Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» As democracias engolidas e o erro de Piketty

» Eles lutam por todos nós

» Paulo Guedes, o bravateiro velhaco

» Mídia: a descarada sabotagem a Bernie Sanders

» Cronofagia: o roubo do tempo, sono e ideias

» Economia: o fantasma da crise externa

» Aos pobres, a xepa

» Por que o Brasil precisa de um Estado gastador

» A empregada de Guedes e a cozinheira de Lênin

» Esquerda e governo: ideias e lições históricas (2)

Rede Social


Edição francesa


» L'Afrique conteste en rap

» Les sondés ne veulent plus parler

» Apolitisme très politique des journaux municipaux

» La force molle de la social-démocratie

» L'enfance, une espèce en danger ?

» Progrès technologique et régression sociale

» La recolonisation du plus pauvre pays de l'hémisphère occidental

» Taïwan, ou l'indépendance dans le brouillard

» Sur les causes de la pauvreté des nations et des hommes dans le monde contemporain

» La criminalité en « col blanc », ou la continuation des affaires…


Edição em inglês


» US ideologues in the ascendant?

» US ideologues in the ascendant?

» Rojava, a fragmented territory

» Australia's angriest summer

» February: the longer view

» African national parks managed by African Parks

» Genetic medicine makes the world less fair

» From apartheid to philanthropy

» Who is the land for?

» Belarus, the industrious state


Edição portuguesa


» Edição de Fevereiro de 2020

» O que Donald Trump permite…

» As marcas do frio

» Edição de Janeiro de 2020

» Embaraços externos

» De Santiago a Paris, os povos na rua

» Que prioridades para uma governação mais à esquerda?

» Edição de Dezembro de 2019

» Uma fractura social exposta

» «Uma chacina»


Comentários sobre esse texto:

Os "poliglotas descalços"

02/01/08

Se vivendo tão somente (que mente brilhante, porém usada para o "dominio")49 anos eu imagino como seriam, hoje, as políticas que Kissinger, alemão de nascimento, não teria para com a América do Sul numa continuação da já aplicada, nos anos de exceção, ao ABC - Argentina, Brasil e Chile, com a Operação Condor que FHC teimava em se colocar à margem do conhecimento daquela ação tão nociva quanto desrespeitosa a paises livres como os do triangulo ABC!. Que a terra seja muito leve aos restos mortais de Nicholas Spy(espião)kmam, como deverá ser aos do senhor Kissinger por tanta intervenção danosa a outros países. Quando terminarão os "dominios economicos e bélicos" dessa grande nação do norte contra o mundo? Há muitos Vietnames por aí.


morani
2008-01-02 21:07:12

Os "poliglotas descalços"

Este artigo deveria ser lido em cadeia nacional todos os dias durante um mês!


Helio Borgoni
2007-12-30 23:37:32

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.