visão que leve em conta os interesses dos homens e mulheres do planeta pondo a seu serviço as tecnologias?


René Passet

"O Iraque pagará!"

Longe de olhares do público, a Comissão de Indenizações da ONU decide, em Genebra, as sanções que vai impor a esse país onde crianças morrem por falta de cuidados médicos e os hospitais não têm material. O objetivo parece ser desmantelar uma das mais antigas civilizações do mundo


Alain Gresh

Uma Comissão influenciada

Em 20 de maio de 1991, a UNCC decide que 30% das exportações de petróleo e de produtos do petróleo iraquianos serão canalizados para as indenizações e o pagamento dos custos de funcionamento da Comissão


Alain Gresh

Quem lê os relatórios?

Muitos dados utilizados pela UNCC provinham de governos nacionais, encarregados de centralizar as reivindicações. Esses governos tinham todo interesse em "aumentar" os pedidos, uma vez que poderiam reter até 1,5% das somas recebidas, o que fizeram


Alain Gresh

As origens da extrema-direita

Dois meses após o atentado de Düsseldorf, a Alemanha resolveu, finalmente, punir com rigor os extremistas de direita: condenando os autores de agressões, proibindo manifestações nazistas e ameaçando intervir em organizações como o NPD e os Republicanos


Christian Semler

Enfrentando o neonazismo

Conduzida à política através de do movimento pela cidadania, uma das oito chefes de polícia mulheres da Alemanha tenta aplicar, em seu trabalho com gente habituada a estruturas autoritárias, os princípios de uma "democracia de base"


Brigitte Pätzold

Por eleições democráticas e transparentes

Até agora, a "compra de votos" permanecia intocável. Era pouco denunciada e não constava dos projetos de reforma política. Com a adoção da lei 9840/99, colocou-se em prática um instrumento que permite cassar candidaturas através da participação direta dos cidadãos


Chico Whitaker

Balanço positivo no primeiro teste

A lei contra a corrupção eleitoral "pegou". Seus efeitos serão sentidos com mais vigor nas próximas eleições, com eleitores e candidatos mais informados, Justiça Eleitoral mais à vontade e comitês de fiscalização mais experientes


Chico Whitaker

A polícia vai à escola

À idéia segundo a qual uma política de segurança aplicada ao sistema educativo poderia substituir a política educativa, opõe-se uma visão que consiste em afirmar que a violência na escola é a violência da escola


Franck Poupeau, Sandrine Garcia

As armadilhas do neoliberalismo

A opção do Conselho Europeu, já traduzida em plano de ação, consiste em afirmar que a grande prioridade, nos próximos quinze anos, é a construção da "e-Europa" para que, em 2015, ela se torne a "e-economia" mais competitiva do mundo


Ricardo Petrella

O golpe que a CIA patrocinou

Em novembro de 1952, autoridades britânicas propuseram aos norte-americanos um golpe de Estado contra o governo iraniano. Estes responderam que o governo estava terminando, mas que Eisenhower, que tomaria posse em janeiro, possivelmente o faria


Marleen Teugels

A escalada da crise

O que é o nacional-socialismo?

O regime nazista não alterou o processo de produção, cuja matriz continuou nas mãos dos grupos que controlavam os meios de produção. Seu objetivo era abolir a distinção entre Estado e sociedade, transferindo as funções políticas aos que detinham o poder


Herbert Marcuse

O filósofo e o nazismo

Contrariando a onda liberal da época, Marcuse defendia que totalitarismo e capitalismo não são termos contraditórios, pois o capitalismo é um sistema que regulamenta a totalidade das relações sociais


Raffaele Laudani

Lumumba, a história de um complô

Sob a proteção de soldados da ONU, Lumumba seria entregue a seus inimigos e deportado para Katanga, onde Moisés Tchombé, a soldo de companhias mineradoras européias, o mandaria assassinar. O nome de Lumumba seria apagado da história


Philippe Lafosse

Roger Pic, memória do século

Sai na França álbum de um fotógrafo que soube retratar tanto o universo do teatro e da cultura francesa quanto as grandes batalhas pela transformação social deste século, e seus personagens


Philippe Lafosse

Contra os imperialismos

Frantz Fanon chegou à Argélia como médico psiquiatra. Colocando-se de imediato no centro dos problemas anticoloniais, e do que ele denomina a "alienação colonial", não se pouparia do engajamento nem da análise crítica


Marina da Silva

O Mal radical

Entramos na era da globalização, no perigoso período da reinterpretação generalizada dos fatos em que a crise do político, bem como a da arte contemporânea, sinalizam o contexto de uma exposição onde se associa Mickey à memória de Auschwitz


Paul Virilio

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos