Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Para virar os bancos de cabeça para cima

» E se o Haiti se levantar de novo?

» O trabalho do tempo

» Previdência: os porquês da nova guerra

» Medo, angústia e solidão no marketing via Google

» Eles decidem se você é terrorista

» A ditadura financeira e as metrópoles cercadas

» Notas sobre o fascismo

» Há mineração possível?

» Revolução tecnológica num mundo regredido?

Rede Social


Edição francesa


» Le cinéma français, otage de la télévision

» Sciences-Po, laminoir des élites françaises

» Démocratie participative à Porto Alegre

» Lettre aux « majors » d'Hollywood… et à leurs zélateurs français

» Grandes manœuvres pétrolières dans le Caucase

» Faire de la vie une permanente éducation

» Pour une mise en mémoire de la modernité

» Fin du populisme en Algérie

» En Iran, la force mobilisatrice d'une spiritualité

» L'offensive contre la révolution islamique en Iran


Edição em inglês


» A long war of attrition

» Doomsday redux

» Forty years on, is it make or break for the Islamic Republic?

» Laurent Bonelli on the yellow vests' challenge to the elite

» Russia boosts its presence in the Black Sea

» Netflix and the streaming wars

» Tanzania's port out of Africa

» How China joined Tanzania and Zambia

» Tanzania revives rail

» Russia extends Black Sea control


Edição portuguesa


» Edição de Fevereiro e 2019

» As propinas reproduzem as desigualdades

» Luta de classes em França

» Das propinas ao financiamento do Ensino Superior

» Na Venezuela, a lógica do pior

» Vale a pena (re)ler John Kenneth Galbraith?

» Edição de Janeiro de 2019

» Os irmãos escolhem-se

» Quando tudo vem ao de cima

» Para sair do impasse na Venezuela


Ladislau Dowbor

Economista político graduado na Universidade de Lausanne, Suiça; Doutor em Ciências Econômicas pela Escola Central de Planejamento e Estatística de Varsóvia, Polônia (1976). Atualmente, é professor titular da pós-graduação da PUC-SP e presta consultoria para agências da ONU, governos e instituições.


Seus artigos nesse site:

A crise financeira sem mistérios

Para apresentar os principais encadeamentos da crise financeira é preciso partir dos mecanismos que a desencadearam; a deterioração dos mecanismos e das instituições de regulação e o papel chave que os Estados Unidos desempenham. Na avaliação dos impactos, quem deverá em última instância pagar pela bancarrota do cassino?

29 de janeiro de 2009

Em defesa dos Territórios da Cidadania

Política que favorece os pobres sempre renderá votos, pois os pobres são pobres, mas não burros. E são muitos, efeito indiscutível de séculos de políticas de direita. Ao tentar bloquear um programa que abre portas para um processo modernizador inclusivo, a oposição a Lula dá um tiro no pé

18 de março de 2008

Para compreender a força de Lula

Está na PNAD a explicação para a popularidade do presidente, que intriga mídia, direita e parte da esquerda. País tornou-se menos desigual, em múltiplos sentidos. Chamar os avanços alcançados de "assistencialismo" não ajuda a entender a realidade, nem a reivindicar mudanças mais profundas

8 de novembro de 2007

O paradigma da colaboração

O padrão de produção e consumo típico do capitalismo, e hegemônico há séculos, está em crise. Em seu lugar, emergem relações sociais mais sustentáveis, democráticas e... prazerosas

2 de outubro de 2007

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» A “América profunda” está de volta
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Finanças: sem luz no fim do túnel
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» O planeta reage aos desertos verdes
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos