Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


Rede Social


Edição francesa


» En Italie, le défi de la « question méridionale »

» Changements d'échelle, tranquillité perdue

» Les scientifiques, responsables et inquiets

» Blancs ou noirs, tous les shérifs se ressemblent

» Des chaînes « tout info » bien peu dérangeantes

» Edelweiss et lutte des classes dans les Alpes

» « Ils voulaient des bras, ils ont trouvé des hommes »

» Une holding économico-criminelle

» Ce que furent les « années de plomb » en Italie

» En France, des archives bien gardées


Edição em inglês


» Saudi Arabia's diplomatic volte-face

» Global trade in plastic waste

» Gas pipelines and LNG carriers

» Rise and rise of the Israeli right

» Decline of Israel's Zionist left

» Knight who shed his shining armour

» How to sabotage a pipeline

» No more plastics in Southeast Asia paradise

» Whiteout for the skiing industry?

» Brussels rewrites history


Edição portuguesa


» Edição de Maio de 2021

» O Estado, o temporário e o permanente

» Disse mesmo unidade?

» "Catarina e a beleza de matar fascistas": o teatro a pensar a política

» Edição de Abril de 2021

» A liberdade a sério está para lá do liberalismo

» Viva o «risco sistémico!»

» Pandemia, sociedade e SNS: superar o pesadelo, preparar o amanhecer

» A maior mentira do fim do século XX

» Como combater a promoção da irracionalidade?


Comentários sobre esse texto:

Ninguém se prostitui por prazer

Somente os políticos e eleitores somente eles sim, se prostituem por prazer, assim como prostituem seus partidos e suas ideologias. Não seria Lula o defensor da extinção do FMI e agora capitalizador do mesmo?
Fidel prostituiu CUBA e suas filhas que vagam pelas ruas de Havana vendendo seu corpo pois a alma...
Prostituida tambem a democracia que flerta com Chaves, Fidel, Morales e outros mais senão, porque visar países onde a repressão tomou o lugar da Liberdade?
E a China, se não respeita os direitos humanos qual a razão de se manter relacionamentos comerciais com a Coreia Comunista?
A prostituição tem razões que só o capitalismo conhece.
No Brasil a maior prostituição da-se quando a massa vai às urnas elegendo pessoas, ideologias e partidos que sequer sabe onde irão e qual sua filosofia ( que é facilima de explicar: farinha pouca todo o pirão para mim, primeiro)
Somos sim prostitutas e prostitutos que esquecem o ultimo cliente em que votaram refugiado-se falastronamente na crítica, na incompetência filosófica e no mais querer para si!
Tem, razão o escritor, ninguém se prostitui por prazer, só por vantagens.


JACAL
2009-05-23 11:07:14

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.