Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» A desigualdade brasileira posta à mesa

» Fagulhas de esperança na longa noite bolsonarista

» 1 de setembro de 2020

» O fim do mundo e o indiscreto racismo das elites

» O milagre da multiplicação de bilhões — para os bancos

» Movimento sindical em tempos de tormenta

» 31 de agosto de 2020

» A crucificação de Julian Assange

» Nuestra America: os cinco séculos de solidão

» Ir além do velho mundo: lições da pandemia

Rede Social


Edição francesa


» « Il Manifesto », le prix de l'engagement

» Des treillis sous les blouses blanches

» Hanoï s'étend vers l'ouest

» Contourner et désenclaver Anvers

» « La France gesticule… mais ne dit rien »

» Russie, un territoire à géographie variable

» Démographie et richesse en Russie, les grands déséquilibres

» J'ai assisté à la montée du nazisme

» L'Afghanistan ne croit pas à la paix

» La jeunesse burkinabé bouscule la « Françafrique »


Edição em inglês


» January: the longer view

» Mutual suspicion in Greece's borderlands

» Border tensions

» Disunited States of America

» The British monarchy's smoke and mirrors

» UK Brexiteers' libertarian goal

» Time to reform the Peruvian system

» Russia's attempted return to Africa

» ASEAN's diplomatic triumph

» When Algerians took to the streets


Edição portuguesa


» Edição de Janeiro de 2021

» O presidente, a saúde e o emprego

» Quem será o próximo inimigo?

» Edição de Dezembro de 2020

» A democracia desigual e os neoliberais autoritários

» A amarga vitória democrata

» A segunda morte da Europa

» Ofereça uma assinatura de 6 meses, apenas €18

» Edição de Novembro de 2020

» A máquina infernal


EMPRESA-SÍMBOLO

Da torradeira à fibra ótica

Imprimir
enviar por email

Ler Comentários
Compartilhe

Nos tempos dourados, a GE ajudou a mudar a vida quotidiana de bilhões de pessoas

(10/11/2006)

A General Electric esteve na origem de inúmeras invenções, em múltiplos terrenos:

Som: a radiodifusão, em 1906, o primeiro posto de TV, em 1927).

Imagem aplicada à medicina: os primeiros raios X, em 1896, seu melhoramento, em 1913, o scanner tomográfico em 1976, a imagem por ressonância magnética, em 1983, e ultra-som em 2002...),

Eletricidade: a lâmpada. em 1879, o motor elétrico, em 1887, a turbina, em 1901, o laser, em 1962.

Transporte: em 1924, as locomotivas a diesel, depois elétricas.

Equipamento doméstico: o ventilador, em 1902, a torradeira, em 1905, o forno elétrico, em 1915, a geladeira, em 1917, a máquina de lavar, em 1930, o ar condicionado, em 1932, diversos outros aparelhos eletrodomésticos.

Química: resinas, em 1912, várias moléculas plásticas a partir de 1930, em particular o Lexan, que é transparente, em 1953. e o diamante sintético, em 1955.

Aeronáutica: o motor a jato, a partir de 1941, a pilotagem automática, em 1943, a utilização comercial do radar, em 1945.

Eletrônica: os primeiros componentes optoeletrônicos, em 1961, e a fibra ótica, em 1981.




Fórum

Leia os comentários sobre este texto / Comente você também

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Leia mais sobre

» DOSSIÊ EUA
» Papel das corporações transnacionais

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos