Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» No Equador, a insurreição tem rosto indígena

» A instigante experiência da “comuna” originária

» Alcântara, acordo indigno

» Marxismo cultural, hora de um resgate

» Conheci Santa Dulce dos Pobres

» Finanças: antes da tempestade, o mormaço

» O amargo sabor da fruticultura brasileira

» O Mugica que era padre

» O flerte do “lugar de fala” com a brutalidade israelense

» Equador: os componentes da rebeldia andina

Rede Social


Edição francesa


» Gauche latino-américaine, version Uruguay

» Fascisme, islam et grossiers amalgames

» Intellectuels est-allemands sur la sellette

» Le malheur kurde

» La Turquie dans le grand jeu

» Fiasco américain au Proche-Orient

» Le paradis sur terre des intellos précaires

» Ces territoires méconnus de l'économie sociale et solidaire

» Ces visages multiples de l'islamisme

» La santé, malade de l'argent


Edição em inglês


» October: the longer view

» Socialism resurgent?

» Power to decide who's guilty

» East Germany's loyal returnees

» Ankara realpolitik

» South Africa's lands must be shared

» Turkey's rival Islamists

» Argentina's unlikely presidential duo

» Reversing the polarities

» Value chains: who takes the profits?


Edição portuguesa


» Edição de Outubro de 2019

» Estabilidade para quem?

» Washington contra Pequim

» Edição de Setembro de 2019

» Portugal não pode parar?

» Quem elegeu Ursula von der Leyen?

» Edição de Agosto de 2019

» Plural e vinculado à esquerda

» Os talibãs de São Francisco

» Edição de Julho de 2019


Comentários sobre esse texto:

Tempo de viver, tempo de morrer

Pela opção de morrer com dignidade a todos os q queiram uma morte digna. Aos religiosos q fizeram a opção pela agonia e pelo sofrimento, a eles e aos familiares a agonia e o sofrimento.

Para os fundamentalistas uma pergunta: se
deus é um deus de bondade e de justiça, e se abomina e condena todo o sofrimento,por
que não pensam por ex q foi por inspiração divina que a ciencia progrediu
tornando a morte sem sofrimento algo possível?


egle e siquera
2006-12-05 20:55:09

Livre-arbítrio

Eutanásia sempre será um tema polêmico, impossível chegarmos a um denominador comum. Acredito em Deus e acima de tudo no livre-arbítrio do ser humano. Portanto, acredito que uma maneira de tratar o tema seria algo semelhante ao caso da doação de órgãos, em que o paciente, em vida, faz a opção. Por que não, a existÊnca de um documento no qual o indivíduo deixe claro que deseja o fim da vida, nos casos em que a medicina já não é suficiente para trazer de volta a saúde plena??????????????


Site: Direito de morrer

2006-11-30 03:00:28

Tempo de viver, tempo de morrer

Viver é um direito ou um dever?
Responda a esta pergunta, e sua decisão ,qualquer que seja , estará isenta de culpa e moralmente aceita.


edson
2006-11-30 02:35:26

Tempo de viver, tempo de morrer

Extremamente preocupante observar quanto falta de reflexão e empatia com os familiares. Fácil é repetir o que os dogmas religiosos impõem, sem qualquer crítica e avaliação isenta.
Fala-se em qualidade de vida a qualquer preço. E a qualidade da morte?
É preciso ampliar os pensamentos, abrir a mente para outros pontos de vistas, que não sejam apenas religiosos. Religião é ideologia. É como torcida de futebol, não abre mão de convicções, mesmo que duvidosas. E, no entanto, as religiões mataram em nome de Deus na história e atualmente, se guerreia em nome d’Ele. Outras entre tantas hipocrisias.....



2006-11-30 01:47:00

Tempo de viver, tempo de morrer

Extremamente preocupante observar quanto falta de reflexão e empatia com os familiares. Fácil é repetir o que os dogmas religiosos impõem, sem qualquer crítica e avaliação isenta.
Fala-se em qualidade de vida a qualquer preço. E a qualidade da morte?
É preciso ampliar os pensamentos, abrir a mente para outros pontos de vistas, que não sejam apenas religiosos. Religião é ideologia. É como torcida de futebol, não abre mão de convicções, mesmo que”
duvidosas.
E, no entanto, as religiões mataram em nome de Deus pela história e atualmente, ainda se guerreia e mata em nome d’Ele. Entre outras tantas hipocrisias.....



2006-11-30 01:46:15

Tempo de viver, tempo de morrer

me desculpem aqueles que são contras, mas continuo a defender a ideia que realmente não somos donos de nossa vida. è isto mesmo!! somente o senhor deus pode dizer ao certo quando iremos em definitivo. quanto ao sofrimento humano ?? horas... sofremos todos os dias. com dores normais, ou fadiga, estress, estafa, sindrome de panico ( quem já sofreu sabe que é terrivel!!! e tem de sofrer sozinho, ninguém sofrerá por vc. se nosso carma é padecer em um leito, quem lhe garante que isto não servirá de purificação para uma etapa final ?? por fim ... POR QUE A PRESSA ?? SE AO MORRER VAMOS DESCANSAR ETERNAMENTE, NÃO PRECISA ACELERAR O PROCESSO, NÃO É ?? QUEM ESTÁ NO COMA ?? SE ESTÁ EM COMA , ENTÃO NÃO SENTE NADA !! AMIGOS ... O MUNDO SEMPRE FOI ASSIM , POR QUE TEMOS DE MUDAR SEUS VALORE ?? PELA VIDA SEMPRE . ONTEM, HOJE E AMANHÃ.
EDUARDO
POUSO ALEGRE- MINAS GERAIS


EDUARDO
2006-11-30 01:23:38

Tempo de viver, tempo de morrer

A morte é inevitável. o sofrimento não !


marcos
2006-11-30 00:23:15

Tempo de viver, tempo de morrer

O tema é realmente muito polêmico. Lendo os demais comentários é que se vê a dificuldade de cada um em tomar uma decisão a respeito da sobrevida. No entanto, estou lendo o livro "Memórias de um suicida", livro espírita muito conhecido, e fico pensando no redemoinho de dúvidas que o assunto faz. Cada caso é um caso, mas vegetativo é o cúmulo do sofrimento para a família. O paciente já está morto para esse mundo. E, quem tem o direito de vir buscá-lo para o outro mundo não vem, o que fazer? Agora, se na França, primeiro mundo, a coisa está assim, imaginem como estão os hospitais brasileiros! Afastem de mim esse cálice!


Armando
2006-11-30 00:22:50

Tempo de viver, tempo de morrer

Ter o direito a morte é algo fundamental para nossas vidas. Defender ele não é ser contra a vida, mas ser a favor dela. A morte não é algo estranho a vida, mas faz parte dela. Defender a morte em certos casos, onde o sofrimento e a experiência passada são cruéis preserva a vida de se transformar numa experiência ruim, e continuar sendo gostosa como ela é.


Rafael
2006-11-29 23:57:37

Tempo de viver, tempo de morrer

Afinal um texto lúcido e despido de preconceitos irracionais. Parabéns ao Le Monde Diplomatique.


Miguel Bonifácio
2006-11-29 23:51:47

Tempo de viver, tempo de morrer

Infelizmente a Igreja Catolica, se coloca contra um Controle de Natalidade em nosso Pais, que a medio prazo poderia resolver em muito, os nossos atuais problemas de falta de educação, saude e emprego para todos, sem contar os crimes e a violência.
E se coloca contra todas as formas de atenuar o sofrimento de quem não quer mais viver, por infinitas razões, ja comentadas neste artigo.
Portanto na concepção da Igreja, devemos entregar a solução de todos os nossos problemas para Deus e ficar sentados esperando que tudo seja guiado por esses Dogmas.
Acho que as pessoas que não são catolicos devem ter o mesmos direitos de decidir sobre suas vidas, sofrimentos e morte independentes de sua opções religiosas ou filosoficas.


Pedro Brasileiro
2006-11-29 22:30:08

Tempo de viver, tempo de morrer

É difícil para quem não assistiu a episódios dolorosos e horrorosos de um paciente amado, aceitar que é possível pedir a um médico que elimine aquele sofrimento desnecessário, quando o próprio doente em vida, exigia da família não permitir seu sofrimento diante da morte premente.
Temos de ser realistas e aceitar que a morte é o nosso fim, inevitável. Morrer deveria ser como nascer: tranqüila, sem traumas, humanizada.
Considero de extremo egoísmo dos familiares, manterem uma vida se esvaindo com muito sofrimento e apegarem-se a todo custo àquele corpo já "morto" clinicamente. Amor ao doente não é apego.
Amar é permitir que a partida do ente querido se dê de forma natural ou, em último caso, artificial, mas dignamente sem agonia, sem martírio.
Qualquer coisa diferente disto é indiferença à dor do paciente, falta de generosidade e extrema crueldade.


Ângela
2006-11-29 22:00:30

Tempo de viver, tempo de morrer

Tão bom é nascer como morrer!
Somos livres ? Somos dignos ?
Defendo o direito de morrer , quando a vida não der mais dignidade !
Dê ao ato o nome que quiser ; Eutañásia , ortanásia , suicídio ...
Quem alega que interesses patrimoniais podem estar atrás , coloca a vida , no mesmo patamar , e , pela coisa enclausura a dignidade num sofrimento sem volta.
Como aprendemos a viver devemos aprender a dismitificar a morte , a enxergar a morte como natural , como parte da vida.
Só morre quem está vivo...
Pemo respeito , pela dignidade , pela caridade , seja benvinda a morte!
Le haim !


Carmen
2006-11-29 21:59:02

Tempo de viver, tempo de morrer

vivemos com a dignidade possível, mas que possamos morrer com a dignidade que merecemos. Não há morte boa ou ruim mas apenas o comprimento de mais uma etapa Sendo assim que ela ocorra no momento certo, sem prorrogações ou antecipações. Na verdade tudo é muito simples : a natureza se encarrega da nossa morte.


isidoro
2006-11-29 21:58:55

Tempo de viver, tempo de morrer

O ser humano é miserável e hipócrita. Hipócritas, também são as religiões, especialmente uma, que prega o amor a um deus vingativo e colérico.
Só quem nunca teve um parente ou amigo, em estado vegetativo e sem volta; se esvaindo em lenta e dolorosa agonia, como num câncer de fígado, pode omitir opinião tão descabida e desumana. A eutanásia seria um favor que alguém faria a um enfermo grave.


andré
2006-11-29 21:28:59

Tempo de viver, tempo de morrer

Fico pensando se a medicina não tivesse evoluído essas pessoas como a descrita acima, com tubos para respirar, para comer, para urinar e defecar, estariam vivas. Então me pergunto até que ponto são os médicos que brincam de ser Deus em manter essas pessoas vbivas, e se o real Deus lá de cima já não os chamou faz tempo...



2006-11-29 21:15:56

Tempo de viver, tempo de morrer

É óbvio que ninguém na face da terra quer ver ou sentir tão grande sofrimento.Mas, é incrível como neste mundo ninguém mais quer saber das leis de Deus, do amor de Deus, de conseguir as graças necessárias orando a Deus. Qualquer sofrimento aqui na terra é infimo diante de um sofrimento na eternidade. Felizmente conheço muitos casos de graças alcançadas com muita oração, pra que pessoas fossem para seu descanso eterno. Mas, em nossos tempos modernos o homem quer ser seu próprio Deus, donos da vida e da morte. Ninguém para para pensar que são pensamentos como estes que levaram o mundo ao estado de desumanidade em que se encontra.
Meu nome é Cida, sou católica praticante, e já estou bem acostumada com todas as agressões contra a Igreja. A igreja vai passar, mas, as palavras de Deus e de Jesus, jamais passarão, incomode quem quiser. Mais valem os sofrimentos da terra, do que um só dia na eternidade distante da Graça de Deus.



2006-11-29 20:54:05

Tempo de viver, tempo de morrer

Meu nome é Jefferson - Sou Cristão, Protestante/Calvinista. Moro no Rio de Janeiro - Br. Desejo expressar meu sentimento integral à vida.
Percebo que o Homem, evoluiu...
desenvolveu-se muito bem, na medicina e em outras ciencias tambem (isso é bom!), tem aplicado todo esse "saber" em prol da vida. Mas paralelo a isso tudo, corre um forte comercio, vendendo a saúde em alto preço. Tem um texto Bíblico no livro de Eclesiastes 1, que diz: "v16 Falei comigo mesmo, dizendo: Eis que eu me engrandeci, e sobrepujei em sabedoria a todos os que houve antes de mim em Jerusalém; na verdade, tenho tido larga experiência da sabedoria e do conhecimento.
v17 E apliquei o coração a conhecer a sabedoria e a conhecer os desvarios e as loucuras; e vim a saber que também isso era desejo vão.
v18 Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta o conhecimento aumenta a tristeza".
Podemos continuar discutindo, mas convido-os a pensar e meditar mais sobre nossos conhecimentos...



2006-11-29 20:30:00

Tempo de viver, tempo de morrer

A vida é o maior tesouro do Universo.

Cada um de nós tem o seu "carma" ou destino para a maioria das pessoas.

Pedir pela morte ou querer abreviar a vida de alguém por causa do sofrimento da doença é irracional.

Estamos aqui para cumprir nossa missão e transformar nosso "carma" - para aqueles que acreditam, como eu, em outras existências.

Tive essa experiência com meu marido, que em um ano morreu de câncer.

Como deveria orar, já que sou budista, para tirá-lo daquele sofrimento?

Se aquele era seu carma - e lógico, meu também, orei muito por sua felicidade.

Mais um dia de vida iria ajudá-lo a erradicar esse sofrimento para a próxima existência.

O problema é que as pessoas não querem ter trabalho de ir ao hospital ou de cuidar de seus doentes.

A vida é para ser vivida até o último suspiro, mesmo que para isso seu final seja doloroso e dolorido.


morena
2006-11-29 20:01:25

Tempo de viver, tempo de morrer

Não pedimos para nascer mas temos que pedir para morrer!!!



2006-11-29 19:53:27

Tempo de viver, tempo de morrer

Meu pai canvaleceu e fez convalecer em coma vegetativo durante 4 meses entre nossa casa e o hospital.
Escaras enormes, traqueostomia, gás oxigênio em tubos, alimentação por sonda, muitos faixas pretas para evitar convulsões, fralda, sonda na uretra, aspirações pulmonares para retirar o catarro o qual o corpo não absorvia mais. Rodízios de 3 turnos. Estava aprodecendo em vida. Aquela alma sã, presa dentro daquele envólucro que não funcionava mais e não iria mais funcionar, após longo tempo sem oxigenação cerebral. Fedia... os medicamentos, com o corpo inerte não faziam mais efeito.
Dei um jeito para findar aquele sofrimento e de todos.
Após seu descanço e o nosso, minha avó, 86 anos, já me pediu inúmeras vezes que pelo amor de Deus, eu não permita que os médicos façam aquilo com ela e a deixem simplesmente morrer em paz.
Já pensei em fazer com que ela escrevesse uma carta, mas a polêmica é grande. E sei que se acontecer com ela tb, terei de agir novamente.
Só quem passa ou passou por uma situação parecida sabe do que eu falo.
Contra a sobrevida.



2006-11-29 17:49:50

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.