Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Dinheiro: o novo sonho de controle do Facebook

» Mulheres na política: uma nova onda a caminho

» Sertanejo, brasilidade e Nelson Pereira Santos

» A crise do Brexit e o capitalismo impotente

» Pilger: é hora de salvar o jornalismo

» Missão: extinguir o BNDES

» Etiópia: a eterna marcha da humanidade

» O direito ao sagrado dos povos do terreiro

» Como derrotar a “direita Trump-Bolsonaro”

» As pedras da contracultura (ainda) rolam

Rede Social


Edição francesa


» Quand la gauche renonçait au nom de l'Europe

» Un « New Deal » pour l'école

» La Chine bouscule l'ordre mondial

» L'affirmation homosexuelle

» Faut-il larguer la république ?

» Comment les apprentis sorciers ont aggravé le chaos au Proche-Orient

» Quarante ans de conflits et d'échecs nourris par les interventions occidentales

» Décentraliser l'éducation pour mieux la privatiser

» L'avenir du temps

» Ces Espagnols qui ont libéré Paris


Edição em inglês


» How US climate deniers are working with far-right racists to hijack Brexit for Big Oil

» Confessions of a map-maker

» The Spaniards who liberated Paris

» Fighting for communication control

» June: the longer view

» Niger, a migration crossroads

» Niger, a migration crossroads

» Whatever happened to Bob Woodward?

» Europe in space

» The Corbyn controversy


Edição portuguesa


» Edição de Junho de 2019

» As pertenças colectivas e as suas conquistas

» A arte da provocação

» 20 Anos | 20% desconto

» EUROPA: As CaUsas das Esquerdas

» Edição de Maio de 2019

» Os professores no muro europeu

» Chernobil mediático

» Edição de Abril de 2019

» A nossa informação, as vossas escolhas


dezembro 2006


DOSSIÊ IRÃ

UM PAÍS MUITO MAIS COMPLEXO DO QUE SE PENSA NO OCIDENTE; UMA ESTRUTURA MILITAR INTRINCADA


As engrenagens do Irã teocrático

A aliança entre o presidente Ahmedinejad e o clero ultra-conservador é menos sólida que se pensa – e há um setor social crescente em favor de modernização. Mas as pressões e ameaças dos EUA geram um clima de unidade nacional que alimenta continuamente a ortodoxia


Alexandre Leroi-Ponant

Poderes militares de Teerã

Além das forças armadas regulares, o Irã conta com dois corpos de milícias paramilitares e com centros de formação de combatentes estrangeiros. No comando desta máquina não está o presidente, mas o Guia da Revolução


Jehan Lazrak

DOSSIÊ ISRAEL E PALESTINA

QUE SIGNIFICA A ENTRADA, NO GOVERNO DE TELAVIVE, DO VICE-PREMIÊ AVIGDOR LIEBERMAN


Labirinto em Israel

A entrada de um extremista no governo de Telavive atiça, no Oriente Médio, as forças mais capazes de desencadear, a partir da região, um conflito de dimensões mundiais


Ignacio Ramonet

Como Telavive flerta com o racismo

Defensor de idéias como a “transferência” dos árabes israelenses para a Cisjordânia, o vice-premiê Lieberman representa um setor da elite que desconhece a democracia. Após o fracasso do ataque ao Líbano, esta fração apela para militarização ainda mais profunda do país


Akiva Eldar

As vozes de Washington

Por que a Arábia Saudita promove, há décadas, jornais que influem em todo o mundo árabe, mas procuram mantê-lo fragmentado e dividido. História de uma operação ideológica montada para fortalecer o poder dos EUA no Oriente Médio


Mohammed El Oifi

O mito do "fascismo islâmico"

Contra todas as evidências, o governo Bush e alguns intelectuais europeus procuram identificar movimentos e governos islâmicos como próximos a Hitler ou Mussolini. Há oportunismo e planos de guerra por trás desta imprecisão


Stefan Durand

DOSSIÊ MIGRAÇÕES

EM CERTOS PAÍSES LATINO-AMERICANOS, QUASE UM TERÇO DA POPULAÇÃO MIGROU. POR QUE ISSO PODE TORNAR AS NAÇÕES INVIÁVEIS


A esperança mora além do rio

Retrato da Nicarágua às vésperas da volta dos sandinistas: num país empobrecido e com os serviços públicos devastados, um em cada sete habitantes emigrou – a maior parte para a Costa Rica. O êxodo destrói laços sociais e cria tensões do outro lado da fronteira


Raphaëlle Bail

El Salvador respira dólares

Cerca de dois milhões de salvadorenhos migraram, especialmente para os EUA. As remessas recebidas de parentes no exterior chegam a representar 30% da renda, em certas regiões. Nelas, faltam braços para a lavoura: os salários não competem com o dinheiro que vem de fora...


