Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Bolsonaro usa o vírus para reinventar tortura

» 2 de julho de 2020

» Boaventura: A universidade pós-pandêmica

» As miragens de que se vale a ultradireita

» Em filme, Nise, e sua crítica radical à velha psiquiatria

» A máquina do mundo e seus claros enigmas

» 30 de junho de 2020

» Precários de todos os países, uni-vos

» Austeridade, o grande dogma a ser combatido

» Reino Unido endividou-se para proteger escravocratas

Rede Social


Edição francesa


» Vous avez dit « systémique » ?

» Un pays miné par les homicides policiers

» Décollage africain, marasme sénégalais

» BCE, enquête dans le temple de l'euro

» Le procès de M. Barack Obama

» Comment fonctionnent les systèmes de santé dans le monde

» Les nouvelles stratégies pétrolières des Etats et des grandes compagnies

» École et santé en ruines

» La gauche israélienne en déshérence

» M. George W. Bush, président MBA


Edição em inglês


» Oil production and consumption around the world

» OPEC's share of production in a changing oil market

» Passport power

» Prato's migrant workforce

» No going back to business as usual

» Trade war in strategic minerals

» When oil got cheaper than water

» A tale of two countries

» Jair Bolsonaro, wannabe dictator

» The culture of health and sickness


Edição portuguesa


» Dois ou três lugares a preencher – a propósito de José Saramago

» A Jangada de Saramago

» Um homem chamado Saramago

» «O desastre actual é a total ausência de espírito crítico»

» Edição de Junho de 2020

» A fractura social

» Vender carros Audi na Birmânia

» Edição de Maio de 2020

» Defender os trabalhadores

» Todos crianças


Em favor de Bové

Imprimir
enviar por email

Ler Comentários
Compartilhe

(01/08/2002)

Porta-voz da Confederação Camponesa, José Bové foi o primeiro dirigente sindical a ser preso após a reeleição de Jacques Chirac. E preso devido a uma ação sindical coletiva: o desmonte do restaurante McDonald’s de Millau, em agosto de 1999, num protesto simbólico contra as sanções impostas por Washington aos produtores de queijo roquefort (em represália à recusa, por parte da União Européia, em importar carne bovina com hormônios dos Estados Unidos). É importante frisar que, nesse caso, a ação não foi interposta pela cadeia de restaurantes norte-americana, mas pelo Ministério Público francês!

Estaria o Movimento dos Sem Terra (MST) brasileiro tão longe da verdade quando considera José Bové um “preso político”? Teria a punição o significado de “dar um exemplo” no sentido de desencorajar quem luta, como Bové, contra a globalização liberal? Essa é uma opinião amplamente partilhada, e reforçada pela impunidade de que gozam, por outro lado, os distribuidores de farinhas animais ilegalmente importadas – e potencialmente transmissoras da doença da vaca louca –, assim como os dirigentes do sindicato camponês majoritário, a FNSEA (que pediu votos para Chirac desde o primeiro turno da eleição presidencial), por suas ações violentas contra bens e pessoas, como foi o caso da invasão e saque do escritório de Dominique Voynet, ministra do Meio Ambiente.

Isso sem mencionar essa aflitiva “exceção francesa” que é a imunidade judicial concedida pelo Conselho Constitucional ao presidente da República quando, em qualquer outra democracia ocidental, a suposição dos graves delitos de que é acusado deveria obrigá-lo a explicar-se perante os juízes.

A redação do Monde diplomatique manifesta sua indignação com esse exemplo de “justiça” sob encomenda, contrária a todos os valores que defende nosso jornal.

(Trad.: Jô Amado)




Fórum

Leia os comentários sobre este texto / Comente você também

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Leia mais sobre

» OMC
» Soberania Alimentar
» Reforma Agrária e Agricultura Familiar

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos