Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Reino Unido: razões de um fracasso provisório

» Óleo nas praias: a tragédia tem a marca Bolsonaro

» O cimento familiar que faz A vida invisível

» Manifesto Feminista por uma Renda Cidadã

» Cinco livros para entender a polícia brasileira

» Fernando Meirelles vê Dois Papas e igreja em crise

» Em busca da funda de Davi

» Outras Palavras prepara nova travessia

» Argentina: o que esperar de Fernández e Cristina

» 2019, o ano do Pibinho do Guedes

Rede Social


Edição francesa


» La grande mystification des fonds de pension

» Cinq leviers pour l'emploi…

» L'instinct de résistance des Réunionnais

» Comment la pensée devint unique

» Résister à l'insécurité sociale

» La pêche, une guerre mondiale ignorée

» L'homme et les robots

» Le crépuscule de la raison

» Mystiques violentes et stratégie non violente

» La pêche doit être gérée à l'échelle mondiale


Edição em inglês


» Scotland decides

» UK's austerity election

» December: the longer view

» ‘No one was listening'

» Shattering the conspiracy of silence

» This must be called murder

» Bolivia's coup

» Algeria's massive movement for change

» Islamists make common cause with the Hirak

» Grenfell's untold story


Edição portuguesa


» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?

» Edição de Dezembro de 2019

» Uma fractura social exposta

» «Uma chacina»

» Assinatura de 6 meses: só 18 €

» Golpe de Estado contra Evo Morales

» Será que a esquerda boliviana produziu os seus coveiros?

» A era dos golpes de Estado discretos

» Pequeno manual de desestabilização na Bolívia

» No Brasil, os segredos de um golpe de Estado judiciário


Comentários sobre esse texto:

Josué de Castro, pensador indispensável



2009-06-12 05:27:18

Josué de Castro, pensador indispensável

Confesso que aos 78 anos de idade civil, tenho extrema dificuldade de entender porque tanto ilustres e geniais pensadores e até extraordinários articulistas deste site espetacular em nenhum momento conseguem ver o homem como um mamífero como qualquer outro. Fico sempre perplexo diante do fato que a abordagem se orienta para um ser anatural. Um ser que independe da natureza. "Sou um ser humano e sou capaz de administrar meus interesses e emoções por princípios sensatos e prudentes de convício com minha própria espécie". Será esta afirmação viável num primata melhorado que, como qualquer outro animal, tem por razões de sobrevivência em escalas múltiplas de necessidades vitais o seu único e exclusivo interesse individual? Tenho sérias dúvidas. Exemplo: o cupim não quer acabar com seu habitat mas, sem predador, liquida com o mesmo. O cachorro não é amigo do homem. Simplesmente foi condicionado a deixar de caçar e se condicionou a se submeter a outro cachorro que lhe oferece a comida. O homem como um mamífero frágil desenvolveu extraordinária capacidade de sobreviver e se reproduzir, se perpetuar. Acumulou conhecimento que tende ao infinito no esforço exponencial sobre o exponencial que seu presumido diferencial intelectual admite sobre os demais seres vivos. Contudo, continua um mamífero que se preocupa acima de tudo com seus interesses individuais.
O grande problema portanto é transformar este mamífero no ser humano que Josué de Castro e outros sensatos e prudentes pensadores imaginaram viável num prazo ainda não projetável no nosso conceito de tempo.
Minha esperança é que o homem não termine como o cupim doméstico. Este, faz outro ninho. Mas alguém já fala em produzir comida e moradia em outros planetas. Confesso minha incapacidade de entender o que não significa não aceitar possibilidades de ajustes.


