Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Atingida por barragem e acossada pelos poderosos

» Como o Google favorece a manipulação política

» Por um novo Pacto das Catacumbas

» Chantagem do governo aos desempregados

» Ruínas do neoliberalismo: Chile, caso precursor

» E se as startups pertencessem a seus funcionários?

» Boaventura vê Lula Livre

» América Latina: a ultradireita contra-ataca

» O Mercado, os economistas e outros seres transcendentais

» Nem todo Uber é capitalista

Rede Social


Edição francesa


» « Choc des civilisations », à l'origine d'un concept

» Les Allemands de l'Est saisis par l'Ostalgie

» A Berlin, le face-à-face des intellectuels de l'Est et de l'Ouest

» Réveil politique à l'Est

» Les Allemands de l'Est, sinistrés de l'unification

» Le difficile chemin de la démocratie espagnole

» Il y a cent cinquante ans, la révolte des cipayes

» Hôpital entreprise contre hôpital public

» Dernières nouvelles de l'Utopie

» Très loin des 35 heures


Edição em inglês


» The fall of liberal triumphalism

» Sarah Seo on Americans, their cars and the law

» November: the longer view

» Ibrahim Warde on the rise and fall of Abraaj

» Fighting ISIS: why soft power still matters

» Life as a company troll

» The imperial magazine

» Setting Socrates against Confucius

» Price of freedom on the road

» Global business of bytes


Edição portuguesa


» Golpe de Estado contra Evo Morales

» Será que a esquerda boliviana produziu os seus coveiros?

» A era dos golpes de Estado discretos

» Pequeno manual de desestabilização na Bolívia

» No Brasil, os segredos de um golpe de Estado judiciário

» Edição de Novembro de 2019

» Sempre uma coisa defronte da outra

» OTAN: até quando?

» Alojamento local-global: especulação imobiliária e desalojamento

» Rumo a uma governança participativa da vida nocturna de Lisboa


Comentários sobre esse texto:

O Islã ao pé da letra

Assalamu Aleikum - A paz seja com você(s)

O quadro na minha opinião é muito mais complexo do que parece.

O terrorismo não é uma pratica islâmica, não é pregado nem no Sagrado Alcorão nem na Sunnah, foi incorporado errôneamente como forma de resistência ao colonialismo do ocidente e foi aprendido justamente do ocidente.

Voltarmos a ter a pureza dos primeiros tempos do Islam também não é errado e nem uma utopia. Não é o mesmo que querem Judeus e Cristão? E por quê não posso pautar minha vida em preceitos sagrados e tenho que me submeter a conceitos humanos (ou ao que o MacDonald’s diz que é bom).

Onde está escrito no testamento de Adão que os europeus e norte-americanos tem direito de dominar o mundo? Que são evoluidos e sabem mais do que outros povos?
Isso é terrorismo também.

Não esquessamos que os europeus é quem destruiram culturas inteiras em nome de Jesus e com olho no ouro - Pizarro e Cortêz - na américa latina, na américa do norte ingleses e franceses destuiram os indigenas para criar gado em suas terras na marcha para o oeste.

Os europeus assaltaram a áfrica e a ásia vorazmente, criaram e financiaram divisões entre povos irmãos, interferindo em sua evolução e constituição como estados nacionais, deflagraram duas grandes guerras mundiais e de lá partem as grandes teorias de contestação da existência divina. São paises cristãos mas que não sabem seguir nenhum ensinamento bíblico.

Os norte-americanos por sua vez, economicamente interferem com paises menores, financiam golpes onde a economia lhes é desfavoravel e gastam mais em armamento do que matando a fome de seu próprio povo. Até nos anos 60 muitos negros eram tratados como lixo.

Na história da humanidade o Islam tem seu papel e sua filosofia suplanta qualquer filosofia de "ong" que aparece e some num piscar de olhos.

Na história da humanidade todas as grandes atrocidades partiram do velho e do novo mundo, que evolui tecnológicamente mas se desagrega moralmente.

Muhammad Rafik
Brasileiro e Muçulmano por conversão.


Muhammad Rafik
2007-11-13 19:07:28

O Islã ao pé da letra

quem foi que escreveu este texto???
preconceituoso um pouco!
o islã é ruim???? oq é bom entao, o cricstianismo, judaismo ou quarquer outra coisa???
nao sei, analiso todos de formas iguais, respeitando o espaço e tempo de onde estao localizadas cada cultura.



2007-05-24 23:25:39

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.