Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Depois do senhor Guedes e de seu capitão

» Amazônia: caminho para o pós-Bolsonaro

» Tarifa Zero, a experiência europeia

» Marielles na Amazônia: apontar, fogo!

» Na África do Sul, a xenofobia não tem cor

» Uma semana contra o Capitalismo de Desastre

» Na Argentina, algo além de Macri começa a cair

» Transportes: a atualidade da Tarifa Zero

» Aos super ricos, os super genes?

» A Ideologia da Mineração está em xeque

Rede Social


Edição francesa


» Machines hostiles

» Refaire le monde à coups de bistouri

» Libye, l'appel du devoir

» La gauche française bute sur l'Europe

» Fédéralisme à l'allemande et évolutions politiques

» « Métro, boulot, tombeau »

» Plus haute sera la prochaine tour

» Le Media Lab aux avant-postes du cybermonde

» Echec à la corruption au Brésil

» Les beaux jours de la corruption à la française


Edição em inglês


» The logs of war

» Benjamin Netanyahu, best friend of the far right

» September: the longer view

» Afghan peace talks: Trump tweets, Taliban fights

» An inexhaustible myth in times of extreme adversity

» What happened to social solidarity?

» Sudan: conflict, violence and repression

» Russia's appointed billionaires

» Another end is possible

» Arms sales: the Swedish model


Edição portuguesa


» Edição de Setembro de 2019

» Portugal não pode parar?

» Quem elegeu Ursula von der Leyen?

» Edição de Agosto de 2019

» Plural e vinculado à esquerda

» Os talibãs de São Francisco

» Edição de Julho de 2019

» Inconsistências (ou o sono da razão?)

» Comércio livre ou ecologia!

» Edição de Junho de 2019


Comentários sobre esse texto:

Cinema e literatura

Existem algums maneiras simples de se analisar o texto literário,no que concerne a questão da adaptação,tanto do ponto de vista dos personagens,como também do ponto de vista da ação .Da narrativa literária ao roteiro,obviamente haverão diferenças.A literatura aponta certos erros que não devem ser cometidos ao escrever-se ficção,enquanto o cinema aponta para estes erros,dizendo que não são sob o ponto de vista imagético.
De qualquer maneira, as formas narrativas literárias se modificaram,era de se esperar que o cinema também fizesse o mesmo.
Quanto aos autores de cinema escreverem tentando uma maneira híbrida entre ambos,se dá com certeza involuntariamente,por formação e imaginação. Daí pode até surgir uma nova forma narrativa,diferente das que são conhecidas,quem sabe ?


Andre Luis Miguel Lucidi
2009-04-04 07:14:09

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.