logo

junho 2000



Atentado na Tunísia

Ex-diretor da versão árabe do Diplô alvejado a bala


No dia 22 de maio, o jornalista Riad Ben Fadhel foi vítima de um atentado a bala quando saía de sua residência, em Túnis. Transportado de imediato para um hospital, com balão de oxigênio, seu estado permanece grave, embora sua vida esteja fora de perigo.

Riad Ben Fadhel foi diretor da versão árabe do Le Monde Diplomatique , uma das primeiras edições do jornal em língua estrangeira. Trabalha em Túnis, há longos anos, na área da comunicação. Em artigo publicado por Le Monde em 21 de maio de 2000, intitulado "Pelo fim da ’síndrome de Cartago’", Riad manifestava pela primeira vez, em tom bastante moderado, sua opinião acerca da situação interna da Tunísia.

Os autores deste atentado covarde não foram presos. Torna-se indispensável um inquérito urgente e eficaz que esclareça o assunto. Reafirmamos nossa solidariedade e amizade para com Riad, de quem desejamos uma rápida recuperação.

Traduzido por Jô Amado.