Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


Rede Social


Edição francesa


» En Italie, le défi de la « question méridionale »

» Changements d'échelle, tranquillité perdue

» Les scientifiques, responsables et inquiets

» Blancs ou noirs, tous les shérifs se ressemblent

» Des chaînes « tout info » bien peu dérangeantes

» Edelweiss et lutte des classes dans les Alpes

» « Ils voulaient des bras, ils ont trouvé des hommes »

» Une holding économico-criminelle

» Ce que furent les « années de plomb » en Italie

» En France, des archives bien gardées


Edição em inglês


» Saudi Arabia's diplomatic volte-face

» Global trade in plastic waste

» Gas pipelines and LNG carriers

» Rise and rise of the Israeli right

» Decline of Israel's Zionist left

» Knight who shed his shining armour

» How to sabotage a pipeline

» No more plastics in Southeast Asia paradise

» Whiteout for the skiing industry?

» Brussels rewrites history


Edição portuguesa


» Edição de Maio de 2021

» O Estado, o temporário e o permanente

» Disse mesmo unidade?

» "Catarina e a beleza de matar fascistas": o teatro a pensar a política

» Edição de Abril de 2021

» A liberdade a sério está para lá do liberalismo

» Viva o «risco sistémico!»

» Pandemia, sociedade e SNS: superar o pesadelo, preparar o amanhecer

» A maior mentira do fim do século XX

» Como combater a promoção da irracionalidade?


Comentários sobre esse texto:

O Islã ao pé da letra

Assalamu Aleikum - A paz seja com você(s)

O quadro na minha opinião é muito mais complexo do que parece.

O terrorismo não é uma pratica islâmica, não é pregado nem no Sagrado Alcorão nem na Sunnah, foi incorporado errôneamente como forma de resistência ao colonialismo do ocidente e foi aprendido justamente do ocidente.

Voltarmos a ter a pureza dos primeiros tempos do Islam também não é errado e nem uma utopia. Não é o mesmo que querem Judeus e Cristão? E por quê não posso pautar minha vida em preceitos sagrados e tenho que me submeter a conceitos humanos (ou ao que o MacDonald’s diz que é bom).

Onde está escrito no testamento de Adão que os europeus e norte-americanos tem direito de dominar o mundo? Que são evoluidos e sabem mais do que outros povos?
Isso é terrorismo também.

Não esquessamos que os europeus é quem destruiram culturas inteiras em nome de Jesus e com olho no ouro - Pizarro e Cortêz - na américa latina, na américa do norte ingleses e franceses destuiram os indigenas para criar gado em suas terras na marcha para o oeste.

Os europeus assaltaram a áfrica e a ásia vorazmente, criaram e financiaram divisões entre povos irmãos, interferindo em sua evolução e constituição como estados nacionais, deflagraram duas grandes guerras mundiais e de lá partem as grandes teorias de contestação da existência divina. São paises cristãos mas que não sabem seguir nenhum ensinamento bíblico.

Os norte-americanos por sua vez, economicamente interferem com paises menores, financiam golpes onde a economia lhes é desfavoravel e gastam mais em armamento do que matando a fome de seu próprio povo. Até nos anos 60 muitos negros eram tratados como lixo.

Na história da humanidade o Islam tem seu papel e sua filosofia suplanta qualquer filosofia de "ong" que aparece e some num piscar de olhos.

Na história da humanidade todas as grandes atrocidades partiram do velho e do novo mundo, que evolui tecnológicamente mas se desagrega moralmente.

Muhammad Rafik
Brasileiro e Muçulmano por conversão.


Muhammad Rafik
2007-11-13 19:07:28

O Islã ao pé da letra

quem foi que escreveu este texto???
preconceituoso um pouco!
o islã é ruim???? oq é bom entao, o cricstianismo, judaismo ou quarquer outra coisa???
nao sei, analiso todos de formas iguais, respeitando o espaço e tempo de onde estao localizadas cada cultura.



2007-05-24 23:25:39

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.