Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Reino Unido: razões de um fracasso provisório

» Óleo nas praias: a tragédia tem a marca Bolsonaro

» O cimento familiar que faz A vida invisível

» Manifesto Feminista por uma Renda Cidadã

» Cinco livros para entender a polícia brasileira

» Fernando Meirelles vê Dois Papas e igreja em crise

» Em busca da funda de Davi

» Outras Palavras prepara nova travessia

» Argentina: o que esperar de Fernández e Cristina

» 2019, o ano do Pibinho do Guedes

Rede Social


Edição francesa


» La grande mystification des fonds de pension

» Cinq leviers pour l'emploi…

» L'instinct de résistance des Réunionnais

» Comment la pensée devint unique

» Résister à l'insécurité sociale

» La pêche, une guerre mondiale ignorée

» L'homme et les robots

» Le crépuscule de la raison

» Mystiques violentes et stratégie non violente

» La pêche doit être gérée à l'échelle mondiale


Edição em inglês


» Scotland decides

» UK's austerity election

» December: the longer view

» ‘No one was listening'

» Shattering the conspiracy of silence

» This must be called murder

» Bolivia's coup

» Algeria's massive movement for change

» Islamists make common cause with the Hirak

» Grenfell's untold story


Edição portuguesa


» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?

» Edição de Dezembro de 2019

» Uma fractura social exposta

» «Uma chacina»

» Assinatura de 6 meses: só 18 €

» Golpe de Estado contra Evo Morales

» Será que a esquerda boliviana produziu os seus coveiros?

» A era dos golpes de Estado discretos

» Pequeno manual de desestabilização na Bolívia

» No Brasil, os segredos de um golpe de Estado judiciário


Comentários sobre esse texto:

Nossa seca

Celina,

Seu trato com as palavras é primoroso. Fui transportada para as terras narradas aravés das suas letras.
Parabéns!

beijos da Maria Ribeiro


Maria Ribeiro
2009-04-24 20:44:15

Nossa seca

Meus olhos ficaram marejados dagua,de tanta emoção...Lembrar dos olhos fixos no horizonte vermelho no entardecer,e a boca articulando palavras sussurradas..."Deus tem piedade, vai gear,e a seca tá braba..." Saudade...tempo...amor...lutas...
Alegria!Orgulho,por ser sua irmã...voce nos contagia,Parabens!!!
Helena C.Codo



2009-02-22 22:57:00

Nossa seca

Celina, seus pés estão fincados no chão da nossa gente, seus olhos veem o escondido, a dor, a esperança, a tristeza... Fico pensando como você encaixa a caneta no coração. Então, me lembro que os tempos são outros, não precisamos de caneta para escrever. Só o coração. O seu é grande, do tamanho do seu talento. Parabéns!


Olívia Gurjão
2009-02-18 00:04:47

Nossa seca

Cheguei a sentir uma sequidão na garganta e na pele.Muito interessante.
Rosali Santos



2009-01-15 14:32:39

Nossa seca

Lindo....
Dá até vontade de chorar. De emoção... de saudade...de tristeza... sei lá de quê.
Muito envolvente! Parabéns Celina!
Terezinha C Lopes


Site: Nossa Seca
tecaslopes
2009-01-14 22:54:06

Nossa seca

Muito bom, Celina.
Um texto na velocidade correta: envolvente.
Parabéns.
Sérgio Lopes


Sergio Lopes
2009-01-12 00:15:28

Nossa seca

muito bom!!!Me leva a lembranças da minha infância, qdo íamos com tia Virgínia, em procissão "aguar" o ruzeiro em peíodos de seca, para pdir chuva. Emoção e Saudade!!Parabéns!Ana Rita



2009-01-10 21:49:51

Nossa seca

Quanta emoção! Gosto muito dos textos da Celina Castro - me toca muito as suas escritas - ... e agora do Le Monde para o mundo! Merece!


Alvaro Weissheimer Carneiro
2009-01-10 00:11:11

Nossa seca

Como pode escrever assim? É de secar a boca... Parabéns!

Adriana


Adriana
2009-01-09 17:42:42

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.