'Enviar matéria', 'envoyer' => 'Enviar', 'reference_de' => 'a referência de', 'par_courriel' => 'por email', 'a_destination' => 'Enviar para:', 'donnees_optionnelles' => 'Dados opcionais', 'separe_virgule' => 'separe com vírgulas se escrever mais de um', 'sujet' => 'Assunto', 'titre_vouloir' => 'Título da mensagem', 'nom' => 'Seu nome', 'adresse' => 'Seu e-mail', 'texte' => 'Texto que irá junto com a mensagem', 'envoi' => 'Enviar', 'annuler' => 'Cancelar', 'enviar_title' => 'Enviar referência deste documento por email', 'enviar_por_email' => 'Enviar', 'referencia' => 'A referencia de', 'enviado' => 'foi enviado a:', 'sentimos' => 'Sentimos muito', 'problema' => 'Houve um problema e não se pôde enviar a mensagem', 'hola' => 'Olá. Talvez esta informação possa lhe interessar.', 'leer' => 'Leia mais...', 'enviado_por' => 'Enviado por: ', 'direction' => 'mas sem um endereço eletrônico válido', 'podemos' => 'não podemos enviar a mensagem', 'fermer' => 'fechar', 'documento' => 'Olá. Talvez este documento de', 'interesar' => 'possa lhe interessar.', 'descargarte' => 'Na página web poderá fazer o download de:', 'source' => 'fonte', ); ?> 'Envoyer l\'article', 'envoyer' => 'Envoyer', 'reference_de' => 'la référence de', 'par_courriel' => 'par courrier électronique', 'a_destination' => 'Envoyer á l\'adresse:', 'donnees_optionnelles' => 'Données optionnelles', 'separe_virgule' => 'séparer les adresses par des virgules si vous écrivez á plusieurs personnes', 'sujet' => 'Sujet', 'titre_vouloir' => 'Titre du message', 'nom' => 'Nom', 'adresse' => 'Adresse mail', 'texte' => 'Vous pouvez ajouter un texte', 'envoi' => 'Envoyer', 'annuler' => 'Annuler', 'enviar_title' => 'envoyer l\'article par mail', 'enviar_por_email' => 'envoyer par mail', 'referencia' => 'La référence de ', 'enviado' => 'a été envoyé à:', 'sentimos' => 'désolé', 'problema' => 'Il y a eu un problème et le courrier n\'a pas pu être envoyé', 'hola' => 'Salut. Cet article t\'interéssera peut-être ', 'leer' => 'Lire la suite...', 'enviado_por' => 'Envoyer par : ', 'direction' => 'mais sans une adresse de courrier électronique valable', 'podemos' => 'nous ne pouvons pas envoyer le message', 'fermer' => 'fermer', 'documento' => 'Salut, les documents de', 'interesar' => 'pourraient t\'intéresser', 'descargarte' => 'Si vous visitez le site vous pourrez télécharger les documents suivants :', 'source' => 'Source', ); ?> 'Enviar matéria', 'envoyer' => 'Enviar', 'reference_de' => 'a referência de', 'par_courriel' => 'por email', 'a_destination' => 'Enviar para:', 'donnees_optionnelles' => 'Dados opcionais', 'separe_virgule' => 'separe com vírgulas se escrever mais de um', 'sujet' => 'Assunto', 'titre_vouloir' => 'Título da mensagem', 'nom' => 'Seu nome', 'adresse' => 'Seu e-mail', 'texte' => 'Texto que irá junto com a mensagem', 'envoi' => 'Enviar', 'annuler' => 'Cancelar', 'enviar_title' => 'Enviar referência deste documento por email', 'enviar_por_email' => 'Enviar', 'referencia' => 'A referencia de', 'enviado' => 'foi enviado a:', 'sentimos' => 'Sentimos muito', 'problema' => 'Houve um problema e não se pôde enviar a mensagem', 'hola' => 'Olá. Talvez esta informação possa lhe interessar.', 'leer' => 'Leia mais...', 'enviado_por' => 'Enviado por: ', 'direction' => 'mas sem um endereço eletrônico válido', 'podemos' => 'não podemos enviar a mensagem', 'fermer' => 'fechar', 'documento' => 'Olá. Talvez este documento de', 'interesar' => 'possa lhe interessar.', 'descargarte' => 'Na página web poderá fazer o download de:', 'source' => 'fonte', ); ?> 'Envoyer l\'article', 'envoyer' => 'Envoyer', 'reference_de' => 'la référence de', 'par_courriel' => 'par courrier électronique', 'a_destination' => 'Envoyer á l\'adresse:', 'donnees_optionnelles' => 'Données optionnelles', 'separe_virgule' => 'séparer les adresses par des virgules si vous écrivez á plusieurs personnes', 'sujet' => 'Sujet', 'titre_vouloir' => 'Titre du message', 'nom' => 'Nom', 'adresse' => 'Adresse mail', 'texte' => 'Vous pouvez ajouter un texte', 'envoi' => 'Envoyer', 'annuler' => 'Annuler', 'enviar_title' => 'envoyer l\'article par mail', 'enviar_por_email' => 'envoyer par mail', 'referencia' => 'La référence de ', 'enviado' => 'a été envoyé à:', 'sentimos' => 'désolé', 'problema' => 'Il y a eu un problème et le courrier n\'a pas pu être envoyé', 'hola' => 'Salut. Cet article t\'interéssera peut-être ', 'leer' => 'Lire la suite...', 'enviado_por' => 'Envoyer par : ', 'direction' => 'mais sans une adresse de courrier électronique valable', 'podemos' => 'nous ne pouvons pas envoyer le message', 'fermer' => 'fermer', 'documento' => 'Salut, les documents de', 'interesar' => 'pourraient t\'intéresser', 'descargarte' => 'Si vous visitez le site vous pourrez télécharger les documents suivants :', 'source' => 'Source', ); ?> Diplô - Biblioteca: Novas páginas da história
Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Por que o Brasil precisa de um Estado gastador

