Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» “Não esqueçam Julian Assange”

» Índia ocupa a Caxemira muçulmana

» Portugal, o novo alvo da extrema-direita

» Portugal, o novo alvo da extrema-direita

» E quando nos levantaremos contra os rentistas?

» “Quem tá na rua nunca tá perdido”

» Eles querem organizar a população de rua

» Municipalismo, alternativa à crise da representação?

» A China tem uma alternativa ao neoliberalismo

» Marielle, Moa, Marley, Mineirinho

Rede Social


Edição francesa


» Population, subsistance et révolution

» Une nouvelle classe de petits potentats domine les villages

» Vers une « révolution agricole »

» En dehors de la « Petite Europe » d'autres débouchés s'offriront aux produits tropicaux

» Dans le domaine agraire il serait dangereux de vouloir brûler toutes les étapes

» L'expérience de M. Fidel Castro pourrait être mise en péril par une socialisation trop rapide de l'industrie cubaine

» Au Japon, le ministre de la défense s'inquiète

» Les soucoupes volantes sont-elles un sous-produit de la guerre froide ?

» Ovnis et théorie du complot

» Boulevard de la xénophobie


Edição em inglês


» Manufacturing public debate

» August: the longer view

» Trump returns to the old isolationism

» Yellow vests don't do politics

» Kurdish territories in northern Syria

» The changing shape of the Balkans: 1991 / 2019

» Minorities in Kosovo

» Borders 1500-2008

» Man with a mission or deranged drifter

» The Louise revolution


Edição portuguesa


» Edição de Agosto de 2019

» Plural e vinculado à esquerda

» Os talibãs de São Francisco

» Edição de Julho de 2019

» Inconsistências (ou o sono da razão?)

» Comércio livre ou ecologia!

» Edição de Junho de 2019

» As pertenças colectivas e as suas conquistas

» A arte da provocação

» 20 Anos | 20% desconto


Comentários sobre esse texto:

Escopeta não é chocalho

Há, mais uma coisa. só os puxa-sacos covardes se curvam diante dos poderosos. Vamos todos uma pinóia!


Policarpo
2008-08-01 11:37:15

Escopeta não é chocalho

Quem conhece História e não foi a escola só para comer merenda, como diz Le Jazz, não é tão ingênuo a ponto de achar que superioridade bélica e econômica são fatores determinantes para a vitória de grandes impérios sobre outros povos. Se isso fosse verdade, estariamos ainda hoje sobre o domínio de Roma ou os norte-americanos teriam vencido no Vietname, os EUA seriam ainda colônia da Inglaterra, a França teria facilmente subjugado a insurgência da Argélia, os guerrilheiros de Sierra Maestra nunca teriam vencido as tropas de Batista, etc. Há, não é necessário ir a escola para aprender história, basta que nos sirvamos de boas fontes historiográficas. Sugiro as universidades federais.


Policarpo
2008-08-01 01:48:18

Escopeta não é chocalho

Excelente o artigo. Escrito com muita lucidez. Não há paranóia alguma. Ninguém manda a sua quarta frota, toda equipada, fazer exercícios militares na porta da casa dos outros sem segundas intenções, ainda mais quando a porta da casa é da Venezuela. Nós somos os seus vizinhos e também vamos assistir a brincadeira.

PS Além do nosso potencial agrícola, além das reservas promissoras de petróleo, temos, também, a maior reserva de água-doce do planeta.



2008-07-30 06:01:06

Escopeta não é chocalho

Gostei do artigo!

A verdade é que os EUA são competentes e levam a sério o seu país.
E os incompetentes ficam gritando: “Nossa... esses americanos imperialistas...”
Só faltando chamá-los de lobo mau! Mas a verdade é que as Nações que deixaram de lado as suas Forças Armadas, da maneira mais negligente possível, vão sangrar muito agora e no futuro próximo. Quem estudou um pouco de História, e não foi à escola apenas pra comer merenda, sabe que os conflitos no Mundo não se resolvem apenas com as palavras, a caneta e o papel. Acima de tudo está o poder do mais forte. Não há acordo, envolvendo os interesses econômicos entre países, sem um mínimo de poder de fogo, mesmo que não seja disparado um tiro sequer.

