logo

outubro 2000



IRÃ / CRONOLOGIA

A escalada da crise

11 de maio de 1949: Depois de sua vitória sobre os exércitos árabes, o Estado de Israel torna-se membro da ONU. 21 de julho de 1951: O rei Abdallah da Jordânia é assassinado por um palestino.

28 de abril de 1951: Aumentam as tensões entre o Estado e a Anglo-Iraniana Oil Company. Mohamed Mossadegh torna-se primeiro-ministro do Irã e nacionaliza o petróleo.

23 de julho de 1952: Os "oficiais livres" de Gamal Abdel Nasser tomam o poder no Egito.

19 de agosto de 1953: O governo Mossadegh é derrubado. O xá, com o apoio do general Zahedi, instaura um poder ditatorial.

Outubro-novembro de 1956: Israel, a França e a Grã Bretanha atacam o Egito após a nacionalização do canal do Suez. Israel ocupa temporariamente o Sinai.

4 de junho de 1963: Revoltas camponesas assinalam o fracasso da "revolução branca" (a reforma agrária iraniana). Ruhollah Khomeini é preso, solto e depois expulso.

Janeiro-março de 1979: O regime do xá desmorona, o aiatolá Khomeini volta a Teerã e funda a República Islâmica.

Traduzido por Celeste Marcondes.