Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Por que o Brasil precisa de um Estado gastador

» A empregada de Guedes e a cozinheira de Lênin

» Esquerda e governo: ideias e lições históricas (2)

» Evo: Como reconstruir o Socialismo Comunitário

» Educação Pública: E se Bolsonaro destruir o Fundeb?

» Cinema: quando o vazio é combustível à vida

» Boaventura: o desenvelhecimento do mundo

» Coronavírus: por que a ameaça persiste

» Quem tem medo de Bernie Sanders

» A nova face das corporações modernas (2)

Rede Social


Edição francesa


» L'enfance, une espèce en danger ?

» Progrès technologique et régression sociale

» La recolonisation du plus pauvre pays de l'hémisphère occidental

» Taïwan, ou l'indépendance dans le brouillard

» Sur les causes de la pauvreté des nations et des hommes dans le monde contemporain

» La criminalité en « col blanc », ou la continuation des affaires…

» Les manœuvres à l'intérieur du parti de M. McGovern diminuent les chances d'un candidat démocrate

» Un réseau élargi et solidaire

» Images strictement contrôlées

» La leçon de Cro-Magnon


Edição em inglês


» US ideologues in the ascendant?

» US ideologues in the ascendant?

» Rojava, a fragmented territory

» Australia's angriest summer

» February: the longer view

» African national parks managed by African Parks

» Genetic medicine makes the world less fair

» From apartheid to philanthropy

» Who is the land for?

» Belarus, the industrious state


Edição portuguesa


» Edição de Fevereiro de 2020

» O que Donald Trump permite…

» As marcas do frio

» Edição de Janeiro de 2020

» Embaraços externos

» De Santiago a Paris, os povos na rua

» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?

» Edição de Dezembro de 2019

» Uma fractura social exposta

» «Uma chacina»


Comentários sobre esse texto:

Pela Educação, Pedagogia e Cultura

Mas esse Antonio aí das 11:55:30 falou, desfalou, disse, desdisse, e... voltamos à "dar luz" aos conceitos. Aqueles mesmos, os mesmos, os mesmos...

Já o Manuel Fernando, o Lucas, o Tomaz,, a Vera Lucia e a Maria Alice falaram normalzinho e foram direto ao assunto.
E claro Ana Lima: O sempre brilhante Augusto!


Luiza Assis
2007-12-24 20:19:22

Pela Educação, Pedagogia e Cultura

Há diversos séculos que a Educação degenerou em simples INSTRUÇÃO.
Não é possivel reestruturar a nossa pedagogia sem dar á Educação pelo menos o mesmo valor que a Instrução reclama para si. Relações que existem entre Educação e Instrução:pode haver, Educação com Instrução; Educação SEM Instrução;Instrução SEM Educação;NEM Educação NEM Instrução.A instrução fornece ao homem o CONHECIMENTO e uso dos objetos necessários para sua vida PROFISSIONAL.A Educação desperta e desenvolve no homem os VALORES da natureza humana que existe em cada individuo apenas em forma potencial , embrionária.Manuelde Macedo


Manuel Fernando
2007-12-22 00:42:13

Pela Educação, Pedagogia e Cultura

Permitam-me dizer que discutíveis e forçados são os significados atribuídos aos termos Moral, Educação e Pedagogia, significados que alguns iconoclastas estão tentando impor na cultura e na leitura. Primeiro, a palavra "Moral" é apenas a tradução latina da palavra grega "Ethos", âmbas significando durante os milênios "o estudo do comportamento" para a felicidade (assim colocava as coisas Cícero no livro "Dos Deveres"). Dizer que a Moral é coisa ruim e a Ética é coisa boa é apenas uma prepotência semântica de alguns neo-iluministas anti-religiosos, os quais ligam Moral à Religião (coisa fedorenta) e Ética à Filosofia (coisa gostosona).
Em segundo lugar, a palavra "pedagogia" possui um significado até mais conservador do que "educação". O "paidós-ágon" em Atenas era o "condutor de criança" para a escola, arrastando-o pela mão e pela orelha e conduzindo-o passo a passo pelo caminho que o pedagogo escolhia e impunha na rua em meio a animais e carroças. A palavra "Educare" é muito mais charmosa, platônica, moderna. O latim "educare" vem de "e-ducere" que significa "extrair de, tirar de, fiar de". O professor, como a parteira de Sócrates, não é dono da criança que está no útero da mãe ou da verdade que já está na alma do aluno, mas é apenas um facilitador da saída da verdade do interior do aluno para a vida.


antonio marchionni
2007-12-21 11:55:30

Pela Educação, Pedagogia e Cultura

E num futuro próximo poderemos com orgulho, olhar nos olhos de nossos filhos e independente do que tenha acontecido dizer: Nós resistimos, nós não fomos coniventes !


Site: Dissidência Universitária das Perdizes
Lucas
2007-12-12 17:12:51

Pela Educação, Pedagogia e Cultura

O mais precioso dos bens,e a mercadoria de maior valor comercial; o saber ainda é ,e sempre será tão ou mais bem comentado,quanto neste artigo ,pois dele carecemos todas as horas de nosso viver.
Mas de pessoa que expoem de tal forma as nossas necessidades,destas carecemos muito mais.PARABENS


TOMAZ PÜBUR
2007-12-12 16:06:49

Pela Educação, Pedagogia e Cultura

O sempre brilhante Augusto Boal
Veio para ficar,né?
Um abraço Augusto.


Ana Lima
2007-12-08 15:18:52

Pela Educação, Pedagogia e Cultura

Ontem estive assistindo à uma palestra em que um Professor universitário chamava a atenção para a diferença entre os termos ensino e educação. Ensino fechado, repetitivo e padronizado. Educação, amplo e reflexivo. Agora podemos considerar a pedagogia, “que cria conhecimento novo e projeta o presente para o futuro”. É mais um ponto para analisarmos. Muito bom.


Vera Lúcia Martins
2007-12-07 15:57:27

Pela Educação, Pedagogia e Cultura

Para de pensar em "Educação" é necessário que se tenha conhecimento do seu real significado, especialmente hoje, em que o Brasil vive sob uma série de projetos-políticos educacionais que traduzem infinitas outras possibilidades, e deixam em fúnebre o esencial que realmente é: apreender conhecimentos que condicionem novos saberes.
Parabéns pelo artigo!


Maria Alice Valentim
2007-12-07 11:21:15

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.