Site: Perplexidade
Romeu Fagundes
2009-04-18 03:16:43

Josué de Castro, pensador indispensável

Meu primeiro contato- 1970. ’Geopolítica da fome e Geografia da fome. Pouca coisa mudou, exceto o número de corruptos e o nível de aprimoramento da corrupção no país e no mundo! Palavras ao vento, do Sr. Dr. Josué de Castro. Sem fazer proselitismo (não sou cristão ou qualquer outro credo) leio a Bíblia, que agrega quase seis mil anos de história e sabedoria - "Não é do homem dirigir seus próprios passos". Movimentos mundiais em prol dos menos favorecidos, programas de arrecadação de fundos acompanhados de mega-shows, nada solucionará o problema. Foi profetizado que "o amor de muitos esfriaria". É o que vemos hoje e veremos sempre. Qualquer ação será mero paliativo. Haverá, sim, os bem intencionados. Não sou cínico. Mas serão sempre gotas no oceano de maldade e desamor que permeia a conduta humana. Melhor que não fazer nada, dirão alguns. Concordo. Solução? Não tenho. E não critico apenas pela crítica. Trabalhei cinquenta anos ininterruptos e não vi melhoras, verdadeiras melhoras! Vi progresso material. Mas a busca, em primeiro lugar, do reino de Deus, para que as demais coisas nos fossem acrescentadas, não ocorreu. A menos que minha visão seja pessimista demais. Pode ser!


tito livio bereta-pantanal matogrossense.
2008-11-12 09:11:15

Josué de Castro, pensador indispensável

A ÁGUA e a Energia Elétrica é básico para resolver grande parte dos Problemas e Sofrimentos dos EXCLUIDOS do Sertão Nordestino.

Apresentei um comentário, visando chamar a atenção das nossas autoridades. Esse comentário pode ser acessado pelo link: http://www.ecodebate.com.br/index.p...

MISSAO TANIZAKI
Fiscal Federal Agropecuário
Bacharel em Química
missao.tanizaki@agricultura.gov.br
Esplanada dos Ministérios, Bloco “D”, Sala 346-B, Brasíla/DF
TUDO POR UM BRASIL / MUNDO MELHOR


Missao Tanizaki
2008-10-31 11:32:58

Josué de Castro, pensador indispensável

Confesso minha total ignorância sôbre o Sr. Josué de Castro. Tomei conhecimento de sua existência hoje, no Canal Brasil.
Fiquei emocionada e ao mesmo tempo muito
chateada por não ter tido a oportunidade de
"conhecê-lo" há mais tempo. Fiquei também muito feliz ao saber que ele nasceu em 05 de setembro, dia do aniversário de minha filha que está, no mo
mento, estudando na França. Adoraria que
o presente Lula seguisse os seus ensinamentos. Será que ainda dá tempo?.
Vamos torcer!


Roberta Brunelli
2008-09-06 18:59:21

Josué de Castro, pensador indispensável

Josué de Castro foi homenageado pelo Projeto Memória da Fundação Banco do Brasil em 2004. Um rico material pode ser encontrado no site www.projetomemoria.art.br/


Site: Projeto Memória 2004 - JOSUÉ DE CASTRO
Stanley Whibbe, consultor
2008-07-18 00:21:35

Josué de Castro, pensador indispensável

Sem sombra de dúvidas, Professor Josué de Castro, foi o maior pensador/visionário e humanista já nascido neste nosso Brasil. Comemorar oCentenário do seu nascimento, é o que de melhor se pode realizar, por esse extrardinário Ser Humano.


José Marcolino da Silva, Sanitarista, Caruaru-PE.
2008-07-14 18:21:04

Josué de Castro, pensador indispensável

Querida Marilza,
Excelente sua matéria! Sou entusiasta do desenvolvimento tecnológico, o qual deve levar em conta, com mais ênfase a cada dia, a sustentabilidade e o desenvolvimento de fontes energéticas limpas e viáveis, assim como meios produtivos mais eficientes e equilibrados com o meio ambiente. Embora muitos critiquem, encaro o desenvolvimento da astronomia e astronáutica como fundamentais para a sobrevivência da humanidade. Recentemente a sonda Phoenix, da NASA, descobriu fortes evidências de que o solo marciano é fértil e, se dependesse só do solo, sustentaria uma plantação de aspargos. Acredito que o estudo de ambientes inóspitos em outros planetas de nosso sistema, nos ajudarão a restaurar biosferas degradadas natural ou artificialmete, neste ou em outros mundos. Além do mais, mais cedo ou mais tarde será necessário buscarmos alternativas de sobrevivência em outras biosferas, quer sejamos atingidos por um grande meteoro ou por uma explosão natural de raios gama em nossa galáxia com o feixe em nossa direção ou por outra catástrofe natural ou artificialmete causada pela insensatez humana.

