Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Caetano Veloso, 80: O avesso do avesso do avesso

» 5 de agosto de 2022

» Revolução sexual, projeto feminista

» O dia em que Caio Prado aportou em Buenos Aires

» Ucrânia: as dores que o Ocidente não vê

» Por que aliar a saúde pública e às lutas ecológicas

» Em busca das origens do declínio ocidental

» 4 de agosto de 2022

» Boxe e escravidão: a história de Tom Molineaux

» Cinema: A arte brasileira sitiada num show de horrores

Rede Social


Edição francesa


» L'Europe en retard d'une guerre industrielle

» La naissance de Dracula

» Un barrage peut en cacher un autre

» Quand le bio dénature le bio

» CFDT, un syndicalisme pour l'ère Macron

» La Palestine, toujours recommencée

» Prêcher la haine au nom du Bouddha

» Petite histoire des grands moments de la science-fiction

» Au Japon, fausse audace économique, vrai nationalisme

» Quand une respectable fondation prend le relais de la CIA


Edição em inglês


» America's ageing nuclear facilities

» Julian Assange, unequal before the law

» Wuhan: the Covid diary

» The high price of becoming a student in Russia

» Why Parisians fear and loathe Saint-Denis

» Kosovo's problematic special status

» Summer in Moldova: will the party have to stop?

» Three little letters the world came to hate: IMF

» Will the FARC accords finally work under Petro?

» A tiny piece of Palestine, not quite forgotten


Edição portuguesa


» Dos lucros dos oligarcas aos vistos dos pobres

» Em defesa da água e do futuro do Algarve

» A escrita delas, África em Portugal (ou Donde sou)

» Vozes femininas e o livre imaginar

» O Comité de Salvamento Privado

» A burguesia francesa recompõe-se em Versalhes

» Que país pode ser independente?

» O fim do desencanto para os ex-guerrilheiros?

» Acarinhar Pinochet, destruir Assange

» Ardósia mágica


Comentários sobre esse texto:

Garage: o mito do homem bom

A inocência quando mal encaminhada torna-se no dia adia um grande empecilho para que haja realização do homem na terra. Infelizmente vivemos num planeta no qual as pessoas que não se adequam ao status quo não interessam àqueles que ficam no comando arbitrário e horrendo. Nosse mundo é um mundo de expiações e provações, ainda não fomos elevados à categoria de regeneração. è por isso que os mais alijados da sociedade são aqules que não vislumbram o enriquecimento financeiro e buscam tão somente a paz espiritual. Um dia ainda seremos felizes!


Geraldo Magela
2009-05-12 02:19:41

Garage: o mito do homem bom

A inocência quando mal encaminhada torna-se no dia adia um grande empecilho para que haja realização do homem na terra. Infelizmente vivemos num planeta no qual as pessoas que não se adequam ao status quo não interessam àqueles que fucam no comando arbitrário e horrendo. Nosse mundo é um mundo de expiações e provações, ainda não fomos elevados à categoria de regeneração. è por isso que os mais alijados da sociedade são aqules que não vislumbram o enriquecimento financeiro e buscam tão somente a paz espiritual. Um dia ainda seremos felizes!


Geraldo Magela
2009-05-12 02:15:14

Garage: o mito do homem bom

Penso tratar-se dos empobrecidos que não têm acesso à cultura material e espiritual da sociedade, pelo fato de serem expropriadas pela classe dominante.
Devido ao fato de as normas e condutas sociais serem construídas por esta classe, os empobrecidos à desconhecerem, ficam sem saber se colocar na sociedade, uma vez que as relações sociais são arbitrárias e perversas.


Luiz Antonio Sypriano
2008-01-22 12:52:47

Garage: o mito do homem bom

Parece ser interessante, é mais ou menos a minha vida! Mas tudo bem, o que importa mesmo é saber, meus caros amigos, onde raios está sendo exibida essa preciosidade!


Anderson Blum
2008-01-17 23:59:54

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.