logo

julho 2007



ESTADOS UNIDOS

Fragmentos de um país atormentado

Em quatro artigos, a visão messiânica da América que está por trás do escudo anti-mísseis; o think tank que tenta desestabilizar governos de esquerda; dilemas do movimento contra a guerra do Iraque; uma conexão norte-americana do nazismo


Estados Unidos, território sagrado?
Decidida a construir um “escudo anti-mísseis” que poderia tornar o país potência nuclear única, a Casa Branca volta a agitar o cenário internacional. Mas antiga, e de eficácia duvidosa, a proposta pode estar baseada numa visão messiânica sobre o papel dos EUA no mundo Ler

A mão (quase) invisível de Washington
Criada no início do período neoliberal, a Fundação Nacional para a Democracia atuou para derrubar o regime sandinista e desestabilizar o leste europeu. E continua cada vez mais atuante, após o fim da Guerra Fria. Ler

Por que vacila o movimento contra a guerra
Um veterano das mobilizações antiimperialistas nos EUA explica, a seu modo, a ausência de grandes protestos contra o ocupação do Iraque, num momento em que dois terços da população defendem a volta dos soldados Ler

Nazismo: a conexão norte-americana
Como se deu a intensa colaboração intelectual entre o nazismo e cientistas e personalidades dos EUA, nos anos 1920 e 30. Por que Hitler encantou-se com Henry Ford. Omitidos pela história oficial, fatos sugerem repensar as relações entre modernidade, homogenização e totalitarismo Ler