Raphaëlle Bail

"Que o último apague a luz"

A dolarização da economia equatoriana, que encanta certos economistas, tem uma face oculta: aumento da pobreza, desorganização da pequena agricultura e... quatro milhões de emigrados, provenientes de todas as camadas sociais


Maurice Lemoine

A "conspiração" das Torres Gêmeas

Há um contrabando ideológico notável nas teorias que responsabilizam a CIA pelos atentados de 11 de Setembro. Aceitá-las seria atribuir aos EUA poder e capacidade de articulação muito superiores às demonstradas por eles na vida real


Alexander Cockburn

A África enfrenta o êxodo de médicos

Num continente já afligido por epidemias e empobrecimento, os sistemas públicos de saúde sofrem mais uma ameaça: a sedução de seus médicos, formados com enorme custo social, por hospitais do mundo rico. Felizmente, começam a surgir alternativas


Karl Blanchet , Regina Keith

Diante da tragédia, indiferença

A degradação dos serviços de saúde africanos é alimentada pelos “ajustes fiscais” que o FMI determina e pelo descompromisso da “comunidade internacional”, mesmo em relação aos Objetivos do Milênio


Karl Blanchet , Regina Keith

Uma radiografia do PCC

Como a política de “tolerância zero” frente ao crime, o endurecimento das condições carcerárias e as restrições aos grupos pró-direitos humanos nas prisões criaram o ambiente ideal para que surgisse, em São Paulo, a maior organização criminosa do Brasil


João de Barros

A carta internacional de Lula

Num cenário marcado pelo declínio do neoliberalismo e pela multiplicação de governos de esquerda na América Latina, o presidente brasileiro tem a oportunidade de ampliar o papel de seu país na construção de uma ordem mundial multipolar


Emir Sader

DOSSIÊ AMIANTO

UM CASO EMBLEMÁTICO REVELA: AS SOCIEDADES TÊM O DIREITO DE PROIBIR SUBSTÂNCIAS QUANDO NÃO HÁ CERTEZA DE QUE SÃO INOFENSIVAS À SAÚDE


Crônica de um crime do "progresso"

Cem anos se passaram entre a constatação dos perigos do amianto e a proibição de seu uso – que ainda não vigora em todos os países. Só na Europa, são 500 mil mortes, por câncer e outras doenças. A tragédia demonstra a necessidade de reconhecer o “princípio da precaução”


Marleen Teugels , Nico Krols

Uma reviravolta jurídica notável

Após anos de pressões da sociedade, a justiça francesa altera seu entendimento no caso do amianto. Agora, empresas e governantes podem ser penalizados não só pelos seus atos, mas também por suas omissões


Marleen Teugels , Nico Krols

O papel da arqueologia "que destrói"

Vistos como obstáculos ao desenvolvimento, incapazes de revelar cenários magníficos, os arqueólogos preventivos avançam. Querem recolher e montar, peça por peça, quebra-cabeças que permitirão compreender o que fomos e para onde (não) devemos caminhar


Nicole Pot

Quatro romances contra o esquecimento

Setenta anos após a eclosão da guerra civil espanhola, a literatura volta a resgatar a saga dos que foram derrotados por terem cometido "o crime imperdoável de estar adiante"


Anne Mathieu

Uma dívida da democracia

Por que o esclarecimento das ações de extermínio desencadeadas pelo regime franquista é essencial para que a Espanha se reencontre consigo mesma


Ixchel Delaporte

Lá na minha terrra

Poderia ter sido na Palestina, mas também em muitos países da África ou da Ásia. Onde as brincadeiras acabaram e as crianças, como os adultos, vivem a guerra. Mas nem o medo, nem a dor, conseguiram matar a esperança. Um conto do escritor John Berger


John Berger

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos