logo

julho 2008



LITERATURA

Palavra 39

Vice-Verse 4
No quarto número de nossa seção Vice-Verse, coordenada pela jornalista e tradutora Marina Della Valle e dedicada a traduções de poesia e prosa em língua inglesa, apresentamos poemas de Ezra Pound, do livro Lustra.
Aqui

A Defesa Lujin – ou a precisão literária
Vladimir Nabokov escrevia um texto como quem tece uma estrutura delicada, respeitando a etimologia do texto como tessitura, como tecido, algo que é mais tramado e costurado do que criado do nada.
Aqui

Os limites da doença literária
Jaboc, de Otto Leopoldo Winck, é um livro em homenagem às palavras, para que elas se guardem até na desgraça por vezes incompreensível que é escrever a qualquer custo.
Aqui

Portas e vãos
Qual seria a desse cara? Por um instante imaginei que talvez sua preferência sexual fosse outra, e isso me deixou preocupado, ou talvez aquilo ainda fosse parte de algum plano macabro
Aqui


Rodrigo Gurgel

Dirceu Villa traduz Ezra Pound para a seção Vice-Verse – coordenada pela jornalista e tradutora Marina Della Valle e dedicada a traduções de poesia e prosa em língua inglesa. Os poemas são retirados do livro Lustra, que Villa traduziu integralmente em 2003 – e que permanece inédito em língua portuguesa, apesar de sua importância.

Fábio Fernandes analisa o romance A Defesa Lujin, de Vladimir Nabokov. Despreparado para os imprevistos, avesso a surpresas: o que a vida planeja para o pobre Lujin? A um passo da mais terrível angústia, o protagonista seguirá jogando?

Renata Miloni comenta Jaboc, de Otto Leopoldo Winck. Segundo Miloni, “cada linha desse romance é conseqüência daquela doença literária na qual Enrique Vila-Matas é especialista: estar propenso a pensar tudo sob o prisma da literatura”.

David Oscar Vaz fecha a edição desta semana com um conto erótico: “Luca também gostava de ver que minha beleza impressionava os olhos de outros homens; mas até aí chegava, eu acho, o limite de sua vaidade masculina”.

Boa leitura – e até a próxima semana.

Rodrigo Gurgel, editor de Palavra