Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» A desigualdade brasileira posta à mesa

» Fagulhas de esperança na longa noite bolsonarista

» 1 de setembro de 2020

» O fim do mundo e o indiscreto racismo das elites

» O milagre da multiplicação de bilhões — para os bancos

» Movimento sindical em tempos de tormenta

» 31 de agosto de 2020

» A crucificação de Julian Assange

» Nuestra America: os cinco séculos de solidão

» Ir além do velho mundo: lições da pandemia

Rede Social


Edição francesa


» Hummocks, sentinelles de notre planète

» Gaz et litige frontalier

» Diaspora libanaise

» Liban : comparaison régionales

» Communautés religieuses au Liban

» Empereurs des médias, de Springer à Murdoch

» « L'Avenir prisonnier »

» Oran, 5 juillet 1962...

» « Mes voisins sont de drôles de types »

» Eternel retour des bandes de jeunes


Edição em inglês


» Back to the JCPOA?

» China's outlaw armada

» Timidity in New Zealand

» November: the longer view

» The defeats of Golden Dawn

» Border tensions

» China: its rise and rise

» China leads the 5G race

» South Korea's feminists fight back

» The biosecurity myth


Edição portuguesa


» Ofereça uma assinatura de 6 meses, apenas €18

» Edição de Novembro de 2020

» A máquina infernal

» Requisição civil

» Um resultado que ninguém aceitará

» Edição de Outubro de 2020

» Distâncias à mesa do Orçamento

» Falsas independências

» Trabalho na cultura: estatuto intermitente, precariedade permanente?

» RIVERA


Comentários sobre esse texto:

Garage: o mito do homem bom

A inocência quando mal encaminhada torna-se no dia adia um grande empecilho para que haja realização do homem na terra. Infelizmente vivemos num planeta no qual as pessoas que não se adequam ao status quo não interessam àqueles que ficam no comando arbitrário e horrendo. Nosse mundo é um mundo de expiações e provações, ainda não fomos elevados à categoria de regeneração. è por isso que os mais alijados da sociedade são aqules que não vislumbram o enriquecimento financeiro e buscam tão somente a paz espiritual. Um dia ainda seremos felizes!


Geraldo Magela
2009-05-12 02:19:41

Garage: o mito do homem bom

A inocência quando mal encaminhada torna-se no dia adia um grande empecilho para que haja realização do homem na terra. Infelizmente vivemos num planeta no qual as pessoas que não se adequam ao status quo não interessam àqueles que fucam no comando arbitrário e horrendo. Nosse mundo é um mundo de expiações e provações, ainda não fomos elevados à categoria de regeneração. è por isso que os mais alijados da sociedade são aqules que não vislumbram o enriquecimento financeiro e buscam tão somente a paz espiritual. Um dia ainda seremos felizes!


Geraldo Magela
2009-05-12 02:15:14

Garage: o mito do homem bom

Penso tratar-se dos empobrecidos que não têm acesso à cultura material e espiritual da sociedade, pelo fato de serem expropriadas pela classe dominante.
Devido ao fato de as normas e condutas sociais serem construídas por esta classe, os empobrecidos à desconhecerem, ficam sem saber se colocar na sociedade, uma vez que as relações sociais são arbitrárias e perversas.


Luiz Antonio Sypriano
2008-01-22 12:52:47

Garage: o mito do homem bom

Parece ser interessante, é mais ou menos a minha vida! Mas tudo bem, o que importa mesmo é saber, meus caros amigos, onde raios está sendo exibida essa preciosidade!


Anderson Blum
2008-01-17 23:59:54

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.