O Brasil negligenciou a sua defesa. Agora vai ter que continuar aceitando a exploração dos mais fortes. E não adianta esse discurso de dizer que é “amiguinho” do Imperador, ou bom de papo! Trata-se de uma velha e conhecida lei: A lei do mais forte! Agora, vamos todos nos curvar diante dos países competentes! Não se iludam pessoal, pois o nosso Brasil é rico em recursos naturais, porém tem um povo que está mais interessado em pão e circo!


Le Jazz
2008-07-26 07:13:01

Escopeta não é chocalho

KACETADA!!!
É O FIM BEM MAIS PERTO DO QUE EU IMAGINAVA PRA MIM MESMO. MAS SE HA DE VIR QUE VENHA,VEJAMOS NO QUE DA .QUE NINGUEM SE ENGANE ,BOAS INTENÇÕES MISTER BUSH NUNCA TEVE ,E NEM TERA .SALVE-SE QUEM PUDER !EMBORA SEJA DIFICIL DIZER QUEM É O MELHOR PELO MENOS ,NÓS BRASILEIROS NÃO ESTAMOS A FIM DE INVADIR NADA ,E NEM TOMAR O QUE É DOS OUTROS ,QUE ELES RESPEITEM PELO MENOS AS MULHERES E CRIANÇAS!!!!!!!!!!


TOMAZ PÜBUR
2008-07-24 01:21:27

Escopeta não é chocalho

realmente é foda..nunca olhei com tanto desgosto..para esse quadro de supremacia Americana..o pior que a análise nos leva a um quadro ainda mais preocupante..como sitado a cima..existe o bloco europeu que apoia e faz parte desta supremacia militar que nos traz pesadelos..não acreditei nas noticias que ouvi sobre reativação desta tal IV frota naval americana....temos que levar o orgulho
ferido da bicha do George Bush..ele reparou que estara fora de um cenário
politico legitimo,quando se trata de
novas Potencias economicas alinhas com
os principios democraticos..ele(Bush) está com o cú na mão..o próprio povo
americano não consegue pensar em novas ações militares..eles tem que enfrentar
alguem com muito menos pavil..do as novas e prosperas potencias..O Iraniano não deve esta fazendo testes nucleares..o Bush sempre esqueceu e sempre vai esquecer de olhar pro pr’prio rabo...parece que não aprendeu.. a lição..como ele nã pensa 2vezes para agir
com...violencia..existem outros loucos no mundo que tambêm não..e agem na surdina..
os seres humanos já não aguentam mais esse filho da puta....o cara nojento..esse almirante pode se chefe de grupo da casa do cara.mais se pego um filha da puta desse eu mato na pancada..eu tenho fé em Deus..eu tenho..



2008-07-24 00:15:19

Escopeta não é chocalho

Brilhante o artigo de José Luís Fiori.

Não acredito que os EUA estejam tão mau das pernas assim. Eu vejo que eles já estão enxergando anos - luz a nossa frente e percebeu que já era hora de "re-colonizar" a América. Refazer a política do "porrete". Os motivos estão aí. Amazônia, bacias de petróleo, Hugo Chavez (que deve estar quicando com a notícia da IV frota). Aliás, a respeito da história do plano Colômbia é só uma forma de "limpar o quintal" e vigiar mais de perto a Floresta Amazônica.


leonardo
2008-07-21 05:43:38

Escopeta não é chocalho

Está claro que a hegemonia anglo-texana no golfo pérsico está com os dias contados e aquele petróleo será vendido a quem pagar mais.

A esta previsão, as recentes descobertas de imensos campos de petróleo fino no litoral centro sul brasileiro são uma oportuna compensação.
É provável até que a construção deste "porto" na cidade de Peruíbe, 10km mar adentro, seja, de fato, uma base naval conveniente à esta 4ª Frota anglo-texana.
Afinal, o anúncio deste porto se deu logo após a descoberta de um incrível campo de gás natural do qual nem se fala mais, tal a magnitude das descobertas de petróleo.

