Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» Capital, pandemia e os papéis do feminismo

» Na pandemia, fermenta o Comum

» Literatura periférica, borbulhante e singular

» Epidemias e a queda do céu

» A Quarentena, o desencanto e os homens de gravata

» Contra o cinismo de 1%, a Reforma Tributária

» O fantasma de 1929 está vivo

» Contra a pandemia, a opção solidária

» Pandemia implodirá a Segurança Pública?

» Filmes para desembrutecer o coração

Rede Social


Edição francesa


» Hobsbawm (1917-2012), un itinéraire dans le siècle

» L'Afrique, cobaye de Big Pharma

» Dépeçage des libertés publiques

» Punir le viol

» Stefan Zweig ou l'horreur de la politique

» Le refus de Sartre

» Une guerre tous azimuts

» Parrain privé, chaîne publique

» « Big Pharma », ou la corruption ordinaire

» Ravages cachés du sous-emploi


Edição em inglês


» To our readers

» Bangsamoro: Philippines' new Muslim-majority region

» Artist and filmmaker

» Looking without blinking

» Politics of city diplomacy

» The return of the city-state

» Philippines revives self-rule for Bangsamoro

» Marawi, the Philippines' ruined city

» Impasse in Morocco

» And now get lost, France!


Edição portuguesa


» Edição de Março de 2020

» Um Brexit para nada?

» A precariedade não é só dos precários

» Edição de Fevereiro de 2020

» O que Donald Trump permite…

» As marcas do frio

» Edição de Janeiro de 2020

» Embaraços externos

» De Santiago a Paris, os povos na rua

» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?


Comentários sobre esse texto:

Populismo à francesa

O grande problema da esquerda mundial e de nao ter observado e apreendido com o exemplo oferecido com as ditaduras esquerdistas nos ultimos 50 anos. O fracasso ideologico foi muito grande e so nao enxergou quem nao quis ver ou por conveniencia velhaca continua a pregar tais ideias. O mundo nao aguenta mais estes sistemas arcaicos de governo. Vivemos ainda agora no Brazil, um desgoverno muito grande com a esquerda fazendo coisas que condenou nos ultimos 30 anos. Uma coisa e o palanque politico de campanha e outra e o gabinete de governo.


adroaldo fontanetti
2007-07-21 22:46:30

Populismo à francesa

A história do ser humano é uma só: como dominar. Toda a historiografia se resume nisto. A imprensa é meio para expressar o descontentamento de não estar no controle e, portanto, logo que estiver praticamente tudo se resolve. Não é no sistema político, não é no sistema seja qual ele for: trata-se de reconhecer que o ser humano é a escória dele mesmo. Ele, ser humano, se odeia. Ele não consegue conviver com ele mesmo, procura, pois, uma alternativa, e esta não é encontrada, justamente porque ele precisa permanentemente um interlocutor. É esta busca que o faz insatisfeito, e por insatisfeito permanece numa busca de um alvo jamais atingível. voilà.


lineu
2007-06-25 01:10:54

Populismo à francesa

Pienso que en Colombia acontece algo parecido ya que la izquierda ha carecido de peculiaridad al no diferenciarse claramente de la derecha en sus propuesta s polìticas y sociales. Esto se debe quizà a que "el sistema" comosuele decirse incorpora en su seno a las tendencias que con cierta lasitus lo contradicen. Ahora bien, el mundo--- y no sòlo Francia— se està derechizando


Simòn Bolìvar
2007-06-23 04:01:40

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.