Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» 7 de agostos de 2020

» Os dois combates de Flávio Dino

» A Embraer continua nossa: e agora?

» Feminismo e internet: as fronteiras para o livre saber

» Por que ultradireita teme um Estado de Emergência

» 6 de agosto de 2020

» Hiroshima, 75 anos

» Cinema: as engrenagens do ódio, vistas por dentro

» Quem é responsável pelos crimes da PM?

» Equador e Bolívia: ressurge o golpismo latino-americano

Rede Social


Edição francesa


» Ignorance toxique

» L'Etat utopique ou la haine de l'histoire

» Tunisie : du protectorat à l'autonomie interne

» Algérie : Les réformes de 1947 et l'intégration

» « The Economist », le journal le plus influent du monde

» L'avènement du tourisme de masse... Près de chez soi

» Babel jeune et innocente

» Des usages de Bach

» Rendez-vous avec Frantz Fanon

» Dans la jungle de Bornéo, des visiteurs en quête d'authenticité


Edição em inglês


» US-Iran: an election showdown?

» August: the longer view

» Hagia Sophia in Turkey's culture wars

» Pilgrimage routes

» Bolivia's shrinking glaciers

» It's the healthcare system, stupid

» The Twenty Years' war

» Government by the worst

» The eternal Johann Sebastian

» Wake up! I have things to say!


Edição portuguesa


» Edição de Agosto de 2020

» Prisioneiros do paradigma

» A guerra dos vinte anos?

» Offshores: paraíso para alguns, inferno para todos

» Edição de Julho de 2020

» Metáforas bélicas

» Alguém disse «sistémico»?

» Dois ou três lugares a preencher – a propósito de José Saramago

» A Jangada de Saramago

» Um homem chamado Saramago


ALCA / NEGOCIAÇÕES

Uma estrutura complexa

Imprimir
enviar por email

Ler Comentários
Compartilhe

Por enquanto, a cidade-sede onde vem sendo negociada a criação da Alca é rotativa, mas o desejo declarado de Washington é o de que Miami seja a sede permanente da Alca e a "capital" das Américas

Janette Habel - (12/10/2000)

Foi o presidente norte-americano George Bush (republicano) que propôs, em 1990, a criação de uma área de livre comércio das Américas: seria uma "estréia" de parcerias entre uma hiperpotência e países em vias de desenvolvimento. A iniciativa foi retomada, em 1992, por William Clinton (democrata). O projeto conta, portanto, com o apoio conjunto dos dois partidos no Congresso.

A Cúpula das Américas, realizada em Miami em 1994, reuniu pela primeira vez — desde a conferência de Punta del Este, em 1967 — todos os chefes de Estado ou de governo da região (à exceção de Fidel Castro). Foi lá que começaram a ser discutidas as modalidades de negociação prévias a um acordo. Após quatro anos de trabalho, a Segunda Cúpula das Américas deu início à negociação propriamente dita. Esta deveria, em princípio, concluir-se em 2005. Sua sede, em Miami até fevereiro de 2001, passará ser no Panamá, e depois no México. O desejo declarado de Washington, porém, é o de que Miami seja a sede permanente da Alca e a "capital" das Américas.

Uma estrutura ampla e complexa

Para conduzir as negociações a bom termo, foi criado um dispositivo complexo e bastante amplo. Uma Comissão de Negociações Comerciais (CNC) reuniu-se em junho de 1998, enquanto os nove grupos de negociação o fizeram em setembro do mesmo ano. Estes vêm fazendo um trabalho intenso sobre nove temas: o acesso aos mercados, os investimentos, os serviços, a minuta sobre mercados públicos, o acerto das divergências, a agricultura, os direitos de propriedade intelectual, as subvenções anti-dumping e direitos de compensação, e as políticas da concorrência. Uma comissão tripartite apóia o projeto; ela é composta pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), pela Comissão Econômica das Nações Unidas para a América Latina e o Caribe (Cepalc) e pela Organização dos Estados Americanos (OEA). As empresas privadas são representadas por país e por setor através do America’s Business Forum (ABF). Os acordos devem obedecer aos critérios da OMC.

Traduzido por Jô Amado.




Fórum

Leia os comentários sobre este texto / Comente você também

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos