Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» 4 de agosto de 2020

» Eletrobrás, privatização humilhante

» Chile: a rebeldia retomada e o sistema em xeque

» Rusgas no casamento entre Bolsonaro e Guedes

» Cinema: Minimalismo vazio ou superação do consumismo?

» 3 de agosto de 2020

» Enfim, o direito humano a imprimir dinheiro

» Despotismo algorítmico, outra faceta da exploração

» Por que a pandemia afasta mulheres da ciência

» 31 de julho de 2020

Rede Social


Edição francesa


» Algérie : Les réformes de 1947 et l'intégration

» « The Economist », le journal le plus influent du monde

» L'avènement du tourisme de masse... Près de chez soi

» Babel jeune et innocente

» Des usages de Bach

» Rendez-vous avec Frantz Fanon

» Dans la jungle de Bornéo, des visiteurs en quête d'authenticité

» « Il nous faut tenir et dominer Athènes »

» Égalité, identités et justice sociale

» D'autres pistes pour la santé publique


Edição em inglês


» August: the longer view

» Hagia Sophia in Turkey's culture wars

» Pilgrimage routes

» Bolivia's shrinking glaciers

» It's the healthcare system, stupid

» The Twenty Years' war

» Government by the worst

» The eternal Johann Sebastian

» Wake up! I have things to say!

» Newspapers without borders


Edição portuguesa


» Edição de Agosto de 2020

» Prisioneiros do paradigma

» A guerra dos vinte anos?

» Offshores: paraíso para alguns, inferno para todos

» Edição de Julho de 2020

» Metáforas bélicas

» Alguém disse «sistémico»?

» Dois ou três lugares a preencher – a propósito de José Saramago

» A Jangada de Saramago

» Um homem chamado Saramago


Comentários sobre esse texto:

A arte que liberta não pode vir
da mão que escraviza

a ARTE LIBERTA É DA MÃO ESCRAVIZADA
NUM SEGUNDO DEMOCRATA ELA ANDA.
MAS HÁ UM EQUIVOCO
a TENTENDÊNCIA HUMANA DE ABRAÇAR UM DETALHE E SE ESQUECER DOS OUTROS MILHÕES NEUZA LADIRA


LILIA
2008-03-12 05:42:55

A arte que liberta não pode vir
da mão que escraviza

Estou gostando muito dessa iniciativa, pois já não agüentava a glamourização que a midia tem feito da periferia enquanto tergiversa sobre seus problemas.


Jair Pinheiro
2007-11-04 14:55:41

A arte que liberta não pode vir
da mão que escraviza

yo! rapa, essa semana vai dar o que falar, agora a periferia tem voz, chegou nossa vez, há 85 anos atraz nos da periferia nao fomos convidado para aquela semana, dessa vez quem nao vai sao as elites, e isso ai é nois na fita manos falow...God bless you...peace (z.app@hotmail.com)


dils
2007-10-30 17:31:27

A arte que liberta não pode vir
da mão que escraviza

Excelente, já era mais que hora de divulgar a arte e a voz da periferia. Espero que esse seja um movimento contínuo e que a Semana seja o marco histórico de divulgação e introdução da periferia e sua cultura na cultura paulista.

Ana Célia (São Paulo)



2007-10-29 15:34:21

A arte que liberta não pode vir
da mão que escraviza

Ideia mto boa!!!só resta saber se naum sera nada encoberto para não "constranger muito", se será retrado e repassado a musica, o teatro, o cinema, enfim, as manifestaçoes artística no seu nivel de crítica aguçado msm.
Já é um começo!!!vamos nos livrar dessa elite igonorante brasileira!!!
valeu favela!!!


Andre
2007-10-24 13:43:14

A arte que liberta não pode vir
da mão que escraviza

Viva a arte popular, viva a resistência ao domínio do certo pelos errados, viva a fraternidade e o amor praticado pelas periferias no seu dia a dia, feliz o povo que pode rir sem se preocupar se está sendo agradável ou não... viva a poesia de vida e os filmes realidade, nova escola brasileira pra brasileiro e gringo ver e chocar...


Marco do Paraná
2007-10-22 19:52:30

A arte que liberta não pode vir
da mão que escraviza

paralisou-me a força do discurso. sim, a periferia tem fome de justiça. incensado pela classe média o filme tropa de elite parece ter despertado nos órgãos de segurança no rio a certeza de que podem disparar a vontade nas comunidades e creditar a balas perdidas a morte de crianças e velhos.a insanidade paira nas ações policiasi nas comunidades.oxalá esta iniciativa tambem seja criada no rio de janeiro, se já não existe e eu desconheço


dirceu lopes
2007-10-19 22:18:09

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.