Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Cinema: Os últimos soldados da Guerra Fria

» A eleição mais árdua de Evo Morales

» Reviravolta no Oriente Médio: os curdos podem resistir

» Atualismo: assim percebemos o tempo no século XXI

» Porto ameaça cartão-postal amazônico

» Banco Mundial, parceiro de maldades de Bolsonaro

» Por que os EUA traíram a guerrilha curda

» Franz Kafka: como sair do labirinto

» Por trás do iPhone, o Estado e os militares

» Equador: bastidores e sentidos da notável vitória

Rede Social


Edição francesa


» Ces dures grèves des ouvriers américains

» 17 octobre 1961 : rendez-vous avec la barbarie

» La gauche dans son ghetto, la droite à la radio

» Les médias américains délaissent le monde

» Fruits et légumes au goût amer

» La Bolivie dans l'étau du néolibéralisme

» La crise suscite de sérieux remous en Irak et relance la guerre froide en Proche-Orient

» Les rivalités entre Washington, Moscou et Pékin

» Gauche latino-américaine, version Uruguay

» Fascisme, islam et grossiers amalgames


Edição em inglês


» Iraq's demographic time bomb

» October: the longer view

» Socialism resurgent?

» Power to decide who's guilty

» East Germany's loyal returnees

» Ankara realpolitik

» South Africa's lands must be shared

» Turkey's rival Islamists

» Argentina's unlikely presidential duo

» Reversing the polarities


Edição portuguesa


» A crise catalã nasceu em Madrid

» Quantas divisões há entre os curdos?

» Edição de Outubro de 2019

» Estabilidade para quem?

» Washington contra Pequim

» Edição de Setembro de 2019

» Portugal não pode parar?

» Quem elegeu Ursula von der Leyen?

» Edição de Agosto de 2019

» Plural e vinculado à esquerda


Comentários sobre esse texto:

Bolívia: o contra-ataque das elites

É engraçado ver como as "elites" são sempre os culpados. Me parece muito cômodo colocar a culpa nos outros por nossos erros. É um erro pensar que a elite é culpada por todas mazelas de um país. Se os índios, ou qualquer minoria, se considera a par de qualquer sistema, estes deveriam se organizar e propor ações que mudem esta ordem. A "elite" é a parte da população que possue capital e conhecimento para alavancar o desenvolvimento de qualquer sociedade. O que os índios farão pelo desenvolvimento da Bolívia? Plantarão milho? Ditadura de esquerda ou de direita são sempre ditaduras. O governo da bolívia acabará na igual a tanto outros (inclusive o do nosso país): vários companheiros ricos (corrupção nas empresas públicas de gás) e a população pobre e sem direitos (sentindo-se traída)- a culpa será é claro das elites. Democracia, desenvolvimento econômico e educação (construtora de consciência)são ferramentas poderosas para buscarmos sociedades mais justas e igualitárias.


Rafael Brandão
2008-02-16 15:08:06

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.