Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» A nova batalha por Assange e pelo jornalismo

» Eis os economistas rebeldes

» Coronavírus: o desejo pela pandemia

» Decifrando Bolsonaro

» Pós-materialismo: por uma política não-cartesiana

» Greta Thunberg e a escola do século XXI

» A Classe de Davos e como vencê-la

» Prepare-se para o ano Bernie Sanders

» Orientalismo: por que não enxergamos o Irã

» 1917: Mergulho no horror e dilemas da técnica

Rede Social


Edição francesa


» Tenir une grève longue

» Au nom du bien-être de l'enfant

» En 1961, le tournant du procès Eichmann

» Qui a peur de Big Brother ?

» En Irak, émergence d'un pouvoir autoritaire à dominante chiite

» Ce que la génétique doit à l'eugénisme

» À la recherche de l'enfant parfait

» Au temps du terrorisme anarchiste

» Population kurde dans le monde

» Un grand peuple sans État


Edição em inglês


» Ben Bella: ‘It protected us from hatred'

» Hicham Yezza on what went wrong for the UK's Labour Party

» The US and Iran: a long and bitter war

» As Australia's right tacks left on climate, the course is set

» The two souls of veganism

» January: the longer view

» Iranians united

» Luxembourg's multilingual geography

» Controlled by Ritalin

» The hero of Petliura Street


Edição portuguesa


» Edição de Janeiro de 2020

» Embaraços externos

» De Santiago a Paris, os povos na rua

» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?

» Edição de Dezembro de 2019

» Uma fractura social exposta

» «Uma chacina»

» Assinatura de 6 meses: só 18 €

» Golpe de Estado contra Evo Morales

» Será que a esquerda boliviana produziu os seus coveiros?


março 2006


Democracias sob medida

O que incomoda a alguns, hoje, é não poder determinar antecipadamente o resultado de uma consulta eleitoral. Alguns adorariam instalar eleições "livres" de resultado garantido...


Ignacio Ramonet

A caminho da desumanização

Ao desafiar as grandes conquistas civilizadoras do século 20, as "novas" relações de trabalho destróem a solidariedade, invadem o espaço privado, solapam relações com amigos e família e impõem uma ética que valoriza a submissão


Danièle Linhart

Uma resposta a 1968

Ao contrário do que se pensa, a estratégia de individualizar o trabalho surge bem antes das crises dos anos 70. Ela é uma alternativa domesticada à crítica radical dos valores capitalistas, que marca as revoltas de 1968


Danièle Linhart

GM, chantagem explícita

Como a maior empresa automobilística do mundo usa a ameça de demissões para impor a seus funcionários rebaixamentos de salários, aposentadorias e assistência social


Rick Fantasia

Divisão e primavera sindical?

Que motivos levaram uma parte do sindicalismo norte-americano a romper com a AFL-CIO e formar uma nova coalizão. Quais as possibilidades de ela estimular o ressurgimento das lutas por direitos sociais


Rick Fantasia

Quem instiga a violência

Por seus atos e omissões, as potências ocidentais lançaram ao mundo árabe, nos últimos meses, um conjunto de desafios. Tem sentido lastimarem, agora, fatos como a vitória do Hamas?


Georges Corm

Viagem ao interior das madrassas

Centros do pensamento islâmico fundamentalista e únicas escolas acessíveis aos pobres, em muitos países, elas são vistas com freqüência, no Ocidente, como "escolas de terror". É uma visão preconceituosa


William Dalrymple

Há algo de podre...

A Dinamarca é tudo, menos um Estado laico. Há uma religião oficial: o protestantismo luterano. Os padres são funcionários; os cursos de cristianismo, obrigatórios na escola


Alain Gresh

As razões do grande reinado

Tudo indica que o presidente Alexandre Lukachenko, no poder desde o fim da União Soviética, conquistará um novo mandato, em 19/3. O endurecimento do regime é real, mas há outras razões para a permanência


Alexandre Billette, Jean-Arnault Dérens

Afirmação incerta

Quinze anos depois da independência, a identidade bielo-russa ainda luta para se consolidar. A maior dificuldade está na influência russa, construída durante o enfrentamento comum contra o nazismo


Alexandre Billette, Jean-Arnault Dérens

Que tal pensar em segurança?

O desenvolvimento vertiginoso das tecnologias que trabalham a matéria átomo por átomo pode ser formidável esperança - ou terrível pesadelo. É hora do controle democrático sobre as pesquisas


Dorothée Benoit-Borwaeys

Um rosto, obra da mão

Uma primeira cirurgia é uma experimentação. Isso não reduz seu caráter terapêutico. A questão que se poderia colocar é saber se a operação é inocente, nociva ou benéfica


François Delaporte

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos