Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


Rede Social


Edição francesa


» Le devoir de paresse

» Ainsi nos jours sont comptés

» Au Brésil, des collectionneurs d'art très courtisés

» Fantômes russes dans l'isoloir ukrainien

» Bernard Madoff, à la barbe des régulateurs de la finance

» Les famines coloniales, génocide oublié

» LTCM, un fonds au-dessus de tout soupçon

» Récalcitrante Ukraine

» Europe de l'Est : un bilan positif sur le plan social mais négatif dans le domaine des droits politiques

» La crise russo-ukrainienne accouchera-t-elle d'un nouvel ordre européen ?


Edição em inglês


» Rojava's suspended future

» Biden's Middle East challenges

» April: the longer view

» Africa's oil-rich national parks

» Montenegro's path to independence

» Japan's bureaucrats feel the pain

» Who's who in North Africa

» Being Kabyle in France

» Who wins in Chile's new constitution?

» Senegal's five days of anger


Edição portuguesa


» "Catarina e a beleza de matar fascistas": o teatro a pensar a política

» Edição de Abril de 2021

» A liberdade a sério está para lá do liberalismo

» Viva o «risco sistémico!»

» Pandemia, sociedade e SNS: superar o pesadelo, preparar o amanhecer

» A maior mentira do fim do século XX

» Como combater a promoção da irracionalidade?

» A Comuna de Paris nas paredes

» Como Donald Trump e os "media" arruinaram a vida pública

» Edição de Março de 2021


Comentários sobre esse texto:

As novas armas biológicas

Parece que algumas pessoas não leram o artigo inteiro e por isso não conseguiram compreender a gravidade e péssima novidade no front.
Além de suas consequências fora do campo militar.


Ana Lima
2007-11-29 15:53:05

As novas armas biológicas

qual a novidade o exército americano usou em larga escala o agente laranja que até hoje causa problemas a veteranos,no vietnã;durante a tempestade do deserto foram usados agentes químicos que alteraram a estrutura corpórea de soldados aliados e dos inimigos e até hoje os veteranos pedem uma explicação;o retorno do movimento para-olímpico,tem entre outras funções atenuar a carga maligna,na tropa que começava a esmorecer,devido ao destrato para com os veteranos;nada de novo no front!


hilson mergulhão breckenfeld filho
2007-08-21 20:42:54

As novas armas biológicas

Parece que o onze de setembro, não apenas serviu para o que George Bush, permanecesse 8 anos no poder, como também abriu portas para que o segmento armamentista se implantasse definitivamente nesse inicio de século. Será que Osama Bin Laden está mesmo contra os Estados Unidos?
link interessante: http://diplo.uol.com.br/2007-08,a1842


Desconfiado
2007-08-18 05:34:09

As novas armas biológicas

Há um principio geral em paleontologia onde se observa que quando as caracteristicas morfológiocas , externas , de uma referida classe de fósseis deixa de apresentar desenhos , linhas , circunvoluções simples e passam gradativamente a se sofisticar em simetrias , linhas suturais ,etc , como ocorreu com os amonites , é prenuncio de sua extinção iminente. Algo semelhante parece que vem ocorrendo com o desempenho intelectual do ser humano desde o paleolítico até nossos dias. A prevalecer essa regra geral , é fácil deduzir que tipo de futuro nos aguarda.


batistinha
2007-08-18 04:27:33

Ótima leitura...

Recebi a indicação deste site de um professor do cursinho pré-vestilar comunitário que frequento aos fins de semana e este foi o primeiro artigo que li. Realmente é muito esclarecedor e se percebe a idoneidade do texto e das informações.
Parabéns!


Fabiana
2007-08-17 18:17:12

As novas armas biológicas

Ótima matéria. Esclarecedora, mas terrificante...
Aproveitando o ensejo, votos de boas-vindas ao nosso caçulinha brasileiro, filho do conceituadíssimo Diplo. Demorou; mas nasceu!!!! Que felicidade!!!


vilasboas
2007-08-12 19:02:29

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.