Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


Rede Social


Edição francesa


» Le capitalisme à l'assaut du sommeil

» Feu le citoyen ?

» La guerre des chaînes d'information

» Deux nouveaux gendarmes : l'Iran et l'Afrique du Sud

» Le devoir de paresse

» Ainsi nos jours sont comptés

» Au Brésil, des collectionneurs d'art très courtisés

» Fantômes russes dans l'isoloir ukrainien

» Bernard Madoff, à la barbe des régulateurs de la finance

» Les famines coloniales, génocide oublié


Edição em inglês


» How green is burning trees?

» Rojava's suspended future

» Biden's Middle East challenges

» April: the longer view

» Africa's oil-rich national parks

» Montenegro's path to independence

» Japan's bureaucrats feel the pain

» Who's who in North Africa

» Being Kabyle in France

» Who wins in Chile's new constitution?


Edição portuguesa


» "Catarina e a beleza de matar fascistas": o teatro a pensar a política

» Edição de Abril de 2021

» A liberdade a sério está para lá do liberalismo

» Viva o «risco sistémico!»

» Pandemia, sociedade e SNS: superar o pesadelo, preparar o amanhecer

» A maior mentira do fim do século XX

» Como combater a promoção da irracionalidade?

» A Comuna de Paris nas paredes

» Como Donald Trump e os "media" arruinaram a vida pública

» Edição de Março de 2021


CAXEMIRA

Dados e cronologia

Imprimir
enviar por email

Ler Comentários
Compartilhe

(01/01/2002)

Superfície: 92.437 km2 – a Caxemira paquistanesa tem 78.114 km2 e a Caxemira chinesa (território de Aksai Chin, administrado pela China e reivindicado pela Índia) 42.685 km2, ou seja, um total de 222 236 km2.

Capital: no verão, Srinagar; no inverno, Jammu.

Línguas: Urdu, caxemíri, hindi, dogri, pahari, ladakhi.

População: 7.718.700 habitantes. Cerca de um quarto da população reside nas regiões urbanas. A economia de Jammu e Caxemira é dominada pela agricultura (49% da população ativa).

(Fonte: The official website of Jammu & Kashmir Government, India)

História

15 de agosto de 1947 - Partilha da Índia e do Paquistão.

26 de outubro de 1947 - Adesão condicional do Estado de Jammu e Caxemira à Índia. Primeira guerra indo-paquistanesa, que resulta, em 1o de janeiro de 1949, na divisão da Caxemira entre os dois países.

1965 e 1971 - Guerras indo-paquistanesas. A fronteira entre as duas Caxemiras não é modificada. Em 1972, o acordo de Simla prevê uma solução de âmbito bilateral.

1989 - Insurreição dos grupos armados, principalmente a Frente de Libertação de Jammu e Caxemira (leiga, independentista) e o Hezb-ul-Mujahidin (religioso, favorável à anexação ao Paquistão).

Janeiro de 1990 - Jammu e Caxemira é colocado sob administração presidencial direta até as eleições de 1991.

Maio de 1999 - Combates entre a Índia e o Paquistão na Caxemira, a chamada guerra de Kargil.

Dezembro de 2000 - Apesar do cessar-fogo declarado pela Índia, os ataques e os atentados suicidas se multiplicam.

Julho de 2001 - O fracasso da conferência de cúpula de Agra, entre o presidente paquistanês Pervez Musharraf e o primeiro-ministro indiano Atal Bihari Vajpayee, aprofunda a tensão e sucedem-se atentados.

21 de setembro de 2001 - Manifestações anti-norte-americanas em Srinagar, oito mortos. Em 1o de outubro de 2001, um atentado suicida faria quarenta mortos.

15 de outubro de 2001 - Nova Déli ataca posições paquistanesas na fronteira, acusando Islamabad de “atividades terroristas”.

23 de outubro de 2001 - Novo atentado suicida em Srinagar, pelo menos seis mortos.

28 de novembro de 2001 - Confrontos armados na fronteira fazem, segundo Nova Déli, 16 mortos entre os soldados paquistaneses.

4 de dezembro de 2001 - Novos incidentes em Jammu e Caxemira com 15 mortos.
(Trad.: Regina Salgado Campos)




Fórum

Leia os comentários sobre este texto / Comente você também

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Leia mais sobre

» India
» Paquistão
» Ocupação do Afeganistão
» Geopolítica do Subcontinente Indiano

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos