Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Argentina: o que esperar de Fernández e Cristina

» 2019, o ano do Pibinho do Guedes

» Lowy resgata a atualidade de Walter Benjamin

» Como Weintraub devasta e militariza a Educação

» A deriva medieval da Internet

» Duas vidas do neoliberalismo na América Latina

» Graeber narra o declínio da Ciência Econômica

» Boaventura: a História absolverá Evo Morales

» Insurgências e reações na América Latina

» A Revolta Latina, a crise dos EUA e a esquerda

Rede Social


Edição francesa


» Le crépuscule de la raison

» Mystiques violentes et stratégie non violente

» La pêche doit être gérée à l'échelle mondiale

» Le problème juif en Union soviétique

» Le vent s'est levé

» Citoyens, ou... nécessiteux ?

» Une sixième vague

» Retraite à points... de non-retour

» L'offensive libérale contre le monde du travail

» « Donner confiance aux hommes »


Edição em inglês


» UK's austerity election

» December: the longer view

» ‘No one was listening'

» Shattering the conspiracy of silence

» This must be called murder

» Bolivia's coup

» Algeria's massive movement for change

» Islamists make common cause with the Hirak

» Grenfell's untold story

» DUP no longer kingmaker


Edição portuguesa


» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?

» Edição de Dezembro de 2019

» Uma fractura social exposta

» «Uma chacina»

» Assinatura de 6 meses: só 18 €

» Golpe de Estado contra Evo Morales

» Será que a esquerda boliviana produziu os seus coveiros?

» A era dos golpes de Estado discretos

» Pequeno manual de desestabilização na Bolívia

» No Brasil, os segredos de um golpe de Estado judiciário


Comentários sobre esse texto:

Procura-se pão francês

todo mundo quer copiar e isso não é nenhuma novidade rs


Erica Lyanna
2009-01-22 01:31:19

Procura-se pão francês

Cara amapaense,

Para mim, nós, brasileiros, nunca teríamos trocado a influência da cultura francesa, que já foi acentuada por aqui, pela norte-americana. O povo francês é admirável, nem tanto pela sua culinária e a sua moda, que é uma questão de gosto, quanto pela imensa contribuição que foram capazes de dar à cultura política de um modo geral. Mas isso não me obriga a babar deslumbrado por tudo o que eles são e tudo o que fazem. Quando eu tiver uma oportunidade de conhecer a França, não vou desperdiçar, mas para saber coisas de um povo não é preciso transportar-se fisicamente para o seu território. Se fosse assim os marinheiros, os pilotos e os comissários de vôo internacionais seriam as pessoas mais sábias do mundo, e eles são apenas pessoas normais. O seu argumento do risco de expor-se a um resfriado é bem fraquinho, porque para a minha amiga, acostumada com o nosso clima subtropical, as temperaturas de 5 a -2° eram muito mais agressivas à sua fisiologia do que para os nativos, quer dizer, se para ela era viável tomar banho diariamente, para os parisienses é muito mais, além do que, pelo que me consta, os franceses já aprenderam como aquecer água encanada. Com relação a eles venderem pão sem embrulhar, é a sua palavra contra a dela, e eu fico com a dela.

Paulo Roberto
plrbrt@hotmail.com



2008-03-19 01:29:41

Procura-se pão francês

Concordo com a Sandroca ,essa historia de pao frances e pra rir um pouco nada de levar a serio eu amo meu paìs a culinaria brasileira,nossos costumes defendo meu Brasil com unhas e garras aqui na França as vezes encontro pessoas que denigrem mais sao poucas.Mais adimitir que os franceses sao porcos nao posso isso é mentira quando voce tem um temperatura de 5°à-2 imagino que vc nao molha o cabelo de manha o que é normal senao vc pode pegar um resfriado (explicando ao nosso colega que a amiga foi fille au pair redigido la em baixo) e dizer que eles nao respeitam as normas sanitarias tambem nao ao contrario nos nao temos as mesmas normas de higiene e por causa disso tem muito alimento que nao pode entrar aqui.A verdade que nao podemos tachar um pais sem conhece-lo.Assim como digo aos franceses casse pieds que eu encontro por aqui digo a voces meus conterraneos "venham conhecer França" depois critique...


