Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Economia: o fantasma da crise externa

» Aos pobres, a xepa

» Por que o Brasil precisa de um Estado gastador

» A empregada de Guedes e a cozinheira de Lênin

» Esquerda e governo: ideias e lições históricas (2)

» Evo: Como reconstruir o Socialismo Comunitário

» Educação Pública: E se Bolsonaro destruir o Fundeb?

» Cinema: quando o vazio é combustível à vida

» Boaventura: o desenvelhecimento do mundo

» Coronavírus: por que a ameaça persiste

Rede Social


Edição francesa


» Apolitisme très politique des journaux municipaux

» La force molle de la social-démocratie

» L'enfance, une espèce en danger ?

» Progrès technologique et régression sociale

» La recolonisation du plus pauvre pays de l'hémisphère occidental

» Taïwan, ou l'indépendance dans le brouillard

» Sur les causes de la pauvreté des nations et des hommes dans le monde contemporain

» La criminalité en « col blanc », ou la continuation des affaires…

» Les manœuvres à l'intérieur du parti de M. McGovern diminuent les chances d'un candidat démocrate

» Un réseau élargi et solidaire


Edição em inglês


» US ideologues in the ascendant?

» US ideologues in the ascendant?

» Rojava, a fragmented territory

» Australia's angriest summer

» February: the longer view

» African national parks managed by African Parks

» Genetic medicine makes the world less fair

» From apartheid to philanthropy

» Who is the land for?

» Belarus, the industrious state


Edição portuguesa


» Edição de Fevereiro de 2020

» O que Donald Trump permite…

» As marcas do frio

» Edição de Janeiro de 2020

» Embaraços externos

» De Santiago a Paris, os povos na rua

» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?

» Edição de Dezembro de 2019

» Uma fractura social exposta

» «Uma chacina»


LITERATURA

Palavra 40

Imprimir
enviar por email
Compartilhe

Ficção e ensaio
Em Philip Roth, como em J. M. Coetzee, a arte não redime nem consola
Aqui

Jornada antiépica
Na saga de Serapião Filogônio encontramos ecos de aventureiros arquetípicos, como Odisseu e Enéas
Aqui

Jean Grosjean, dois poemas
Enquanto a paisagem se reduz ao essencial, estes poemas nos falam dos movimentos interiores do “eu”, de suas hesitações
Aqui

Aquém do enigma
Pela terceira vez, teria de construir uma existência nova a partir de uma que já era inteira. Não que rejeitasse o desígnio. A esse ponto, já fervilhava o desejo de demolir noção atrás de noção, invadir uma a uma as camadas da outra vida, superar as definições reduzidas em nome da interminável descoberta
Aqui

Rodrigo Gurgel - (08/08/2008)

Quais os limites entre ficção e ensaio? E quais as semelhanças e diferenças entre Elisabeth Costello e Nathan Zuckerman? As respostas a essas questões – e a várias outras – estão no artigo de Gregório Dantas, no qual ele compara os universos de Philip Roth e J. M. Coetzee.

Antonio Carlos Olivieri analisa o romance O quase fim de Serapião Filogônio, de Jonas Rosa. “Jornada antiépica de um anti-herói”, Serapião é macunaímico e, também, herdeiro daqueles mortais que sempre caminharam equilibrando-se entre a amizade e o ciúme dos deuses. Que veredas ele será capaz de trilhar?

Pablo Simpson traduz dois poemas de Jean Grosjean – pequenas, delicadas, perturbadoras plantas venenosas, de sedutor perfume, capazes de nos acordar para as horas que passam lentamente, sem jamais nos oferecer um veredicto.

Em sua crônica quinzenal, Diego Viena retoma um dos temas mais caros à literatura: o da mulher que passa, que flana, “entornando a poesia” (como na música de Chico Buarque) ou, como no soneto de Baudelaire, concedendo la douceur qui fascine et le plaisir qui tue (a doçura que encanta e o prazer que assassina).

Boa leitura e até a próxima semana.

Rodrigo Gurgel, editor de Palavra.



Fórum

Leia os comentários sobre este texto / Comente você também

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel
Mais textos