Mário Diogo Jr.



2008-07-08 07:10:41

Josué de Castro, pensador indispensável

Cara Marilza e demais,

Fiquei feliz pelo debate que você trouxe, nesse texto excelente, e também pelas sincronias que a vida nos dá.
Escrevi um artigo lembrando a importânica de Josué de Castro para o debate sobre a fome (publicado no Jornal de Jundiaí em 01/07). É uma pequena e humilde reflexão, mas gostaria da apreciação de vocês.

O texto pode ser lido em:
http://www.portaljj.com.br/interna....

Um abraço a todos...

Fábio


Site: A fome e a vontade de política
Fábio Tozi
2008-07-07 15:47:20

Josué de Castro, pensador indispensável

Il est tout à fait temps de remémorer à ceux qui l’ont oublié ou qui ne l’ont jamais lu qui était Josué de Castro et les idées qu’il a semées au long de ses réflexions. Elles ont été bien oubliées depuis sa mort et il est bon qu’une auteur pense à réhabiliter sa pensée dans un média international. Merci à Marilza de l’avoir fait et merci au Monde Diplomatique de l’avoir publié.

Marion Aubrée - Paris.



2008-07-06 19:03:42

Josué de Castro, pensador indispensável

Amazônida, penso que a fome continuará grassando para a maioria pobre. Só profundas aletrações no sistema e no modelo econômicos poderão levar à realização das propostas de Josué de Castro. Pena que o conterrâneo dele, hoje na presidência da república, cada dia mais se afasta do autor de Geopolítica da Fome e Geografia da Fome. Amazônida como eu, Djalma Batista foi outro médico com visão social assemelhada à de Josué, como se pode ler em seu O complexo da Amazônia. Estabelecer comparações entre os dois parece-me interessante. Quem se habilita ?


José da Silva SERÁFICO de Assis Carvalho
2008-07-04 03:07:32

Josué de Castro, pensador indispensável

A atual crise de alimentos é a crise do atual modelo econômico capitalista. Um modelito ineficiente, excludente e ultrapassado.
Reler o grande brasileiro Josué de Castro é fundamental. E basta pensar que,já na década dos anos 50 do passado século 20, Castro denunciava a miséria da grande maioria excluída de um direito fundamental: o da alimentação básica, pelo menos.
De lá para cá, passaram-se mais de 50 anos. Há, na realidade, alimentos para todos os bilhões de seres humanos. Falta a vontade política para distribuí-los com eqüidade. Relembrar Josué de Castro, no belo artigo de Marilza M. Foucher, é recolocar na pauta da crise dos alimentos essas verdades até prosaicas, por serem essas verdades mais do que evidentes.
Renato Gianuca, Jornalista, Porto Alegre (RS).


Renato Gianuca
2008-07-03 22:45:32

Josué de Castro, pensador indispensável

É impressionante como a humanidade está sempre preocupado com o ter. O ser nao tem lugar. Preocupa-me o fato: que filhos deixarei para o mundo e que mundo deixarei para meus filhos. Em Manaus, no coração da selva amazônica, trabalhamos como voluntarias para divulgar a necessidade de preservar o meio ambiente, criar mecanismos de geração de emprego e renda para nossos jovens bem como para as maes de familias.
Iniciamos com trabalho de conscientização nas escolas primárias - crianças participam nos finais de semanas - dos mutiroes para retiradas de lixos nas orlas dos igarapés dentro da área urbana. As garrafas pets sao transformadas em flores, vasos, porta-lapis, etc. nos clubes de maes dos bairros mais carentes e posto à venda nas feiras livres nos finais de semana e na lojinha do clube durante a semana. A renda ainda é pequena mas ajuda as familias carentes. A prefeitura em parceria com a comunidade está criando cooperativa de catadores e buscando compradores de papelao, latas, metais,etc.
Nas escolas municipais trabalha-se o aproveitamento do lixo organico na produçao de adubo e dos lixos solidos, a separação em suas casas - de todo o lixo em: metal, papel, plastico, etc.
É um trabalho ainda bastante embrionário mas temos esperança de que pode fazer diferença no futuro.


Hiromi Iwata
2008-07-01 20:19:14

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.