» A empregada de Guedes e a cozinheira de Lênin

» Esquerda e governo: ideias e lições históricas (2)

» Evo: Como reconstruir o Socialismo Comunitário

» Educação Pública: E se Bolsonaro destruir o Fundeb?

» Cinema: quando o vazio é combustível à vida

» Boaventura: o desenvelhecimento do mundo

» Coronavírus: por que a ameaça persiste

» Quem tem medo de Bernie Sanders

» A nova face das corporações modernas (2)

Rede Social


Edição francesa


» L'enfance, une espèce en danger ?

» Progrès technologique et régression sociale

» La recolonisation du plus pauvre pays de l'hémisphère occidental

» Taïwan, ou l'indépendance dans le brouillard

» Sur les causes de la pauvreté des nations et des hommes dans le monde contemporain

» La criminalité en « col blanc », ou la continuation des affaires…

» Les manœuvres à l'intérieur du parti de M. McGovern diminuent les chances d'un candidat démocrate

» Un réseau élargi et solidaire

» Images strictement contrôlées

» La leçon de Cro-Magnon


Edição em inglês


» US ideologues in the ascendant?

» US ideologues in the ascendant?

» Rojava, a fragmented territory

» Australia's angriest summer

» February: the longer view

» African national parks managed by African Parks

» Genetic medicine makes the world less fair

» From apartheid to philanthropy

» Who is the land for?

» Belarus, the industrious state


Edição portuguesa


» Edição de Fevereiro de 2020

» O que Donald Trump permite…

» As marcas do frio

» Edição de Janeiro de 2020

» Embaraços externos

» De Santiago a Paris, os povos na rua

» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?

» Edição de Dezembro de 2019

» Uma fractura social exposta

» «Uma chacina»


RÚSSIA

Novas páginas da história

Imprimir
enviar por email

Ler Comentários
Compartilhe

Nos livros, os russos buscam também discutir suas relações com o passado e revisitar seu presente

Jean-Marie Chauvier - (01/03/2004)

Há ainda muitos estudos regionais confidenciais, abordagens novas da cultura e a da arte russas do século XX

Arquivos (entre)abertos, livre exame: os historiadores russos estão satisfeitos! As tiragens dos seus livros, no entanto, desabam: 34 milhões em 1991, 8 milhões em 1992. Os centros de interesse aumentam: do período soviético (92% dos títulos em 1992) desloca-se, cada vez mais, para o período e a vida dos czares. E os livros “sensacionalistas” suplantam os outros gêneros. Os historiadores em evidência contestam as orientações dominantes: exploração apressada, tendenciosa ou comercial dos arquivos, tonalidade polêmica, diabolização do bolchevismo, falsificações e novas ingerências do poder. Os avanços científicos não são menos impressionantes1 .

