Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Por que murchamos os pneus de SUVs

» Retrato do esgotamento dos divulgadores digitais

» Golpes no Brasil (I): Uma república febril e oligarca

» Cinema: O dom de iludir

» Maranhão: CNBB denuncia a barbárie do “agro”

» 29 de junho de 2022

» Boaventura: o encolhimento do Ocidente

» Contramemória: Modernismo em alta voltagem política

» WikiFavelas: As lutas LGBTI+ pela saúde pública

» WikiFavelas: As lutas LGBTI+ pela saúde pública

Rede Social


Edição francesa


» Apprendre à nager n'est plus donné à tout le monde

» Bouillonnement de l'art contemporain africain

» Les Sri-Lankais défient le pouvoir

» Clarice Lispector, l'étoile de Rio

» Séparatismes ukrainiens

» Les mineurs, la mer et autres histoires

» Le droit à l'avortement menacé

» Occident contre Occident

» Tunisie : le triple déni des cadres déchus

» L'Ukraine se dérobe à l'orbite européenne


Edição em inglês


» Fragmented Yemen

» Ukraine's logistical crisis

» Tensions and blackmail over Western Sahara

» Migrants still risk their lives to reach England

» Africa: agribusiness or diversity?

» Poisoning our oceans

» UN Earth Summits: how the rot set in

» In Mexico, will slow and steady win the day?

» Sri Lanka plunges into crisis

» Uncertain loyalties and competing narratives


Edição portuguesa


» Que pode o teatro face ao crescimento das extremas-direitas?

» Mapeamento de uma arte político-social: "Untitled", de Paula Rego

» Assembleia-Geral da Outro Modo

» O problema da riqueza

» «Sangrar a Rússia»

» Vulnerabilidades territoriais: o que se pode aprender com a crise pandémica?

» O paraíso da inovação militarizada

» Mineração em mar profundo: para quê destruir os fundos oceânicos?

» O lado oculto das cimeiras da Terra

» Viagem ao fim da Transamazónica


Arábia Saudita

As vozes de Washington

Por que a Arábia Saudita promove, há décadas, jornais que influem em todo o mundo árabe, mas procuram mantê-lo fragmentado e dividido. História de uma operação ideológica montada para fortalecer o poder dos EUA no Oriente Médio

Mohammed El Oifi
21 de dezembro de 2006

Arábia Saudita, frágil solução

As reservas sauditas, grande esperança dos Estados Unidos para atender à crescente demanda por petróleo, estão mais perto do esgotamento do que se imagina

Michael T. Klare
1º de abril de 2006

Caleidoscópio saudita

Reportagem na "nova" Arábia Saudita governada pelo rei Abdallah. Quais os avanços reais na situação das mulheres, tolerância religiosa e liberdade política. Que chances há de transformar as concessões de um soberano esclarecido em direitos permanentes

Alain Gresh
1º de fevereiro de 2006

As origens da nova crise do petróleo

As tensões geopolíticas, ou seja a degradação da situação no Iraque e na Arábia Saudita, e as compras especulativas ampliaram a alta dos preços do barril, que fixa suas raízes na evolução da oferta e da demanda, onde os sinais, apesar de opacos, apontam para aumento de necessidades e perda de fôlego da oferta

Nicolas Sarkis
1º de julho de 2004

Uma questão xiita?

Discriminados e sem direitos religiosos, os xiitas sauditas vivem na principal zona de produção de petróleo do país, o que inspira neoconservadores norte-americanos a sonharem com a divisão do reino, mas não, os representantes desta minoria

Alain Gresh
1º de junho de 2003

Sob a pressão da nova ordem

Enquanto suas relações com Washington foram abaladas pelos atentados de 11 de setembro, a monarquia saudita é desafiada a enfrentar, por um lado, o islamismo fundamentalista e, por outro, as aspirações por reformas e por abertura

Alain Gresh
1º de junho de 2003

Meca, a mais longa viagem

Quinto e último “pilar” do islamismo – depois da profissão de fé, da oração, do jejum do Ramadã e do dízimo (’zakat’) – o ’hadj’ (a peregrinação a Meca, cidade de Maomé, da “Casa de Deus”) continua sendo o mais difícil de ser cumprido

Slimane Zeghidour
1º de fevereiro de 2003

Modernização à moda do príncipe

Jovens, de túnica branca tradicional, com seus telefones celulares num cibercafé. O petróleo entregue outra vez aos estrangeiros e as fortunas da elite sempre no exterior. Sem romper com o atraso, e sem democracia, o novo monarca saudita que ser global...

Alain Gresh
12 de abril de 2000

Palavras-chave no mesmo grupo
[países]

Outros grupos de palavras-chave

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel