Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» 27 de maio de 2022

» Corbyn: Um apelo à ação carregada de utopia

» Dowbor: Em busca de saídas ao inferno da precarização

» Como socorrer o Brasil que tem fome

» Guerra: a questão do critério e a confusão da esquerda

» 26 de maio de 2022

» Colômbia: como esquerda reavivou esperanças

» Getninjas: o perverso leilão digital de trabalho humano

» Cinema: Em Tantas almas, a contracorrente da guerra suja

» 25 de maio de 2022

Rede Social


Edição francesa


» En France et en Europe, ces lois qui créent des clandestins

» Évolution des budgets militaires des pays membres de l'OTAN

» Comment ça marche ? Les structures de fonctionnement de l'OTAN

» L'avancée vers l'est

» Ventes d'armes des États-Unis à leurs partenaires

» Opérations militaires de l'OTAN

» Mario Vargas Llosa, Victor Hugo et « Les Misérables »

» Des médias en tenue camouflée

» Jénine, enquête sur un crime de guerre

» Le monde arabe en ébullition


Edição em inglês


» France's new vocation

» Lawfare in the Mediterranean

» Lebanon: ‘Preserving the past in hope of building the future'

» May: the longer view

» Fragmented territories

» A clash of memories

» Alsace's toxic time bomb

» The poisonous problem of France's nuclear waste

» Can Medellín change its image?

» Venezuela: a ‘country without a state'


Edição portuguesa


» Na morte de MÁRIO MESQUITA (1950-2022)

» Rumos do jornalismo na era da hipérbole

» Transparência e opacidade no jornalismo português

» Morrer em Jenin

» Recortes de Imprensa

» Será a caneta mais poderosa do que a espada?

» A Hipótese Cinema

» Um projecto ecofeminista em Aveiro

» David Bowie em leilão

» Como Pequim absorveu Hong Kong


Comentários sobre esse texto:

Dos reencontros

Construir uma ou muitas casas que duram, reflete o desejo de se prolongar a existencia, contudo, sempre dá uma idéia de finitude, pois toda construção mesmo que grandiosa, chega ao seu final, como também o desfrute dela termina ao término da vida. Porém, a construção da casa onde mora o Espírito, só chega ao final, quando termina a vida, daí por diante, em uma casa construida na rocha, enquanto se vivia,viver-se-á eternamente. . . .
Os materiais para essa construção?.. . Bem. . . você sabe.



2008-01-12 02:25:57

Dos reencontros

REENCONTROS

Reencontrar é uma necessidade permanente, mesmo que seja na frente do espelho, para avaliar o que já se passou e fazer as correções para melhorar o que se vai passar. O homem se preocupa em construir uma casa com todo o conforto necessário, obra para durar cem ou duzentos anos, sendo que a vida, com qualidade, dura apenas uns oitenta anos. Percebe-se a inversão de valores e a necessidade de melhorar a casa da alma, do espírito; o corpo que, sem uma durabilidade satisfatória, fica em segundo plano.

GOSTARIA DE CONSTRUIR MUITAS CASAS EM MINHA VIDA.
E elas não precisariam durar tanto, só uns setenta ou oitenta anos.
Gostaria também de viver muitos anos para desfrutar de todas elas.
Não importaria se elas durassem no máximo uns cem anos,
mas que eu pudesse durar muitos anos para que,
quando elas fossem se acabando, eu construisse outra, e mais outra, e mais outra,
e fosse feliz em cada uma delas sem a preocupação de deixa-las, porém,
gozando do prazer de que elas é que me deixariam. Eider Ribeiro Luz


Site: REENCONTRO
EIDER RIBEIRO LUZ
2007-10-31 14:43:16

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.