Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


Rede Social


Edição francesa


» Petits secrets entre amis à Sciences Po

» Alexeï Navalny, prophète en son pays ?

» Dissoudre pour mieux régner

» La Commune prend les murs

» La gauche, histoire d'un label politique

» Peter Watkins filme la Commune

» Faillite de la mission européenne au Kosovo

» Les Nations unies face au conservatisme des grandes puissances

» Ces musulmans courtisés et divisés

» Comment échapper à la confusion politique


Edição em inglês


» Silicon Valley: society's mute button

» Democratising food after Brexit

» US bipartisanship is not the answer

» EU-Mercosur free trade pact's double standards

» February: the longer view

» Climate change in the Indian farmers' protest

» Peoples of Transcaucasia

» Tea in the time of Covid

» How much stuff is just enough?

» Who do you think you are?


Edição portuguesa


» Pagamento com cartão de crédito / PayPal

» Edição de Fevereiro de 2021

» Combates pela igualdade

» "Calem-se!"

» Como reorganizar um país vulnerável?

» Edição de Janeiro de 2021

» O presidente, a saúde e o emprego

» Quem será o próximo inimigo?

» Edição de Dezembro de 2020

» A democracia desigual e os neoliberais autoritários


Comentários sobre esse texto:

Se chorei ou se sorri

É isso ai Sergio. Parabéns pelo Sarau. Parabéns pelo artigo. Não estava lá, mas pude sentir um pouco da emoção que viveram os Quatrocentos do Sarau da Coperifa


Daniela
2008-08-11 15:21:10

Os Quatrocentos do Sarau da Cooperifa

É isso aí, Sérgio. Parabéns pelo Sarau, parabéns pelo artigo. Não estava lá, mas por meio de suas palavras, pude sentir um pouquinho da emoção que viveram os Quatrocentos do Sarau da Cooperifa.


Daniela
2008-08-11 15:17:30

Os Quatrocentos do Sarau da Cooperifa

A Cooperifa é tudo nosso!
O Quilombo cultural da periferia!

José Raimundo


Jose Raimundo
2008-07-28 20:01:28

Longa Vida à Cooperifa!

Parabéns Sérgio e tod@s os guerreir@s que cultivam esse verdadeiro quilombo enraizado na Zona Sul de São Paulo, inspirando e trans-pirando muitas cabeças e corações pela periferia-mundo afora!
Parabéns Diplô por estar garantindo cada vez mais espaço para que pessoas como Sérgio Vaz (e toda a sua História; toda sua habilidade-de-várzea com as palavras, carregadas de significado) se expressem neste espaço. Como ele diz: "O melhor é que tudo isso não nos foi dado nem herdado, foi conquistado"!
Forte e saudoso abraço!!!


Danilo
2008-07-26 18:01:37

Os Quatrocentos do Sarau da Cooperifa

Nada poderia ser mais potencialmente revolucionário do que a multiplicação de movimentos desta natureza, conscientemente independentes da dominação burguesa. Hoje em dia, não se trata mais de uma possibilidade necessária para a libertação, mas de uma necessidade urgente para a sobrevivência da humanidade. Libertação ou morte!

A monstruosidade dos gastos militares norte-americanos indica que movimentos deste tipo não são, definitivamente, inexpressívos e isolados, mas ao contrário, demonstram uma tendência contestadora mundial.


Henrique Ribeiro Dorneles
2008-07-24 02:58:23

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.