Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» 24 de junho de 2022

» Varoufakis: por que a inflação voltou

» A reencarnação prismática do Ulisses

» Poderá a técnica salvar o patriarcado?

» 23 de junho de 2022

» Por que direitos humanos não “pegam” nas polícias

» Erveiros e benzedeiras na linha de cura

» Equador: as razões da nova revolta

» Cinema: Corpo livre, corpo cativo

» 22 de junho de 2022

Rede Social


Edição francesa


» Tunisie : le triple déni des cadres déchus

» L'Ukraine se dérobe à l'orbite européenne

» Le Donbass apprend à vivre sans Kiev

» L'État de droit, une notion faussement neutre

» En Guyane, sous les pavés la Bible

» État d'urgence permanent

» De nouvelles routes pour le pétrole et le gaz

» Donald Trump s'épanouit en chef de guerre

» Le camp d'Hagadera au quotidien

» Les réfugiés, une bonne affaire


Edição em inglês


» June: the longer view

» Putting internal displacement on the map

» The Trans-Amazonian Highway

» Bosnia-Herzegovina: three intertwined histories

» Energy interdependence

» Consider the croissant: a history of food fraud

» Brazil's trans-Amazonian highway of fire and mud

» Fate of a Chinese colony

» Bosnia: coexistence without reconciliation

» Sinn Féin extends its reach to Ireland's South


Edição portuguesa


» Mapeamento de uma arte político-social: "Untitled", de Paula Rego

» Assembleia-Geral da Outro Modo

» O problema da riqueza

» «Sangrar a Rússia»

» Vulnerabilidades territoriais: o que se pode aprender com a crise pandémica?

» O paraíso da inovação militarizada

» Mineração em mar profundo: para quê destruir os fundos oceânicos?

» O lado oculto das cimeiras da Terra

» Viagem ao fim da Transamazónica

» A Finlândia e a Suécia rompem com o ideal nórdico


Comentários sobre esse texto:

Tupi or not Tupi?

Em 27/12/07

EM TEMPO:

Os dados sobre o criador do PIB/PNB foi tirado de um outro tópico do "LE MONDE DPLOMATIQUE".
Morani


morani
2007-12-27 13:03:27

Tupi or not Tupi?

Em 27/12/07

Srs. Manoel Neto e Flávio Shirahige:

O comentário associado de Vas.Sas. esá muito bem redigido e fundamentado. Esbarrei apenas no paragrafo em que apontam o PIB per capita no Brasil de US$ 3,6 mil (por ano? Acredito que sim, contra US$ 5,6 mundial.
Ora muito bem: Já em 1932 o "cientista" Simon Kuznets, que desenvolveu o PIB/PNB como parâmetros de medição da riqueza de uma nação, proclamou-o um erro e, portanto, inviável por faltarem em seus contextos diversos itens como: "BIODIVERSIDADE", "TRABALHO NÃO REMUNARADO - CAMELÔS, ETC.", ÁGUA E AR LIMPOS", "TRABALHO INFANTIL", "SERES HUMANOS" E "IDOSOS". Aqui em nosso País os idosos são as maiores vítimas da indiferença de politicas ditas "SOCIAIS", e já éramos para ser um Pais auto suficiente na questão do petróleo. Na Era Getulista, e através do escritor Monteiro Lobato, já se falava "O Petroleo é nosso", numa propaganda profética de um futuro promissor na prospecção do precioso liquido fóssil, mas não existia, ainda, evidências que reforçassem tais entusiasmos. Hoje, temos muito petróleo, mas cadê que os preços caiam? Não adianta "Tupy or not Tupy", como não vale nada o PIB que os senhores apontam; não só os senhores, mas toda uma comunidade de pretensos "estudiosos" do famigerado PIB. Esqueça o governo esse índice capcioso e busque outros meios de medição verdadeira de nossa riqueza, PORQUE ESTAMOS COM "OS PIRES ÀS MÃOS". É só uma balançada na economia mundial pra tudo o que propala o governo Lula ir para o brejo seco, sem a transposição disto ou daquilo, do Tupy or not Tupy.


morani
2007-12-27 12:57:46

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.