Amapaense mediterranea
2008-03-12 11:12:44

Procura-se pão francês

Bravo Daniel ! Je suis vraiment contente pour toi, longue vie à tes chroniques ...
Comentários de uma francesa no Brasil: sinto muito gente, mas pães bons não se acham com facilidade no Brasil, e que eu saiba, ninguém ainda morreu porque o pão não vinha embrulhado no papel... outra coisa: o pão brasileiro não é o melhor do mundo... mas quando se trata de futebol já não digo mais nada.


sandroca
2008-03-07 13:07:35

Procura-se pão francês

Aqui em Salvador, o pão francês ainda é chamado de "cacetinho" , enquanto o pão do tipo bisnaga, maior, é chamado de "vara".é engraçado ver a reação dos turistas ao se pedir na padaria: "Moça , me dê 8 cacetinhos e duas varas"...Claro que, hoje em dia, o uso das expressões "pão de sal", e "pão francês", já se popularizou,mas há uns 15 anos, era só cacetinho e vara, mesmo...


Baiana
2008-03-07 04:29:02

Procura-se pão francês

pauvre pain français...

mas les croissants son superbes...


Malu...quinha
2008-03-07 04:07:52

Procura-se pão francês

Devo concordar com o Rodney, realmente o atendimento das padarias francêsas não é das melhores.
Mas, aguentemos para conseguir a deliciosa baguete que eles tem. Pelo menos eu gosto bastante!


Katriik
2008-03-07 03:03:06

Procura-se pão francês

Achei o artigo muito engraçado;o pão de sal, como conheço aqui,tive chance de ver na França, de fato é bem diferente;as baguetes tem uma massa mais pesada, mas são gostosas.Mas se não fossem boas, não faria diferença.A variedade de outros pães deliciosos é imensa, eu poucas vezes procurei a baguete, preferi experimentar a cada dia uma das muitas especialidades francesas, só de falar me vem agua na boca...


Susan
2008-03-07 02:48:25

Procura-se pão francês

Não achou o tal pão francês, mas em compensação achou algo muito mais raro, um francês paciente e solícito no atendimento a cliente. Na ficção tudo se pode.


Rodney Viana
2008-03-07 02:44:37

Procura-se pão francês

Pão, para min, é você. Quentinho e macio


Moara
2008-03-07 02:13:31

Procura-se pão francês

A origem desse pão é portuguesa. Já se faz esse pão em Portugal há séculos e foi exportado para outros países, como o Brasil. Aliás, não se entende porque é que no Brasil se chama de francês. Eu acho que o nome já deveria ter mudado. O seu a seu dono. É uma falta de respeito pela cultura gastronómica portuguesa e pela brasileira.


Duarte
2008-03-07 01:42:34

Procura-se pão francês

fui pra Paris 3 vezes e amei as baguetes. Achei um charme ver os franceses entrarem no metro, irem trabalhar levando seu pao (meio baguete) sem enrolar mesmo. O pao, ao contrario do muita gente ta falando eh uma delicia e tem de tudo qto eh tipo e sabor. Um cafe da manha num cafe em Montmatre da um sabor mais que especial a esse pao que eh o verdadeiro ’frances’.



2008-03-07 00:32:08

Procura-se pão francês

Voces também vão pedir "filet a cubana" quando estiveram Cuba, "arroz a grega" quando visitarem Atenas e um sanduiche "americano" quando passarem por Washington ?


