Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Cinema: Os últimos soldados da Guerra Fria

» A eleição mais árdua de Evo Morales

» Reviravolta no Oriente Médio: os curdos podem resistir

» Atualismo: assim percebemos o tempo no século XXI

» Porto ameaça cartão-postal amazônico

» Banco Mundial, parceiro de maldades de Bolsonaro

» Por que os EUA traíram a guerrilha curda

» Franz Kafka: como sair do labirinto

» Por trás do iPhone, o Estado e os militares

» Equador: bastidores e sentidos da notável vitória

Rede Social


Edição francesa


» Ces dures grèves des ouvriers américains

» 17 octobre 1961 : rendez-vous avec la barbarie

» La gauche dans son ghetto, la droite à la radio

» Les médias américains délaissent le monde

» Fruits et légumes au goût amer

» La Bolivie dans l'étau du néolibéralisme

» La crise suscite de sérieux remous en Irak et relance la guerre froide en Proche-Orient

» Les rivalités entre Washington, Moscou et Pékin

» Gauche latino-américaine, version Uruguay

» Fascisme, islam et grossiers amalgames


Edição em inglês


» Iraq's demographic time bomb

» October: the longer view

» Socialism resurgent?

» Power to decide who's guilty

» East Germany's loyal returnees

» Ankara realpolitik

» South Africa's lands must be shared

» Turkey's rival Islamists

» Argentina's unlikely presidential duo

» Reversing the polarities


Edição portuguesa


» A crise catalã nasceu em Madrid

» Quantas divisões há entre os curdos?

» Edição de Outubro de 2019

» Estabilidade para quem?

» Washington contra Pequim

» Edição de Setembro de 2019

» Portugal não pode parar?

» Quem elegeu Ursula von der Leyen?

» Edição de Agosto de 2019

» Plural e vinculado à esquerda


Comentários sobre esse texto:

A polêmica ascensão dos fundos soberanos

Se houve perda é porque alguém ganhou. Quem está ganhando com a crise dos subprimes?Não encontrei esta resposta no texto e fiquei intrigado pois parece-me que os grandes perdedores são os fundos soberanos.



2008-06-22 03:13:09

A polêmica ascensão dos fundos soberanos

Parabéns, Ibrahim Warde e equipe do LMD. Este texto é uma obra prima! Uma obra prima para entender essa crise economica do setor imobiliário que tanto se fala na televisão, nos meios de comunicação em massa,mas que ninguém explica, intencionalmente, à nós, pobres e mediocres proletários. Sou um projeto neoliberal que quase deu certo, já tinha tudo para ser uma maquina de trabalho alienada e deslumbrada até que o conheciemnto me abriu paulatinamente os olhos, quando entrei no curso de Geografia, foi um longo processo de desintoxicação. Desde então venho buscando um meio de comunicação sério e imparcial, o mais possível pelo menos, e fico feliz de ter achado isso no Le Monde Diplomatique.

Abraços


Matheus R
2008-06-15 00:26:11

A polêmica ascensão dos fundos soberanos

Seria impressão minha, ou o proletariado financeiro mundial aos poucos foi se armando estrategicamente contra o czares da economia global?...Seria até pretencioso de minha parte, entretanto, essa situação me lembra a execução e extermínio da nobreza russa, aonde os integrantes do G8 poderiam facilmente protagonizar a familia real russa, e os executores seriam interpretados pelos fundos soberanos!...A história se repete em todas as dimensões do convívio humano, e por sua vez a humanidade nada aprende, reincide! O erro é o mesmo, a forma de errar é que é diferente! Excelente artigo.


Horacio Vieira
2008-06-06 00:18:34

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.