Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» 24 de setembro de 2021

» Dissidência jovem no coração do sistema

» Ainda não acabou: o mal-estar na pandemia

» Para entender as três crises do Haiti

» Uma cineasta à altura dos desafios de nosso tempo

» 23 de setembro de 2021

» Evergrande: falência e oportunidade na China

» Tecnologia e política para reconstruir mundo em ruínas

» Cinema: Aranha e nossas raízes fascistas

» 22 de setembro de 2021

Rede Social


Edição francesa


» Émergence de l'Asie sur la scène scientifique

» Singapour, Malaisie, Indonésie : triangle de croissance ou triangle des inégalités ?

» Les rêves déçus et la colère rentrée des harkis

» Conflits d'usages en mer Baltique

» Autocritiques cathodiques en Chine

» L'Australie séduite par la Chine

» Que faisons-nous en Irak ?

» De la mer en partage au partage de la mer

» La Russie à la conquête du Grand Nord

» Batailles pour le partage de la mer de Chine


Edição em inglês


» China's post-communist Communist Party

» The Manet effect

» The race to be German chancellor

» September: the longer view

» Meandering through Paraguay

» Don't expect tech giants to build back better

» Long hot nights on the Paraguay river

» Can Pedro Castillo unite Peru?

» Tensions mount over Yemen's contested islands

» Hungary's Fidesz builds a parallel state


Edição portuguesa


» O mundo em mutação e o Estado - em crise?

» Edição de Setembro de 2021

» Transformação e resiliência

» O caminho de Cabul

» Edição de Agosto de 2021

» Ditadura digital

» Desigualdades digitais

» O direito à alimentação no mundo continua por cumprir

» Filho da Preguiça

» Boca de Cena


Comentários sobre esse texto:

Retratos da São Paulo indígena

Bom, esse artigo pode ser resumido em uma única palavra: "RIDÍCULO". A sensação que tive ao ler isto foi de que uma das aldeias das quais se falava não era a mesma que eu conhecia. Isto porque, o que o autor chamou de "Unidade de Saúde" nada mais é do que uma pequena instalação médica, que passa a maior parte do tempo fechada, uma vez que raramente algum médico aparece por lá.

A escola também existe. No entanto, em condições precárias. Com quase nenhum recurso, professores se desdobram em classes que misturam várias séries, na tentativa de ensinar-lhes algo.

E falando em recursos, abandonados pela FUNAI,(que raramente lhes envias as cestas básicas e os recursos que lhes são de direito) essas populações são obrigadas a "se virar" para sobreviver.

Por fim, essa visão de "terra sem mal" não foi vista quando estive na Aldeia. As pessoas à frente do comando da aldeia têm plena consciência do ônus que se paga por viver na periferia e do quanto o contato com o branco ainda colabora para a destruição de sua cultura.

Infelizmente, a realidade indígena ainda está muito longe desse cenário colorido e cheio de perspectivas que o autor pinta!


Site: Retratos da São Paulo indígena

2008-04-29 14:16:00

Retratos da São Paulo indígena

Eu moro próximo de Borba Gato, pena ter recebido este informativo tão tarde pois gostaria de ter participado.
No dia 19 estive no pico do Jaraguá e vi um grupo de pequenos Guaranis. Fiquei surpres pois apeasr de passar pela estrada muitas vezes jamais tinha notado que aquele aglomerado era a aldeia. No pico estão colocadas barracas de artesanato de má qualidade. Não há sequer um guarani vendendo seu artesanato. Fui informada que os guardas não permitem.
Ana Maria dos Santos


Ana
2008-04-24 00:33:00

Retratos da São Paulo indígena

e ai falastrão...
qual desses eventos você legitimou?
o do mais perto da sua casa?
o na livraria fazendo loby pra Global?
Brigado!!!!



2008-04-20 09:27:31

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.