Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» 29 de novembro de 2021

» Breve nota sobre a futilidade do sucesso

» Paulo Freire e a aposta na comunicação libertadora

» Pochmann: do colonialismo mental ao tecnológico

» 26 de novembro de 2021

» Mundo em desencanto: a alternativa do Comum

» Da tabelinha futebol e literatura sai gol de letra

» A potente imaginação política do Teatro Legislativo

» O tempo de tecer comunidade

» Somos todos cavalos

Rede Social


Edição francesa


» Mirages verts et sobriété californienne

» Harry Potter expliqué aux parents

» Revendications et occupations en mer de Chine méridionale

» Le Vietnam

» De la décolonisation à la troisième guerre du Vietnam

» Diaspora vietnamienne

» Vietnam, comparaisons régionales

» La libération inachevée des Afro-Américains

» L'apparition d'un nouveau type d'homme

» Une flammèche obstinée a embrasé la Guadeloupe


Edição em inglês


» Iraq's great divides

» China is open for investment

» Colonial accountability in Niger

» In search of luxurious communism

» November: the longer view

» The carbon balance

» CO2 emissions around the world

» What's in a phone?

» If only Assange had been Navalny

» India's silent but deadly killer


Edição portuguesa


» Edição de Novembro de 2021

» O tecto de vidro europeu

» E a Grécia volta a ser exemplar

» Edição de Outubro de 2021

» Um império que não desarma

» Convergir para fazer que escolhas?

» O mundo em mutação e o Estado - em crise?

» Edição de Setembro de 2021

» Transformação e resiliência

» O caminho de Cabul


Comentários sobre esse texto:

50 anos de Formação econômica do Brasil

Brilhante síntese da obra de Celso Furtado. Na leitura que fiz de Formação Econômica me pareceu que o desenvolvimento econômico brasileiro ocorreu quase ao acaso histórico. No entanto, a percepção dos interesses sociais que criaram este fenômeno permite planificar o futuro.
É preciso reconhecer as lacunas econômicas deixadas por esse processo histórico, entender como a política serviu (e serve) os interesses das disputas entre as elites econômicas, qual o verdadeiro grau de influência das potências hegemônicas na economia brasileira e as consequências positivas e fracassadas das medidas tomadas pelas autoridades monetárias no passado.
Esse arsenal teórico é disponibilizado sinteticamente e magestosamente pela obra de Celso Furtado.


Eduardo Vianna
2009-01-06 14:24:21

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.