A sociedade Memorial abre ao conhecimento público o sistema repressivo e as “resistências ao comunismo sob Lênin e Stalin”. A fundação Democracia dirigida por Alexandre Iakovlev, antigo ideólogo da perestroïka, também está centralizada na história do gulag. Iouri Afanasiev, diretor da Universidade das Ciências Humanas (RGGU), faz o inventário crítico da sociedade soviética. Parente pobre, a história social é alimentada pelos trabalhos de Elena Zubkova e Elena Osokina. A escola dos estudos camponeses, cujos trabalhos são conduzidos por Viktor Danilov e Teodor Shanin, abre um extraordinário campo, ainda virgem: “revolução camponesa” de 1902 a 1922 (periodização pouco comum!), movimentos camponeses na guerra civil, coletivização dos anos 1930, lembranças dos últimos testemunhos vivos. A memória do extermínio de judeus foi revisitada pelo Centro de Estudos sobre o Holocausto em Moscou, dirigida por Ilya Altman2 .

Há ainda muitos estudos regionais confidenciais, abordagens novas da cultura e a da arte russas do século XX. Os manuais escolares oferecem uma visão mais complexa e diversificada do que a proposta pelas mídias. Suas virtudes documentais e pedagógicas são desiguais, porém quase sempre dignas de nota.

Laços do passado

Os debates na contracorrente do tempo podem ser seguidos nas revistas científicas ou político-culturais

Raros são os pesquisadores russos de qualidade traduzidos em línguas ocidentais. É preciso ler o que diz disso e publica o historiador francês Jean-Paul Depretto3 . Não são pesquisas, nem pensamentos que buscam novas direções que faltam à Rússia. Os debates freqüentemente na contracorrente do tempo podem ser seguidos nas revistas científicas4 , ou político-culturais tais como Alternativy, de Alexandre Bouzgaline e Svobodnaïa Mysl, da fundação Gorbatchev, as publicações dos colóquios “Onde vai a Rússia?”, nos quais os laços entre o passado-presente são abordados com constância5 .

Os arquivos e trabalhos russos alimentaram as obras recentes de especialistas ocidentais na história soviética, especialmente Moshe Lewin, Shila Kirckpatrick, Line Viola, Peter holquist, J. A Getty, Gabor Rittersporn, Lewis Sigelbaum, Donald Filtzer, Wandy Goldmann, Brigitte Studer, Véronique Garros, Alain Blum, Tamara Kondratieva, Sabine Dullin, Myriam Desert, Alexis Berelowitch, Denis Paillard, Pierre Broué, Lilly Marcou, Jean-Jacques Marie, Jean-Paul Depretto, Nicolas Werth, Claudio-Sergio Ingerflom, Jean-Louis Van Regemoorter, Laurent Rucker, Georges Sokoloff, Serge Wolikov... E essa lista, com certeza, não é exaustiva6 .

(Trad.: Teresa Van Acker)

n ten

1 - G.A.Bordiougov, N.I.Dedkov, O.V.Khlebniuk, V.P. Buldakov e outros, Istoritchskie issledovania v Rossii. Tendentsii poslednikh let, Airo-XX, Moscou, 1996.
2 - Ler General Petrenko (libertador soviético de Auschwitz), Avant et après Auschwitz, seguido de Le Kremlin et l’Holocauste 1933-2001, de Ilya Altman e Claudio Ingerflom, Moscou, 2000; e Flammarion, Paris, 2002.
3 - La Revue russe, ver também Pouvoirs et société en Union soviétique, Atelier/les Editions Ouvrières, Paris, 2002.
4 - Otetchestvennaïa Istoriia e Voprosy Istorii.
5 - Sob a direção de Tatiana Zaslavskaïa, com a Escola Superior de Ciências Econômicas e Sociais de Moscou, dirigida por Teodor Shanin.
6 - Ver especialmente as partes dedicadas à URSS em Le Siècle des communismes (obra coletiva sob a direção de Michel Dreyfus, Bruno Groppo, Claudio Ingerflom, Roland Lew, Claude Pennetier, Bernard Pudal, Serge Wolikov), L’Atelier, Paris, 2000.




Fórum

Leia os comentários sobre este texto / Comente você também

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Leia mais sobre

» Rússia
» União Soviética (ex)
» Reconversão dos países “socialistas”

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos