Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» O prisioneiro que não cede ao Grande Irmão

» Previdência: a fábula da República das Laranjas

» A difícil arte de superar o senso comum

» Os mapas do poder dos ruralistas

» Petrobrás: assim Paulo Guedes planeja o desmonte

» O neoliberalismo periférico e a oportunidade perdida

» Nunca fomos tão pequenos

» Caro coxinha, nossa bandeira já é vermelha…

» O mundo encantado da Previdência privada

» A lógica senil da propriedade privada

Rede Social


Edição francesa


» Le poids du lobby pro-israélien aux États-Unis

» Tradition et qualité françaises

» Batna dans le vertige des peurs et des frustrations

» Le champ sémantique du populisme

» Les dangers d'une monnaie unique

» L'Algérie sous le choc

» L'art de la désinformation

» La longue guerre occulte contre le Nicaragua

» Comment l'« intelligence artificielle » conduirait la guerre

» Délinquants et victimes


Edição em inglês


» Retiring the Statue of Liberty

» Iraq's choice: US air strikes or Iranian air conditioners?

» Gilets jaunes: the French uprising

» March: the longer view

» Rwanda now sets its own aid rules

» The rise of the hardliners

» Should we be combatting sexism to stimulate economic growth?

» Julia Buxton on Venezuela's ongoing crisis

» What happened to the dream of a united Maghreb?

» What happened to the dream of a united Maghreb?


Edição portuguesa


» O caso do Novo Banco: nacionalizar ou internacionalizar?

» Edição de Março de 2019

» Sabe bem informar tão pouco

» O presidente e os pirómanos

» Edição de Fevereiro e 2019

» As propinas reproduzem as desigualdades

» Luta de classes em França

» Das propinas ao financiamento do Ensino Superior

» Na Venezuela, a lógica do pior

» Vale a pena (re)ler John Kenneth Galbraith?


Comentários sobre esse texto:

Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"

Já sou uma divulgadora incansável e uma leitora admirada pelo "Le Monde...". Em tempos atuais,onde a "grande mídia" se articula para manter sua hegemonia,é ótimo ver vocês se refazendo . Parabéns, Antônio Martins e equipe.


Lúcia Ribeiro
2010-03-25 03:41:13

Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"

Achei muito interessante essa iniciativa. Temos que romper o bloqueio midiático imposto pela mídia "grande". Se tiver condições, terei satisfação em poder contribuir.


Arthur
2010-03-25 01:17:03

Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"

Hola,
Estuve viviendo en SP por un tiempo, ahora ya en Buenos Aires si les interesa puedo colaborar con notas o comentarios de actualidad, políticas, culturales.
abrazo
Liliana


Liliana
2010-03-24 16:26:35


Título:

Texto da sua mensagem:

(Para criar parágrafos, basta deixar linhas em branco.)

Quem é você? (opcional)

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.