Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


Rede Social


Edição francesa


» Le devoir de paresse

» Ainsi nos jours sont comptés

» Au Brésil, des collectionneurs d'art très courtisés

» Fantômes russes dans l'isoloir ukrainien

» Bernard Madoff, à la barbe des régulateurs de la finance

» Les famines coloniales, génocide oublié

» LTCM, un fonds au-dessus de tout soupçon

» Récalcitrante Ukraine

» Europe de l'Est : un bilan positif sur le plan social mais négatif dans le domaine des droits politiques

» La crise russo-ukrainienne accouchera-t-elle d'un nouvel ordre européen ?


Edição em inglês


» Rojava's suspended future

» Biden's Middle East challenges

» April: the longer view

» Africa's oil-rich national parks

» Montenegro's path to independence

» Japan's bureaucrats feel the pain

» Who's who in North Africa

» Being Kabyle in France

» Who wins in Chile's new constitution?

» Senegal's five days of anger


Edição portuguesa


» "Catarina e a beleza de matar fascistas": o teatro a pensar a política

» Edição de Abril de 2021

» A liberdade a sério está para lá do liberalismo

» Viva o «risco sistémico!»

» Pandemia, sociedade e SNS: superar o pesadelo, preparar o amanhecer

» A maior mentira do fim do século XX

» Como combater a promoção da irracionalidade?

» A Comuna de Paris nas paredes

» Como Donald Trump e os "media" arruinaram a vida pública

» Edição de Março de 2021


Comentários sobre esse texto:

O fantasma do militarismo atiça o Japão

Jeova o DEUS VERDADEIRO, em breve ira destruir este sistema iniquo, e nação não levantara armas contra outra, pois os pacificos irão possuir a terra. Todas as etenias de pacificos e mansos irão herdalas, não havera armas, atraves do reino do Senhor Jesus havera a verdadeira justiça, satanas esta com os dias contado. Voçês verão.


Site: O Fantasma do militarismo atiça o Japão
José Valdemir da Silva
2007-03-28 17:45:37

O fantasma do militarismo atiça o Japão

É extremamente hipócrita o conceito de crime de guerra, sempre impingido pelos vencedores... Há apenas um crime de guerra: perder. Cometa este e levará a culpa por todos os outros, especialmente daqueles cometidos pelos vencedores. Criminosos são aqueles que deixam seus países indefesos, ignorando a natureza humana, da qual a guerra é parte intrínseca: o respeito ao próximo é um ideal a ser perseguido, infelizmente ainda muito distante de nossa realidade.
Quem é mais criminoso: o militar que invade um país (cumprindo ordens) ou os políticos irresponsáveis que reduzem os orçamentos (quando não os desviam) para defesa de seu próprio país que acaba invadido ? As nações tem o direito de se defender, bem como de cultuar seus mortos como bem entenderem, e os vencedores deveriam ser mais magnânimos, menos intransigentes e mais humanos, no melhor e talvez mais utópico sentido da palavra. Quem está questionando as homenagens aos invasores do Iraque, apesar das excessos de militares americanos em Abu Graib ou de alemães "jogando bola" com fêmures e crânios? Infelizmente assim é a guerra, que deve ser evitada ao máximo possível, porém, quando realizada, segue suas próprias leis, bem diversas do que gostariam os cavalheiros que no passado se reuniram em Genebra...
Independente dos erros cometidos, sérios e muitas vezes imperdoáveis, todas as partes envolvidas em conflitos cometem erros: que cada um cultue seus mortos como melhor entender. E que cada um escolha se ficará à mercê de seus inimigos ou se procurará se defender, atacando antes se necessário fôr.


Mair Calvo
2007-03-28 16:51:07

O fantasma do militarismo atiça o Japão

Águas passadas não movem o moinho. No meu país ainda é tabu falar sobre a IIª Guerra Mundial. É coisa de país de terceiro mundo. Não é preciso dizer qual. A resposta é ..... o país mais corrupto do mundo . Até bem pouco tempo, neste país (o mais corrupto do mundo) era tabu falar de Napoleão Bonaparte. As liberdades neste país ( o mais corrupto do mundo) não são liberdades coisa nenhuma. As leis são vindas de para-quedas de outros países e inseridas na vida de um povo que não está preparado para tais leis e ou que não se adaptam a elas. Motivo e Resultado. As leis nunca pegam neste país ( o mais corrupto do mundo) . Mas o país mais corrupto do mundo tem outros apelidos ..... " O macaquito ..... o pagapagaio ...... etc , etc, etc ...... " . Há sempre uma desculpa a ser colocada e um inocente para pagar . O crime organizado (neste país mais corrupto do mundo ) está ganhando do poder legal. É como nos filmes de Hollywood ao contrário, onde os Bandidos são os heróis e os Xerifes são os bandidos. Não é dificil dizer porque desta mudança de comportamento da sociedade brasileira. A justiça prende um cidadão que roubou uma melancia na feira e o prende e o acusa , e o sentencia a 30 anos de cadeia. O deputado legisla em causa própria, e o Executivo faz prograganda na TV que pretende ir a fundo na panaceia e no teatro. Alguns apostam que a próxima propaganda do governo, vai mostrar os benefícios do seu governo para o descobrimento do Brasil . O quê ? Mas não foi Cabral ?