Israel Beigler
2008-03-06 23:47:08

Procura-se pão francês

Uma amiga que chegou recentemente de Paris também fez o mesmo relato sobre o gosto ruim dos pães franceses da França. Também me disse que lá os balconistas pegam os pães com as mãos, sem luvas, e é comum não fornecerem embalagens.
Disse que assim como aqui adoramos caviar sem nunca tê-lo experimentado, lá a caipirinha é um fetiche nacional... que eles nunca bebem. E nem poderiam porque praticamente não importam cachaça, além de que por lá é muito difícil encontrar limão que não seja do tipo siciliano, aquele que não tem gosto de nada.
Disse que o prazo de validade dos produtos lá é pouco respeitado e que é comum as boulangerias venderem esses produtos mesmo além do prazo.
E que as frutas importadas que eles consomem, importadas da África, são muito passadas e sem gosto. Um dia, ela e mais três amigas precisaram fazer uma vaquinha pra comprar uma melancia, porque o preço é muito alto.
E que os restaurantes dos árabes, muito numerosos, são muito sujos.
E que a família da casa em que ela trabalhava como baby sitter estranhava muito ela chegar todo dia com a cabeça molhada do banho diário, mas depois de algum tempo as crianças acabaram se acostumando a tomar banho todo dia.
E que os portugueses que vivem lá dizem que quem descobriu o Brasil foi um outro sujeito que não era o Álvares Cabral.


Paulo Roberto
2008-03-06 23:20:35

Procura-se pão francês

Esta leitura me divertiu demais...achei sensacional!


Pat
2008-03-06 23:16:31

Vários pães

Sua apetitosa crônica reportou-me a outra que escrevi:

Pão

Seja feita a vossa vontade, o pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai as nossas ofensas, não nos deixeis cair em tentação...

Desde priscas eras o pão sempre foi o principal alimento do homem. Tão importante que se tornou símbolo e participou da história de muitos povos.
Na Roma dos imperadores era a solução dos problemas quando adicionado ao circo.
Na Galiléia houve o milagre da multiplicação dos pães.
Em Paris vivia uma rainha que era fresca, rica e alienada. O povo estava sofrendo com o inverno, as doenças e o descaso.
- Mas majestade o povo passa fome! Eles não têm pão para comer!
Ao que retrucou altiva e cheia de razão:
- Que comam brioches!

Por isso, em vez de irmos a uma agência de viagens iremos nos deliciar em uma panificadora.
- Por favor vocês tem pão árabe?
- Temos sim. Quantos quer?
- Qual a diferença entre pão sírio e pão árabe além do sotaque?
- Na receita do sírio entram ovos.
- Por obséquio, quero meia dúzia de cada. E também seis pães franceses e um pão italiano.
- Mais alguma coisa senhor?
- Vocês tem pão chinês?
- Como é?
- É uma espécie de pão cozido no vapor que tem a consistência do nhoque...
- Não. Nós não temos.
- Gostaria ainda de um pão americano.
- O senhor prefere com casca ou sem casca?
- Com casca, por favor.
- Que tal levar pães húngaros de sobremesa?
- Vou levar meia dúzia. Obrigado.
- Desculpe a curiosidade, o senhor vai comer o pão que o diabo amassou?
- Não, meu amigo, vou preparar uma ceia com o tema de Nações Unidas.


Site: http://robertoklotz.blogspot.com/
Klotz
2008-03-06 23:07:59

Procura-se pão francês

Muito bom o texto, e melhor ainda o gosto dos pães, na Françada pra se fazer um bom lanche nas boulangeries.


Marcelo Quesado
2008-03-06 22:37:35

Procura-se pão francês

c’est super mignon,j’adore !!! "Bravo pour l’article".E verdade que aqui o pao é diferente, sinto falta daquele paozinho na manteiga.Peça o pao "de campagne" tem mais gosto,se aproxima um pouco do nosso.Meu marido é frances e o nosso pao pra ele é azedo.


Amapaense Mediterranea.
2008-03-06 22:27:14

Procura-se pão francês

O pão desse tipo chamado in italiano de "panino" é o pão francês "brasileiro". Prestem atenção : tudo que é bom para comer a começar da pizza,mussarela,mortadela,linguiça e tudo o que tem de melhor no mundo é italiano!
Não tem jeito : quando pensamos em uma iguaria pensamos na Italia.


arraial
2008-03-06 21:53:29

Procura-se pão francês

Diante do texto, ratifica-se que o pão é universal. A igualdade nem sempre. Viva a Liberdade.
abraços
jamil


jamil
2008-03-06 21:30:20

Procura-se pão francês

Aqui, em Itabuna/BA, é também chamado de pão comum ou pão de sal.



2008-03-06 21:20:48

PROCURA-SE PÃO FRANCÊS

Aqui em Sergipe, a denominação "pão francês" é recente, algo de 15/20 anos prá cá. Antes era "pão jacó" (como ainda é muito conhecido), "pão d’água", "pão de sal" e "marroque". Era engraçado o cliente chagar na padaria e gritar: "sarta um marroque com manteiga e uma média com leite".
GERVÁSIO


Site: PROCURA-SE PÃO FRANCÊS
GERVÁSIO
2008-03-06 21:15:12

Procura-se pão francês

Oi, meu cunhado comprou um pacote e foi a Paris também. Ele voltou de lá dizendo o mesmo. Passou por uma situação bem parecida e ficou decepcionado quando comeu um pão "francês" que não era o nosso francês "brasileiro" (risos) No final das contas ele disse que o pão francês é horrivel, que é duro e o sabor muito ruim. Resultado o nosso pão é mais gostoso. E porquê não chamamos de pão brasil ou pão brasileiro. (kkk) Poderia ser não é??Ó nosso é melhor.....
Só sei que ri muito quando meu cunhado me contou o desespero dele comendo o pão "francês" de Paris. (risos)



2008-03-06 21:14:27

Procura-se pão francês

Oi!! Meu cunhado foi a Paris no mês de fevereiro/08. Ele voltou de lá dizendo o mesmo. Passou por uma situação bem parecida e ficou decepcionado quando comeu um pão "francês" que não era o nosso francês "brasileiro" (risos).
No final das contas, ele disse que o pão Francês é horrivel, que é duro e o sabor muito ruim!! Resultado o nosso pão é mais gostoso. E porquê então não chamamos o nosso pão de "pão brasil" ou "pão brasileiro" (kkk). Poderia ser não é?? O pão é nosso e é o melhor.....
Bom, só sei que ri muito quando meu cunhado me contou o desespero dele comendo o pão "francês" de Paris. (risos)



2008-03-06 21:14:00

Procura-se pão francês

Muito bom texto!
Aconteceu uma situação parecida comigo uma vez: um alemão estava aqui no Brasil e comeu a nossa famosa "torta alemã".
Ele disse: - Muito bom esse doce, hein? Mas por que é que vocês o chamam de torta alemã?
Respondi: - Bom... Acho que é um doce típico da Alemanha, não?
Ele só riu e disse que nunca tinha visto ou comido nada parecido na Alemanha antes...


Eduardo
2008-03-06 20:59:43

erro de ortografia

o certo é "supetão", e não "sopetão".


luis
2008-03-06 20:49:55

Procura-se pão francês

Nos restaurants universitaires de Paris geralmente os pães servidos são muito similares aos "pão francês" que encontramos no Brasil.

De qualquer forma, me identifiquei com o texto! Realmente nunca vi esse tipo de pão para comprar em padarias e supermercados aqui na França.


pirola
2008-03-06 20:42:02

Procura-se pão francês

Prefiro continuar a chamá-lo de pão francês a chamá-lo de "cassetinho".



2008-03-05 15:28:27

Procura-se pão francês

a-do-rei ! aliás, isso sempre é motivo de riso entre minha família qdo chegamos a uma boulangerie e vamos escolher o pão; um acaba dizendo : "leva um pão francês, mesmo " ao q todos acabamos rindo....ao contrário da autora do comentário anterior, jamais encontrei o pão francês na França, especialmente com a massa ( leve, meio oca) do nosso pão francês, na França, qualquer pão tem uma massa bem pesada.Mas, com a variedade e qualidade que eles têm, pelo menos a mim não faz falta. isabel


isabel
2008-03-05 10:40:48

Procura-se pão francês

Muito engraçado!
Existe sim aquele "pão francês" na França, só que é chamado de "petit pain". O pão é sempre embrulhado num papel alimentar (nas boulangeries) ou plastico (supermercados).


Francesinha
2008-03-04 22:41:41

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.