Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Por que murchamos os pneus de SUVs

» Retrato do esgotamento dos comerciários digitais

» Golpes no Brasil (I): Uma república febril e oligarca

» Cinema: O dom de iludir

» Maranhão: CNBB denuncia a barbárie do “agro”

» 29 de junho de 2022

» Boaventura: o encolhimento do Ocidente

» Contramemória: Modernismo em alta voltagem política

» WikiFavelas: As lutas LGBTI+ pela saúde pública

» WikiFavelas: As lutas LGBTI+ pela saúde pública

Rede Social


Edição francesa


» Le poids des pamphlets, le choc des classes

» En Russie, réprimer plus et enfermer moins

» Apprendre à nager n'est plus donné à tout le monde

» Bouillonnement de l'art contemporain africain

» Les Sri-Lankais défient le pouvoir

» Clarice Lispector, l'étoile de Rio

» Séparatismes ukrainiens

» Les mineurs, la mer et autres histoires

» Le droit à l'avortement menacé

» Occident contre Occident


Edição em inglês


» Fragmented Yemen

» Ukraine's logistical crisis

» Tensions and blackmail over Western Sahara

» Migrants still risk their lives to reach England

» Africa: agribusiness or diversity?

» Poisoning our oceans

» UN Earth Summits: how the rot set in

» In Mexico, will slow and steady win the day?

» Sri Lanka plunges into crisis

» Uncertain loyalties and competing narratives


Edição portuguesa


» Que pode o teatro face ao crescimento das extremas-direitas?

» Mapeamento de uma arte político-social: "Untitled", de Paula Rego

» Assembleia-Geral da Outro Modo

» O problema da riqueza

» «Sangrar a Rússia»

» Vulnerabilidades territoriais: o que se pode aprender com a crise pandémica?

» O paraíso da inovação militarizada

» Mineração em mar profundo: para quê destruir os fundos oceânicos?

» O lado oculto das cimeiras da Terra

» Viagem ao fim da Transamazónica


Comentários sobre esse texto:

Cultura livre, movimentos e humanização do Capital

BASTARIAM PALAVRAS ? COMENTAR CULTURA LIVRE É UM SACRO MINISTÉRIO .BASEADOS NELA CRESCEMOS SEM SABER COMO ,EMBORA AINDA HAJAM OS QUE A NEGUEM OU ATÉ MESMO DESPREZEM , É O SANGUE NAS VEIAS DO PROGRESSO ,DESENVOLVIMENTO ,AUTO AFIRMAÇÃO.JAMAIS ENCERRAREMOS COM PALAVRAS TAL ANALISE ,ELAS MERECEM NOSSOS MAIS PROFUNDOS SENTIMENTOS.


TOPEYK
2009-01-22 21:58:04

Cultura livre, movimentos e humanização do Capital

A garantia de resguardo de possíveis interesses de apropriações pelo grande capital sobre as capacidades dos movimentos livres é justamente no que se empenham instituições tais como a FSF de Richard Stallman, atuando no campo em prol da criação e manutenção de redes colaborativas para prospecção e implementação de instrumentos jurídicos nacionais e transnacionais que venham a garantir os direitos de liberdade de criação, uso e distribuição do conhecimento. Ou seja, acredito que discutir hoje Conhecimento Livre é sobretudo discutir os mecânismos legais que possam vir a garantir sua Real implentatação, já que inúmeras empreitadas perfeitamente consolidadas ( tendo como exemplo exponencial: o GNU-Linux) se mostraram perfeitamente viáveis quanto a formação e manutenção de suas redes colaborativas (fator primordial para garantir a livre criação, manutenção e efetivo uso de um dado conhecimento).


Rolo
2008-12-29 13:49:13

Cultura livre, movimentos e humanização do Capital

Achei bastante oportuna a articulação das idéias expostas acerca do "conhecimento livre", entretanto, o que há de ser ressaltado é o real interesse das pessoas em buscar esse conhecimento; o mundo hoje, a rigor, não tem mais fronteiras, e sabemos que em todo o globo, ainda existem "ilhas" nas quais as pessoas estão "protegidas" pela malha da ignorância que beneficia os regimes autoritaristas e as téocracias. A questão é que, talvês, antes mesmo de criar novas tecnologias, seja melhor tornar o que já existe acessível a todos, e isso é muito mais difícil, pois sabemos, que no Brasil, a maioria da população não deseja ter acesso ao conhecimento (mesmo aquele conhecimento que já é livre e acessível), os pusilânimes e conformistas preferem viver à margem do conhecimento que esclarece e realmente importa para a evolução intelectual da nossa sociedade, são ovelhas cuja única reivindicação para a mídia se resume ao trio carnaval+novela+copa.


maurente_adm
2008-12-16 13:37:26

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.