Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


Rede Social


Edição francesa


» L'ENA tentée par la philosophie des affaires

» Éloge du rire sardonique

» L'abstention gagne les classes moyennes

» Qui veut encore financer la presse ?

» L'unité de l'Algérie

» Créatrices et minotaures

» Absence d'enquêtes et bagarres de plateau, les recettes de l'information en continu

» Vive le « risque systémique » !

» Les transformations de l'économie continentale

» Litige frontalier en mer entre Israël et le Liban


Edição em inglês


» April: the longer view

» Africa's oil-rich national parks

» Montenegro's path to independence

» Japan's bureaucrats feel the pain

» Who's who in North Africa

» Being Kabyle in France

» Who wins in Chile's new constitution?

» Senegal's five days of anger

» Threat to Africa's parks

» Montenegro's ragged coalition


Edição portuguesa


» Edição de Abril de 2021

» A liberdade a sério está para lá do liberalismo

» Viva o «risco sistémico!»

» Pandemia, sociedade e SNS: superar o pesadelo, preparar o amanhecer

» A maior mentira do fim do século XX

» Como combater a promoção da irracionalidade?

» A Comuna de Paris nas paredes

» Como Donald Trump e os "media" arruinaram a vida pública

» Edição de Março de 2021

» Acertar nas fracturas


LITERATURA

Palavra 16

Imprimir
enviar por email
Compartilhe

Um país de não-leitores
Em 2002, um quarto da população brasileira com mais de 10 anos de idade tinha menos de quatro anos de estudos completos: 32 milhões de analfabetos funcionais. Estatisticamente, o brasileiro não estuda, e quem não estuda não lê
Aqui

A fantástica fábrica de salsichas
O curso de P. E. também realiza visitas guiadas a editoras. Essa, sim, foi a parte mais empolgante do meu treinamento de agente secreta (com licença, sofro de imaginação galopante): me infiltrar no terreno inimigo e desvendar seu modus operandi
Aqui

Sob a luz de Matisse
“O autêntico criador não é apenas um ser dotado, é um homem que soube ordenar em vista de seus fins todo um feixe de atividades, cujo resultado é a obra de arte.” – Henri Matisse
Aqui

Os cheiros da terra
Que a terra na França exale um perfume rústico e irresistível quando chove sobre ela, admito com prazer. Mas empenho minha palavra como não é igual ao que inspirei nesta manhã em Guarulhos e experimentei tantas vezes, em inúmeros recantos do país
Aqui

Rodrigo Gurgel - (02/02/2008)

Lucas Murtinho abre nossa 16ª edição com um texto incisivo, no qual analisa a questão da leitura no Brasil. Longe dos paliativos até agora apresentados como solução, Murtinho é claro: precisamos de uma revolução educacional. Sem isso, continuaremos um país de não-leitores. Quando a educação será prioridade entre nós?

Mescla de crônica e artigo, o texto de Simone Campos, deliciosamente irônico, é um convite a se refletir sobre o trabalho dos profissionais que atuam na área editorial. A crítica sarcástica de Campos não diverte apenas, mas nos obriga a pensar. Ainda que muitos, certamente, não aceitem vestir a carapuça.

As reflexões de Henri Matisse, reunidas pelo poeta e crítico de arte Dominique Fourcade, são analisadas por Marco Catalão. Como todo grande artista, que une sabedoria à grandeza, Matisse “quis simplesmente extrair do completo conhecimento da tradição o sentimento depurado e independente da” sua “própria individualidade”.

Na crônica desta semana, Diego Viana fala de suas primeiras impressões ao descer do avião em Guarulhos, para um retorno temporário ao Brasil. Entre cheiros que despertam a nostalgia e um incontrolável estranhamento, o autor se reencontra com São Paulo.

Boa leitura – e até o dia 15 de fevereiro, pois, em respeito aos festejos carnavalescos, não publicaremos Palavra na próxima semana.

Rodrigo Gurgel, editor de Palavra



Fórum

Leia os comentários sobre este texto / Comente você também

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Leia mais sobre

» Literatura
» Seção {Palavra}


Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos