Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» 4 de agosto de 2020

» Eletrobrás, privatização humilhante

» Chile: a rebeldia retomada e o sistema em xeque

» Rusgas no casamento entre Bolsonaro e Guedes

» Cinema: Minimalismo vazio ou superação do consumismo?

» 3 de agosto de 2020

» Enfim, o direito humano a imprimir dinheiro

» Despotismo algorítmico, outra faceta da exploração

» Por que a pandemia afasta mulheres da ciência

» 31 de julho de 2020

Rede Social


Edição francesa


» Algérie : Les réformes de 1947 et l'intégration

» « The Economist », le journal le plus influent du monde

» L'avènement du tourisme de masse... Près de chez soi

» Babel jeune et innocente

» Des usages de Bach

» Rendez-vous avec Frantz Fanon

» Dans la jungle de Bornéo, des visiteurs en quête d'authenticité

» « Il nous faut tenir et dominer Athènes »

» Égalité, identités et justice sociale

» D'autres pistes pour la santé publique


Edição em inglês


» August: the longer view

» Hagia Sophia in Turkey's culture wars

» Pilgrimage routes

» Bolivia's shrinking glaciers

» It's the healthcare system, stupid

» The Twenty Years' war

» Government by the worst

» The eternal Johann Sebastian

» Wake up! I have things to say!

» Newspapers without borders


Edição portuguesa


» Edição de Agosto de 2020

» Prisioneiros do paradigma

» A guerra dos vinte anos?

» Offshores: paraíso para alguns, inferno para todos

» Edição de Julho de 2020

» Metáforas bélicas

» Alguém disse «sistémico»?

» Dois ou três lugares a preencher – a propósito de José Saramago

» A Jangada de Saramago

» Um homem chamado Saramago


Roland-Pierre Paringaux

Jornalista.


Seus artigos nesse site:

Em nome do patrimônio mundial

A Organização das Nações Unidas para as Ciências, a Educação e a Cultura (Unesco) lança este mês uma campanha para a salvaguarda e proteção do patrimônio mundial. A lista de lugares e monumentos considerados “em perigo”, não cessa de crescer

1º de outubro de 2002

Abundância desastrosa

A euforia da “melhor safra dos últimos vinte anos” transformou-se num pesadelo: o mercado oferece aos lavradores um preço que corresponde a um terço do custo de produção. E assim, a Índia consolida seu trágico lugar entre os recordistas da miséria absoluta

1º de setembro de 2002

Golpe contra segurança alimentar indiana

A “lei do mercado” – abertura ao comércio internacional, o fim dos subsídios e liberação das tarifas alfandegárias –, imposta pela OMC em seu acordo com o governo indiano, está levando ao desespero e à miséria absoluta camponeses e lavradores pobres

1º de setembro de 2002

Aldeões sem história

Há muitos anos que os defensores dos direitos humanos não param de denunciar as violações de direitos e a impunidade que as acoberta. Recentemente, três dramas, reveladores desse estado de coisas, mobilizaram a opinião pública

1º de janeiro de 2002

Um território “contestado”

A Índia e o Paquistão reivindicam a soberania sobre a totalidade do território da Caxemira. O Paquistão declara que a maioria muçulmana lhe é favorável e pede a aplicação das resoluções da ONU, em particular aquela referente a um plebiscito

1º de janeiro de 2002

A fase afegã da guerra esquecida

A crise afegã chamou a atenção para um outro conflito, o da Caxemira, que opõe a Índia e o Paquistão por intermédio de combatentes muçulmanos. Se para Nova Déli são “terroristas”, para Islamabad, são “combatentes da liberdade”

1º de janeiro de 2002

Caçadores de dotes mortais

O dote, que encontra seu fundamento na tradição hinduísta, originalmente visava a indenizar por meio de uma doação as moças que não herdassem um imóvel. Com o tempo, sofreu uma derivação que incentiva a chantagem e os crimes da pior espécie

1º de maio de 2001

Tochas ardentes

"São recebidas, aqui, mais de 1.800 mulheres queimadas por ano", declara o professor Gurumurthy, que atende na sala de operação. Muitas delas chegam em macas, em farrapos ou em carne viva. Contorcendo-se em dores silenciosas ou gritantes

1º de maio de 2001

Em nome da honra...

O Paquistão islâmico possui uma característica bem específica de violência criminosa praticada contra as mulheres: o "crime de honra". A expressão evoca outras sociedades que aceitam esse tipo de crime, como em casos de adultério ou de vingança

1º de maio de 2001

Processo arquivado

Após ter lavado sua honra com o sangue de sua filha, o pai de Samia Sarwar organizou uma campanha contra as advogadas que ousaram defendê-la. Fez questão de processá-las, acusando-as de verdadeiras responsáveis pela morte de sua filha...

1º de maio de 2001

Um pacto global

Trata-se de uma iniciativa, da ONU, que leva em conta a dificuldade de algumas economias frente às forças do mercado, os limites da globalização em matéria de progressão social e o avanço da oposição a essa mesma globalização

24 de dezembro de 2000

Business e direitos humanos

A "batalha de Seattle" é um bom exemplo: as empresas transnacionais operam sob o olhar crítico dos cidadãos. O respeito pelos direitos humanos é visto como parte integrante da responsabilidade delas, da mesma forma que o respeito à cultura e ao meio ambiente

24 de dezembro de 2000

O bom exemplo do Senegal

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as mutilações genitais afetam cerca de 130 milhões de mulheres em vinte e oito países. Uma das raras luzes de esperança vem desta nação africana, graças ao exemplo de um punhado de camponesas

12 de junho de 2000

O duro caminhoda independência

Foram 25 anos de feroz repressão. Resultado: toda uma geração dizimada, uma outra assimilada pelos indonésios na lei ou na marra e o país mantido no subdesenvolvimento e no analfabetismo

12 de maio de 2000

À sombra de um tribunal internacional

A diretora do departamento de Direitos Humanos teme que "mais uma vez sejam os executantes a serem julgados, e não os mandantes desses crimes". Ou seja, que a justiça se interesse mais pelos milicianos timorenses que pelos generais indonésios

12 de maio de 2000

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» A “América profunda” está de volta
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Finanças: sem luz no fim do túnel
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» O planeta reage aos desertos verdes
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos