Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Uber: assim começam as greves do futuro

» O conto de fadas de Paulo Guedes

» Direita europeia: tudo, menos antissistema

» Como a “mão invisível” — e Paulo Guedes — nos afundam

» Julian Assange desaparecerá para sempre?

» “Austeridade”, Paulo Guedes e o verdadeiro fundo do poço

» O que aprender com Cristina Kirchner

» Previdência: três verdades que o governo esconde

» A Tecnologia da Adaptação — e como vencê-la

» O Irã e os idiotas úteis… a Washington

Rede Social


Edição francesa


» Fonds européen de développement

» Image de la France en Afrique

» Ressortissants français en Afrique

» Commerce françafricain

» Ainsi Hitler acheta les Allemands

» Armées oubliées de l'Asie britannique

» Leçons d'histoire

» Contre l'ordre impérial, un ordre public démocratique et universel

» DSK : flamme bourgeoise, cendre prolétarienne

» Naissance de l'Europe SA


Edição em inglês


» Election-meddling follies, 1945-2019

» Volt, the party that undermines EU democracy

» Iran and the US, a tale of two presidents

» Terry Gou, Taiwan's billionaire and political wildcard

» Ecuador's crackdown on abortion is putting women in jail

» Traditions of the future

» Boondoggle, Inc.

» Sisi amends Egypt's constitution to prolong his presidency

» May: the longer view

» The languages of Ukraine


Edição portuguesa


» 20 Anos | 20% desconto

» EUROPA: As CaUsas das Esquerdas

» Edição de Maio de 2019

» Os professores no muro europeu

» Chernobil mediático

» Edição de Abril de 2019

» A nossa informação, as vossas escolhas

» O cordão sanitário

» O caso do Novo Banco: nacionalizar ou internacionalizar?

» Edição de Março de 2019


EMPRESA-SÍMBOLO

Da torradeira à fibra ótica

Imprimir
Enviar

Ler Comentários
Compartilhe

Nos tempos dourados, a GE ajudou a mudar a vida quotidiana de bilhões de pessoas

(10/11/2006)

A General Electric esteve na origem de inúmeras invenções, em múltiplos terrenos:

Som: a radiodifusão, em 1906, o primeiro posto de TV, em 1927).

Imagem aplicada à medicina: os primeiros raios X, em 1896, seu melhoramento, em 1913, o scanner tomográfico em 1976, a imagem por ressonância magnética, em 1983, e ultra-som em 2002...),

Eletricidade: a lâmpada. em 1879, o motor elétrico, em 1887, a turbina, em 1901, o laser, em 1962.

Transporte: em 1924, as locomotivas a diesel, depois elétricas.

Equipamento doméstico: o ventilador, em 1902, a torradeira, em 1905, o forno elétrico, em 1915, a geladeira, em 1917, a máquina de lavar, em 1930, o ar condicionado, em 1932, diversos outros aparelhos eletrodomésticos.

Química: resinas, em 1912, várias moléculas plásticas a partir de 1930, em particular o Lexan, que é transparente, em 1953. e o diamante sintético, em 1955.

Aeronáutica: o motor a jato, a partir de 1941, a pilotagem automática, em 1943, a utilização comercial do radar, em 1945.

Eletrônica: os primeiros componentes optoeletrônicos, em 1961, e a fibra ótica, em 1981.




Fórum

Leia os comentários sobre este texto / Comente você também

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Leia mais sobre

» DOSSIÊ EUA
» Papel das corporações transnacionais

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos