logo

setembro 2002



DOSSIÊ 11 DE SETEMBRO

Alguns nunca aprendem

Com o título “O que aprendemos a partir do 11 de setembro” (Le Monde, 21 de dezembro de 2001), Bernard-Henri Lévy dá a seguinte declaração:

“Os norte-americanos (...) ganharam esta guerra, fazendo, no total, algumas centenas, talvez umas mil vítimas civis... Quem poderia fazer melhor? De quantas guerras de libertação, no passado, se pode dizer a mesma coisa? E o que estão esperando as Cassandras para reconhecer que se enganaram e que estavam cegos pela paixão, quando, logo depois da queda de Cabul, escreviam (Robert Fisk) que ‘somos nós os criminosos de guerra’?”

(Trad.: Regina Salgado Campos)