Chirac
2007-03-28 15:41:32

O fantasma do militarismo atiça o Japão

Esse texto e um incentivo ao armamento nuclear .


Lu
2007-03-28 15:37:49

O fantasma do militarismo atiça o Japão

O militarismo no japao certamente colocaria a uma situacao mais fragil a atual regularizacao dos estrangeiros no pais.



2007-03-28 15:34:26

O fantasma do militarismo atiça o Japão

O planeta está dividido em vários grupos.
1) Inglaterra (Gra-bretanha), França, Polonia e outros países insignificantes que se protegem abaixo das asas dos EUA.
2)Rússia, China têm autonomia e são considerados países livres.
3)Paquistão, India, Israel, Ucrânia, Coréia do Norte e possivelmente o Irã em futuro próximo são considerados países que não serão invadidos por país algum do do planeta. Simples e óbvio. Possuem a bomba atômica.
3) Brasil, Argentina, Japão, Alemanha, Itália, Canadá, ...... e o resto, como Jamaica, Iemen, Indonésia, Sudão, Cuba, e outros países que não têm a bomba atômica , a qualquer hora podem ser invadidos e destruidos por países Imperialistas e seus asseclas. O motivo é simples também. A história da humanidade mostrou os fatos. E contra os fatos não há o que se discutir. Roma, Cartago, os Incas, ...... todos foram invadidos ou invadiram outros povos. Não há excessão . País que se considera protegido por Deus, está com os dias contados. Deus não protege os países fracos e os covardes. Israel tratou de ter as suas bombas atômicas. Portanto nunca haverá novamente um outro holocausto. O Irã de posse de sua bomba atômica com certeza não será invadido. Os que não a tiverem serão objetos da ganancia ou sofrerão as consequencias de não tê-la. O Brasil pode ser a bola da vez em futuro próximo. Não há como reverter o aquecimento global. A água é vital para a vida e a existencia de povos e países. Alguns já ensinam as crianças na escola que a Amazônia não é Brasileira. Outros ensinam as suas crianças nas escolas que as águas do Amazonas não é Brasileira. Como evitar no futuro próximo bilhões de futuros invasores á Amazonia Brasileira ? É como os índios chaienes, na América do Norte. No século passado a arma de fogo foi motivo para o desaparecimento dessa civilização. Simples. Eles não tinham armas de fogo.
Agora, quem quizer se bazear pelos filmes de Hollywood e a Disney ..... é problema deles , ou melhor do Pateta.


Chirac
2007-03-28 15:17:01

O fantasma do militarismo atiça o Japão

O texto é perfeito . Me refiro aos paragrafos que dizem que a França se transformou numa colonia Americana. Sem dúvida. Hoje as atitudes do governo frances , mostram e não há como se esconder dessa verdade absoluta. A França, outrora Gloriosa França , palco das liberdades, se transformou num mero coadjuvante e espectador dos EUA . As votações na ONU contra os países não subservientes aos EUA , são fatos. E contra os fatos não há o que se discutir.
A França hoje é uma republiqueta na Europa e servil aos EUA . A UE se tornou um agrupamento de países sem líder. Está a deriva .


Chirac
2007-03-28 13:49:46

O fantasma do militarismo atiça o Japão

O ser humano aprende com os erros, e essa foi uma grande lição para reflexão e construir um mundo mais justo e fraterno.


Site: Lições do passado para um futuro melhor
gem12
2007-03-28 12:07:07

O fantasma do militarismo atiça o Japão

Gostaria de deixar um comentário não com relação ao conteúdo, mas sobre a qualidade da tradução: o texto traduzido encontra-se totalmente desestruturado e desobedece todas as diretrizes de sintaxe e redação da língua portuguesa, creio que isto ocorreu devido ao fato de não ser o tradutor um jornalista brasileiro. Nestes casos, creio que teria sido suficiente submeter a tradução à revisão de um jornalista - nativo no idioma Português - que obviamente saberá adaptar o texto para que o mesmo torne-se satisfatório em nosso idioma.


