Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» 24 de setembro de 2021

» Dissidência jovem no coração do sistema

» Ainda não acabou: o mal-estar na pandemia

» Para entender as três crises do Haiti

» Uma cineasta à altura dos desafios de nosso tempo

» 23 de setembro de 2021

» Evergrande: falência e oportunidade na China

» Tecnologia e política para reconstruir mundo em ruínas

» Cinema: Aranha e nossas raízes fascistas

» 22 de setembro de 2021

Rede Social


Edição francesa


» Émergence de l'Asie sur la scène scientifique

» Singapour, Malaisie, Indonésie : triangle de croissance ou triangle des inégalités ?

» Les rêves déçus et la colère rentrée des harkis

» Conflits d'usages en mer Baltique

» Autocritiques cathodiques en Chine

» L'Australie séduite par la Chine

» Que faisons-nous en Irak ?

» De la mer en partage au partage de la mer

» La Russie à la conquête du Grand Nord

» Batailles pour le partage de la mer de Chine


Edição em inglês


» China's post-communist Communist Party

» The Manet effect

» The race to be German chancellor

» September: the longer view

» Meandering through Paraguay

» Don't expect tech giants to build back better

» Long hot nights on the Paraguay river

» Can Pedro Castillo unite Peru?

» Tensions mount over Yemen's contested islands

» Hungary's Fidesz builds a parallel state


Edição portuguesa


» O mundo em mutação e o Estado - em crise?

» Edição de Setembro de 2021

» Transformação e resiliência

» O caminho de Cabul

» Edição de Agosto de 2021

» Ditadura digital

» Desigualdades digitais

» O direito à alimentação no mundo continua por cumprir

» Filho da Preguiça

» Boca de Cena


Comentários sobre esse texto:

ISRAEL É UM PAÍS NAZISTA?

A maldade humana

Um dos momentos mais sombrios da historia aconteceu durante o governo nazista, milhões de pessoas principalmente Judeus foram privados de sua cidadania, sua dignidade, seus bens, sua liberdade, e finalmente de suas vidas.
O nacionalismo extremo à serviço da crueldade invadiu, roubou, segregou e matou em nome de uma raça; mas felizmente a loucura do regime nazista foi vencida.
Surpreendentemente o povo que foi alvo do nazismo hoje em dia utiliza os mesmos metodos. Em nome de um nacionalimo louco, e de um punhado de terra, o estado judeu invade, rouba, segrega e mata o povo palestino.
Gaza é um gueto, o povo é cercado, humilhado, segregado e morto. Aqueles que revidam com pedras são confrontados com os mais modernos fuzis, tanque de guerra esmagam jovens com paus e pedras; fogos de artifícios e foguetes caseiros recebem o revide dos mais avançados aviões de combate.
o massacre moral do povo palestino encontra paralelo apenas nos regime nazista, lamentavelmente o povo que foi vítima hoje é o algoz. Até quando?


MARCO
2008-01-23 19:36:02

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.