Mauro Silva



2008-07-19 12:54:00

Escopeta não é chocalho

Os USA, para variar, estão fazendo "feio". De gde nação com ideais democráticos, os quais pregavam o discurso econômico e livre,agora, diante da crise que passam, estão tirando a máscara: ainda que argumentem que a IV frota tem fins humanitários, eles querem mesmo é impedir o desenvolvimento de outros povos, e o pior, se for o caso, intervir no dito "livre comércio" que não traz benefício para o interesse americano. Sabe o que mais? Os americanos acabam dizendo que o certo na A.Latina é o CHAVES, pois que está se armando e historicamente se opondo a eles... Querem maior contradição do q. esta? A gde questão é todo continente se unir e se preparar para o confronto. Basta lembrar que no Vietnã eles se deram mal...Que a determinaçao dos oprimidos de toda A.Latina possa vencer os gdes opressores, tal como fez o Vietnã!


Rogério Lustosa
2008-07-19 01:53:29

Escopeta não é chocalho

Em meu entender o texto indica que a baixaria norte-americana tende a se tornar cada vez mais ampla e intensa. Compartilho a idéia de Antonio Rodrigues, no fim das contas, não existe diferença alguma entre republicanos e democratas, senão em seus discursos.


Henrique Dorneles
2008-07-18 22:01:37

Escopeta não é chocalho

Nada, nem ninguem,tão pouco,os grandes impérios são eternos,assim como, tantos outros ja passaram pela história da huanidade,não suportaram indefinidamente ao tempo e aos novos candidatos á império.
Não adianta restaurar a lV Frota,muito menos a X,a batata já está assandol


Site: lV Frota
jose das graças flavio
2008-07-18 20:50:56

Escopeta não é chocalho

Quanto maior, maior a queda. na História da Humanidade jamis uma potência dominou o Mundo.


wewrner henrique
2008-07-18 17:20:12

Escopeta não é chocalho

Tenho a impressão de que a IV Frota também poderá funcionar como uma reserva militar para o controle da violência urbana nas grandes metrópoles latino-americanas. Os americanos estão bastante temerosos quanto às possibilidades de insurgência nas grandes capitais. Ocorre que essa insurgência se dará nas favelas e morros dominados por bandidos, que poderão levantar esta ou aquela bandeira e abranger milhares de pobres em seus exércitos. Décadas de enxugamento da máquina estatal causaram uma ausência de Estado nas periferias e a criação de um Estado paralelo, o que, aos olhos dos americanos, podem gerar focos incontroláveis de rebelião, com uma diferença: se ocorrerem, não serão rebeliões por melhorias, mas pela tomada do poder por grupos criminosos.



2008-07-18 17:03:36

Escopeta não é chocalho

Todo grande império antes de ruir dá seu último suspiro de vida.E neste último suspiro ataca tanto militarmente como econômicamente, já que, politicamente se encontra enfraquecido e desgastado,tanto internamente com externamente e luta para provar que ainda é ele que dá as cartas no cenário mundial. Mas, porém, internamente as coisas não vão bem e a capacidade de consumo já não encontra mais espaço para crescimento, então, a solução é ir para outros Países explorar suas riquezas e se apossar de seus recursos, alegando como sempre, a defesa dos interesses planetários e mundiais.


Jose Roberto Melo Ferreira
2008-07-18 04:04:01

Escopeta não é chocalho

uma atitude dessas so pode significar o temor pelo declinio do proprio imperio. nao se pode mais acreditar que a tese da amazonia internacional é coisa da extrema direita americana. o proprio al gore defendeu recentemente esta tese. creio que a saida é negociar. nao com os americanos. mas com os europeus. por exemplo, contruindo avioes de guerra em parceria com os franceses. veiculos de combate e fuzis com os russo. se queremos a paz, devemos prepara a guerra. grato. antonio rodrigues


antonio rodrigues
2008-07-18 03:28:12

Escopeta não é chocalho II

É verdade. O fortalecimento do estados do sul é imprescindível para todós nós.


Hélder
2008-07-17 21:42:43

Escopeta não é chocalho

Enquanto isso, entre nós, a oposição vai tentando enfraquecer o país e o fortalecimento do diálogo na AL. UNIÃO ou morreremos todos enforcados e ainda por cima famintos.


bem mesmo
2008-07-17 18:44:31

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.