Luiz
2007-03-28 08:54:24

O fantasma do militarismo atiça o Japão

realmente...acho que é o que estamos precisando nesse momento de tanta "paz", e com o planeta pedindo socorro: que mais uma potencia economica arrogante com nessecidade de auto afirmarção, obtenha liberdade para fazer suas proprias guerras


Kiwi
2007-03-28 07:54:57

O fantasma do militarismo atiça o Japão

É ,no mínimo ,curiosa a posição anti- belicista de determinados indivíduos.Digo curiosa,visando principalmente não ofendê-los;dados os seus direitos democráticos.Posto isto explicíto minha "curiosidade" em alguns questionamentos cabíveis.Teríam noção do que ocorreria no extremo oriente,caso o poder conjunto nipo-americano não se fizesse sentir?Caso tenham ,o que não acredito,qual a explicação minimamente viável ou quiçá inteligível para não corroborar com a instituição do tal?Senhores, compreender o que pode ocorrer ao nosso planeta caso o tão decantado poderio ocidental-cristão-clássico se desmorone é obrigação de qualquer um que queira emitir quaisquer opiniões sócio’-políticas. Antes disto o mais sábio irá silenciar e refletir,e os limítrofes continuarão com suas pujantes ,desonestas e descabidas críticas negativas;sem ao menos apresentar supostas soluções ,pois estas nada mais seriam do que quimeras marxistas elitistas ,já há muito ,ineficázes.



2007-03-28 07:39:03

Paranóia ou masoquismo?

Desde o fim da Segunda Guerra Mundial, é considerável o esforço do Japão em ajudar a melhorar o mundo através do desenvolvimento humano, social, econômico e pacífico. Basta ver as melhorias e inovaçÕes introduzidas pelas organizações, a arte, o desenho, os esporte, alimentação, as ajudas governamentais, as transferências tecnológicas para países subdesenvolvidos, enfim e em todo lugar há um toque positivo japonês para melhorar não apenas a si, mas seus vizinhos e o mundo.
No entanto, infelizmente há algumas pessoas que por anacronismo, paranóia ou masoquismo insistem em ver o Japão como o "império do mal", não permitindo que não somente o Japão, mas seus vizinhos colonizados superem os traumas passados.
Certamente que a história deva ser levantada baseada em fatos concretos, deixando de lado especulações e as passionalidades. Porém acima de tudo, as relações entre os países devem ser orientados para o fututo, não deixando que problemas passados se tornem obstáculos a paz e ao progresso mundial, e é o que o Japão tem feito incansavelmente até agora.


Mike
2007-03-28 07:13:03

O fantasma do militarismo atiça o Japão

Sim, por que não... O Japão errou e já pagou junto como os outros países que entraram na guerra naquela época, o exercíto nada mais que a maior e mais poderosa força para um país em sua "segurança" a sua nação. Acredito que o pais já aprendeu que com a guerra não há ganhadores e sim perdedores para os dois lados, porém a liberdade é tudo. Não devemos repetir o passado, mas não é isso que o mundo nos mostra. A ONU não pode visar interesses apenas de um pais e sim da humanidade como um todo.


German
2007-03-28 07:12:45

JAPÃO MILITAR?

Eu moro no Japão há 10 anos, e acredito que um país que detêm tecnologia, economia poderosa e um ORGULHO do tamanho do mundo... Nw demoraria muito, com um arsenal militar... Voltar a se encrencar com outros países, principalmente a Coréia do Norte e a China... Muito da tecnologia militar americana, foi montada com base em pesquisas conjuntas entre os dois países... Um exemplo disso é o fato de EUA e JAPÃO, estarem promovendo pesquisas conjuntas em busca de um "escudo antimísseis"... Nem imagino a merda que vai ser, qdo eles conseguirem tal objetivo... Seria um "cala-boca", principalmente na Coréia do Norte e China... JAPÃO ARMADO É OSSO DURO DE ROER!!!


Henrique Suzuki
2007-03-28 05:53:54

um passo pra trás nipônico

Certamente,embora seja eu um quase distópico,a humanidade em algum tempo que não sei precisar irá olhar para seu passado belicoso com asco.E achará estranhíssimo o que foi feito nestes campos minados, froint e etc, tal qual hoje ojerizamos a Inquisição por exemplo. Waldílio Siso de Teresina



2007-03-28 03:07:37

O fantasma do militarismo atiça o Japão

Devemos lembrar do passado militarista alemão também. Hoje, as lutas são outras, ou seja, invadir outros países atras do petróleo, como faz os EUA não funcionam, e só aumentam o nacionalismo radical. Os grandes impérios são como as ondas do mar.


joâo
2007-03-28 02:38:26

O fantasma do militarismo atiça o Japão

As nações, como os seres humanos, não são necessariamente, boas ou más; apenas espelham condições e situações temporariamentes transitorias.


João Luiz
2007-03-28 02:27:27

O fantasma do militarismo atiça o Japão

nada mais justo que o Japão, possa remontar suas Forças Armadas, se todas as Naçoes Ocidentais ou Orientais as possuem


machado
2007-03-23 20:26:19

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.