Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Edição de 3 de junho de 2020

» Boaventura: as hierarquias que estão em xeque

» Quando a razão cínica toma a Ciência

» Sobre as boiadas que passam

» Uma inovação amazônida: o Geojornalismo

» Edição de 2 de junho de 2020

» O capitalismo ensaia sua distopia espacial

» Ultraliberais buscam sobreviver a seu desastre

» Regina, Jair e a manipulação da espontaneidade

» Não peçam o fim dos levantes, diz Alexandria Ocasio-Cortez

Rede Social


Edição francesa


» Sur le toboggan de la crise européenne

» Bouée pour la Grèce, béquille pour l'euro

» Faust et l'alchimie capitaliste

» Indétrônables fauteurs de crise

» Comment la droite américaine exploitait les émeutes

» Les Républicains peuvent-ils tirer parti des émeutes de Los Angeles ?

» Les États-Unis, une nation née dans la brutalité

» Un débat intellectuel en trompe-l'œil

» Le Texas en armes contre le confinement

» Shaw ou l'engagement ironique


Edição em inglês


» June: the longer view

» Another ‘Europeanisation'

» Miami: flood risk and development

» Texas opens again for business

» US in the spring of the pandemic

» Florida's flooded future

» Oman struggles to stay neutral

» Syria's quiet return

» UK coexists with coronavirus

» Austerity is the killer


Edição portuguesa


» Edição de Maio de 2020

» Defender os trabalhadores

» Todos crianças

» Há um problema com a representação jornalística da violência doméstica

» Chile, o oásis seco

» Edição de Abril de 2020

» O tempo é agora

» Achatar as desigualdades

» O olhar dos artistas

» Assine por 3 meses (€10) ou 6 meses (€18)


Comentários sobre esse texto:

Nu, cru e digerível

Entre Red Harvest e The Long Goodbye, fico com os dois, mas prefiro o último. É o pouco que conheço de Hammett e Chandler. Fica a impressão de que o último desenvolve mais a narrativa ’psicológica’ do detetive, e o primeiro o faz indiretamente, deixando para o leitor. Pelo menos nesses dois livros.


Caco
2008-05-16 15:21:29

De Drácula a Philip Marlowe

Bem,concordo inteiramente quando a autora diz que coisas como Poirot ou mesmo Sherlock Holmes,não passam de mero entretenimento e não tinha nenhum interesse em mexer na ordem social,até porque era uma literatura burguesa para burguês...mas discordo em achar que Chandler supera o mestre Hammett...pois como disse certo escritor"Hammett é insuperável seja no seu tempo seja em qualquer outro..."


americo
2007-12-12 10:14:58

Há tanto por aí

Literatura policial de crime e solução é feita desde sempre em inglês. Mas para o genial brasileiro só existem o genial Rubens Fonseca e seus consagrados amigos jornalistas, e o super absolutamente excelente Garcia-Roza e seu médico-delegado não remunerado pelo Estado.

Com essas ofertas de autores brasileiros não me admira que o povo não goste de literatura.


Douglas
2007-11-30 23:54:11

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.