logo

março 2008



LITERATURA

Do que disseram

Pedro Du Bois

Sempre me disseram: seu tempo
surgirá quando menos esperar,
sua hora está guardada ao acaso da lembrança
e sua vida se revelará no instante anterior
ao hoje; o que me disseram é o vazio do ocaso,
o fim não iniciado, a mentira cristalizada
em cenas não desenvolvidas: o que disseram
da significância da espera, frágil inconsistência
da hora marcada pela morte prevista
e agendada em passos lentos ao anoitecer:
sempre me dirão as palavras repetidas do gesto
disposto em ondas espiraladas, o imenso
e árduo caminho não percorrido dos labirintos
desencontrados: vá e fique no aguardo
da resposta, vá e veja o longe da esperança,
vá e seja o corpo imóvel do movimento
inconstante das respostas: vá e diga, fui
ao encontro de mim mesmo e estou perdido.