Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» A desigualdade brasileira posta à mesa

» Fagulhas de esperança na longa noite bolsonarista

» 1 de setembro de 2020

» O fim do mundo e o indiscreto racismo das elites

» O milagre da multiplicação de bilhões — para os bancos

» Movimento sindical em tempos de tormenta

» 31 de agosto de 2020

» A crucificação de Julian Assange

» Nuestra America: os cinco séculos de solidão

» Ir além do velho mundo: lições da pandemia

Rede Social


Edição francesa


» Oran, 5 juillet 1962...

» « Mes voisins sont de drôles de types »

» Eternel retour des bandes de jeunes

» Ces prisonniers qui ne cessent de payer

» Lady Di, adultère, vierge et martyre

» « Diana » une femme du passé

» Quand le « progrès » aggrave la misère paysanne

» Ces profiteurs du sida

» Les firmes pharmaceutiques organisent l'apartheid sanitaire

» Le fantôme de la Potsdamer Platz


Edição em inglês


» Back to the JCPOA?

» China's outlaw armada

» Timidity in New Zealand

» November: the longer view

» The defeats of Golden Dawn

» Border tensions

» China: its rise and rise

» China leads the 5G race

» South Korea's feminists fight back

» The biosecurity myth


Edição portuguesa


» Ofereça uma assinatura de 6 meses, apenas €18

» Edição de Novembro de 2020

» A máquina infernal

» Requisição civil

» Um resultado que ninguém aceitará

» Edição de Outubro de 2020

» Distâncias à mesa do Orçamento

» Falsas independências

» Trabalho na cultura: estatuto intermitente, precariedade permanente?

» RIVERA


Comentários sobre esse texto:

História de um massacre anunciado

Acho que com tudo que aconteceu nesse massacre, fio realmente orrivel. Não tenho palavras para descrever tamanha maldade. tenho certeza de que existem pessoas madosas, acredito ainda mais na força divina, acredito que Deus está sempre ao nosso lado, todos nós devemos acreditar que um dia tudo vai mudar, um dia haverá justiça no mundo inteiro, mas não só a justiça para quem rouba mas também para quem mata outro ser humano...como aconteceu nesse massacre e acontece ainda hoje como um exemplo para todo o mundo refletir o menino que foi arrastado até a morte no RJ isso é muito repugnante, estou tão indignada com as nossas leis que me faltam palavras para dizer educadamente "O, presidente do Brasil!! faz alguma coisa!! já que você foi reeleito muda o nosso brasil!!!".Lugar de assasino é na cadeia e não depois de matar uma criança ficar preso Três anos e depois ser libertado...."Brasil mostra a tua cara" QUEREMOS JUSTIÇA O MUNDO CLAMA POR JUSTIÇA E TODO MUNDO OUVE AS MURMURIAS DE QUEM JÁ SE FOI CLAMANDO TAMBÉM POR ESSA JUSTIÇA QUE NUNCA CHEGA!!!


Sou uma brasileira muito indignada ( Fabi RS)
2007-02-12 17:08:51

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.